Advertisements

Coxinha no carnaval

O departamento social do Corinthians está feliz, embora o caixa do clube esteja ainda mais pobre.

Mesmo após os insistentes pedidos para a não realização do carnaval deste ano, no ParqueSão Jorge, Waldir Coxinha e Cacilda da Fofoca, insistiram na bobagem.

Pouco importava, para eles, se o clube teria boa arrecadação, mas se os contratos com fornecedores seriam assinados pelo diretor do departamento.

Quem conhece a maneira de agir de Waldir, entende bem o que estou dizendo.

O clube ficou as moscas durante todos os bailes.

A arrecadação não deu para pagar nem as “coxinhas”, mas o bolso de Waldir, estranhamente, estava volumoso.

Na prestação de contas, tudo normal.

Afinal, ninguém entende mais de notas fiscais do que ele.

Facebook Comments
Advertisements

6 comentários sobre “Coxinha no carnaval

  1. Marcela

    Eu não sou sócia do clube, mas fico impressionada como um sujeito como ete , com tanta rejeição , consegue permancer no clube tanto tempo, mesmo mudando a diretoria.
    Qual o segredo? O que o garante no cargo?
    Se minha memória não estiver falhando, li o livro da Carla Dualib e ela cita este nome como um dos envolvidos no caso de Notas frias.
    Ele contestou na Justiça esta acusação?

  2. mucio rodolfo

    Algumas considerações sobre um time centenário.
    1) Entre os paulistas é o que detêm o maior número de títulos oficiais: 39 (26 paulistas, 5 torneios Rio-São Paulo, três Copas do Brasil, quatro campeonatos brasileiros e 1 Mundial carimbado e legitimado pela FIFA)
    2) Detém três tri-campeonatos paulistas (22-23-24/28-29-30/37-38-39),
    3) Conseguiu ser campeão paulista invicto, algo que nenhuma outra equipe conseguiu fazer desde 1972.
    4) Conquistou 4 torneios Rio-São Paulo numa época em que o torneio era valorizado. Em 1950, por exemplo, ganhou do Vasco da Gama, simplesmente a base da seleção brasileira. Em 2002, o torneio teve cara de um campeonato de verdade porque os 16 participantes jogaram todos contra todos e colocando em campo aquilo que tinham de melhor em seus respectivos elencos.
    5) Não tem muitos títulos internacionais, mas tem o mais importante que é o Mundial da FIFA, o legítimo. E como o melhor futebol do mundo é praticado no Brasil, o mais importante é mandar dentro do nosso terreiro. Que graça tem ganhar de time chileno, boliviano, espanhol, italiano? O importante mesmo é ganhar do Cruzeiro de Belo Horizonte, do Grêmio de Porto Alegre, do Vasco da Gama, do Internacional de Porto Alegre.
    6) Não foi o que mais mandou jogadores para a seleção, mas mandou jogadores de qualidade: Neco (o verdadeiro herói da primeira conquista do escrete nacional: o sul-americano de 1919), Baltazar (cujos gols classificaram o Brasil para a Copa de 1954 e que se estivesse na Copa de 1950, talvez tivesse evitado com suas cabeçadas mortíferas a tragédia do Maracanã), Gilmar dos Santos Neves (com defesas monumentais colaborou para que o Brasil terminasse a Copa de 1958 campeão pela primeira vez e com a defesa menos vazada do torneio), Roberto Rivelino (ao lado de Pelê e Tostão, um dos que mais brilhou na epopéia do tri e que os mexicanos idolatraram a tal ponto de alcunhá-lo como a “patada atômica”.), Sócrates (líder de uma das melhores seleções de todos os tempos, a de 1982) e Viola (em 1994 jogou apenas 15 minutos, mas fez muito mais do que outros que estiveram em campo por mais tempo)
    7) TEm o SPFW como freguês de carteirinha, tanto em partidas comuns quanto em partidas decisivas. Não quer dizer muito, mas…..
    8) Arrebatou títulos importantes em outras modalidades como o basquete, o remo, a natação e o futsal.
    9) Mesmo disputando a segundona manteve os holofotes sobre si, comprovando a menor importância, pelo menos para a mída, de seus adversários. A Globo, a emissora com maior audiência no país, preferiu transmitir um jogo do Corinthians pela segundona a transmitir um jogo da primeira. Questão de carisma!
    10) Na Copa do Brasil de 95 foi o vingador dos paulitas ganhando do Grêmio na final. O time gaucho havia sido o carrasco do Palmeiras e do SPFW naquele torneio.
    11) Foi o trampolim para que Wanderlei Luxemburgo fosse finalmente reconhecido pela CBF.
    12) Parreira foi outro cujo trabalho eficiente realizado no PSJ encontrou o caminho de volta a seleção. Além disso, pela primeira vez, Parreira sentiu o que é ser querido e respeitado, bem diferente do que aconteceu em outro clube, onde teve o seu trabalho sabotado.
    13) Com 7 conquistas é o maior vencedor da Copa São Paulo de Juniores.
    14) TEve goleiros excepcionais como Bino, Tuffy, Gilmar, Cabeção, Ado Ronaldo e Dida – nenhum deles com vocação para goleiro de hoquei!
    15) Nunca parou uma guerra, mas uma camisa sua salvou a vida de cinco chilenos durante a ditadura Pinochet.
    16) Alguns novelistas pegaram carona em sua enorme popularidade para alavancar as audiências de suas obras: Irmãos Coragem, Vereda Tropical….Enquanto tem time por aí que a referência é um tal de Orlandinho.
    17) Uma das marchinhas mais cantadas do carnaval é “doutor eu não me engano, o coração é corinthiano….”
    18) Foi tema de um dos melhores filmes do cineasta Mazzaroppi.
    19) Foi tema de obras primas compostas por Paulinho Nogueira, Toquinho entre outros.
    20) Em suma, o Corinthians marca sua presença brilhantemente não apenas nas diversas modalidades esportivas, mas também nas artes em geral.

  3. Corinthiano

    Esse time sim tem uma bela historia,tem time por ai que só ficou conhecido de 1992 para cá.

  4. JOÃO CARLOS

    SR. PAULO, GOSTO MUITO DOS SEUS COMENTARIOS SOBRE O QUE ENVOLVE O CORINTHIAANS, MAS COM RELAÇÃO AO CARNAVAL DO CLUBE ESTIVE EM TODAS AS NOITES E MATINES E TODAS ESTAVÃO COM O SALÃO LOTADO

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: