Advertisements

Jogo de Bicho e o crime organizado

Assista a reportagem abaixo e tenha a noção exata do motivo que me leva a combater os bicheiros e bingueiros do Parque São Jorge.

Facebook Comments
Advertisements

6 comentários sobre “Jogo de Bicho e o crime organizado

  1. marcio

    Te cuida ANDRE NEGÃO, o cerco esta fechando…..depois de preso, aonde vc vai tirar dinheiro para convocar seu filho para seleção e ganhar esse salario populdo ai do corinthians. Aonde vc vai comprar materiais superfaturados….mandar no MALANDRES CANABRAVA SANCHEZ.Que porcaria ficou essa administração….Por favor tragam o DUALIB de volta (mas sem o também corrupto Marcos Controller e Wagner do RH)

    ANDRE CAMPOI (empresário laranja do MALANDRES CANABRAVA SANZHEZ) esta andando no clube feliz….vem chegando novas contratações e ele vai ganhar comissão…sem fazer nada (com que será que ele vai dividir a fatia ????)

    MALANDRES SANCHEZ… a torcida vai te pagar uma dose de Pinga, no dia em que vc não aparecer dando entrevista embriagado.. (Aviso: vai ser dificil hahahahaha)

    Pobre Corinthians.

    Hoje tem reunião de conselho mais nada vai mudar…pois é…tem conselheiro mendigo que troca o seu silêncio por ingresso com direito a um lanche em jogo do corinthians….aonde chegamos..

    SALVEM O CORINTHIANS…..SALVEM O CORINTHIANS

  2. SEM MEDO, MENEZES

    Bom dia Paulinho,

    Palavras de Sanches para 2010:

    LNET!: Como foi o balanço financeiro de 2009? O resultado foi positivo?
    AS: Esperava dever um pouco menos e ter um superávit um pouco maior. Fizemos algumas contratações que não estavam no planejamento, mas não poderia perder a oportunidade de contratar Defederico, Edu, Jucilei, Marcelo Mattos, Paulo André e Edno. Então, tivemos de fazer um desencaixe no orçamento que não estava planejado. Nosso planejamento era contratar o time de 2010 em novembro e dezembro. Mas como será ano de Libertadores e centenário, estouramos um pouco o orçamento do futebol. Mas, com certeza, no fim do ano que vem, o clube vai rever o conceito de futebol para ter um 2011 mais tranquilo e, assim, praticamente quitar as dívidas.

    LNET!: O Corinthians deve alguma coisa para os jogadores?
    AS: Deve luvas para dois ou três atletas. E para o Panathinaikos, deve três parcelas atrasadas do Souza.

    LNET!: E a perspectiva para 2010?
    AS: Tem de ir com responsabilidade, mas vai ter um excesso. Aliás, já está tendo um excesso financeiro para o ano que vem. Por ser o ano do centenário e de Libertadores. Mas tudo está controlado. Acabando o ano que vem, vamos rever muitas coisas, muitos jogadores acabam o contrato. Teremos um 2011 um pouco mais sereno, com o orçamento mais curto. Você também precisa continuar investindo no clube.

    PERGUNTA: O QUE DEVEMOS ESPERAR PARA OS ANOS PÓS SANCHES???

  3. carlos

    esse reporter é muito fraquinho.

    Em campo grande, pq ele nao falou nada dos donos do jogo de bicho?

    Foi mexer com um idoso que vende para ganhar um dinheirinho.

    Porque nao perguntou pra qualquer um na rua quem era o dono do jogo aqui ?

    detalhe -ele entrevistou o dono.

    è o deputado Gerson Domingues o dono do jogo do bicho aqui em campo grande.

  4. LONGE DOS HOLOFOTES (E DAS ALGEMAS) – SERRA E ARRUDA EM COPENHAGUE

    por LAERTE BRAGA

    É visível o esforço que o governador de Minas Aécio Pirlimpimpim Neves está fazendo para dissimular o ódio (ódio sim) ao governador de São Paulo José Jânio Serra. As notícias de explosões de raiva em ambientes palacianos ultrapassaram esses ambientes. Aécio foi posto, literalmente, na parede por Serra. Ou desistia de disputar a indicação presidencial com Serra, ou notas “jornalísticas” dos muitos Juca Kfoury que existem por aí iriam mostrar a dependência do governador mineiro em relação à cocaína.

    Minas inteira sabe disso e o Mineirão cantou isso em coro num jogo Brasil e Argentina em meados do ano que passado. O que menos importa neste momento é se Aécio como disse o Mineirão “cheira mais que Maradona”. O que mais importa, neste momento, é o caráter chantagista de um dos políticos mais perversos e perigosos de toda a história recente do País, José Jânio Serra.

    Corrupto, autoritário, paga o preço que for preciso, qualquer preço, para ser o próximo presidente da República. Não tem um pingo de escrúpulos, ou respeito por qualquer coisa que seja, por quem quer seja, que não ele próprio.

    Do jeito dos grandes chefes mafiosos José Serra embarcou para Copenhague com a senadora do DEM Kátia Abreu e um único objetivo real. O de enquadrar o governador de Brasília José Roberto Arruda, uma espécie de pulga que havia se atrevido a chantageá-lo, como fez ele Serra com Aécio. Arruda mandou avisar a Serra que se continuasse a sistemática campanha para o seu impedimento, principalmente no JORNAL NACIONAL, cairia, mas levaria todo mundo com ele.

    Copenhague foi o centro das atenções do mundo nessa semana que termina. Serra não tinha, nem tem o que dizer a Copenhague, ao mundo ou ao Brasil e aos brasileiros. É um FHC que não dissimula raiva e atira pelas costas sem a menor preocupação de remorso, nem sabe o que é isso.

    Foi lá para exibir-se e liquidar a fatura Arruda. Kátia Abreu, senadora que responde a processos por corrupção, é do DEM, partido de Arruda, foi como pistoleira para o acerto de contas, devida e antecipadamente paga.

    Sem saída, pelo menos até que se descubra o que de fato aconteceu em Copenhague e deve ter acontecido um acerto, Arruda é ladrão de galinhas perto de Serra, o governador de São Paulo adicionou um “extra” ao JORNAL NACIONAL (já está comprado desde que começou, há quarenta anos) e acertou pequenos extras com outras empresas, pequenas empresas, para deixar o assunto Arruda morrer. Não interessa a ele nem que se fale tanto no caso e nem que o governador caia atirando.

    O acerto com Arruda em Copenhague é para que ele caia e não atire. Leve uma compensação qualquer, para ficar quieto. Dinheiro não falta. Essa gente representa o que há de pior no País (a elites paulista FIESP/DASLU), o latifúndio, os banqueiros, os interesses dos Estados Unidos na Amazônia, no pré-sal e em instalar bases militares no nosso País. Não se trata de mala propriamente dita, mas de imensos baús repletos de dólares para comprar o que for preciso e eliminar obstáculos à chegada do mafioso tucano à presidência da República.

    Se Arruda resolver ou resolveu dar uma de herói, azar dele. Vai ser jogado às feras, devorado em seu próprio partido e sair de mãos abanando, quer dizer, só com o que já levou.

    O próximo passo de Serra é tentar mostrar a Aécio, através de terceiros, que é um bom negócio ser senador e pode até, quem sabe, virar vice do algoz e esperar um pouco mais. Vice e nada nesse caso é a mesma coisa. Se Aécio vai engolir isso ou não é outra história. Aécio é do tipo também que não tem nem princípios e muito menos condições de decidir assuntos dessa relevância já que vive em Alfa. Quem escolhe a gravata dele é a irmã, não há necessidade de perguntar no twitter como faz o venal William Bonner se alguém quer bom dia.

    O risco de Serra é Aécio fazer corpo mole em Minas, deixar a coisa rolar livre e Minas é o segundo colégio eleitoral do Brasil, decisivo para as pretensões criminosas de José Jânio Serra. Mas como há muitos interesses cruzados, muito dinheiro em jogo e tucano vive disso, trapaça, corrupção, chantagem, Aécio é só um cadáver político insepulto.

    Virou um Eduardo Azeredo da vida.

    De quebra ainda carrega um mala sem alça, Itamar Franco. Pode vir a ser a saída do governador para enfrentar o ministro Hélio Costa, uma espécie de vingança contra Serra e contra a GLOBO, já que o Costa (que ganhou a convenção do PMDB em Minas) é ministro da GLOBO.

    É o que chamam de jogo político, de manobras. É só um monte de fatos repugnantes que mostram o estado pútrido do chamado institucional. Gilmar Mendes presidindo o que chamam de Corte Suprema (há ministros dignos). Temer (doublé de tucano/PMDB com laivos petistas e o resultado disso é quero o meu) que já foi encurralado por Serra em pequenas denúncias que podem virar grandes manchetes escandalosas de jornais e redes de tevê compradas pelo tucano (GLOBO, BANDEIRANTES, VEJA, FOLHA DE SÃO PAULO, etc).

    Por pior que possa parecer e por mais ofensivo que isso possa soar, ou baixo, Serra, como FHC, ou qualquer tucano, repito qualquer tucano, privatiza mãe ou terceiriza, se por trás do negócio estiver uma gratificação de pelo menos 20%.

    Não é um partido, o PSDB, é uma quadrilha que traz a reboque o que há de mais atrasado na política brasileira, o DEM, antigo PFL, antigo PDS, antiga ARENA dos tempos da ditadura militar.

    O golpe em Aécio, o acerto de contas com Arruda em Copenhague, as manchetes obtidas em noticiários de tevê, JORNAL NACIONAL principalmente, foi como se tivéssemos com métodos diversos, mas efeitos semelhantes (você pode achar que está morto e está vivo, e pode estar vivo, mas estar morto, caso de Aécio), foi como se tivéssemos o episódio da Noite de São Valentin, onde numa garagem, Al Capone eliminou seus concorrentes de uma só feita.

    Resta saber se os brasileiros vão cair no conto do governador “eficiente” de São Paulo alagada, de obras superfaturadas, de uma elite fantasmagórica e fétida que pretende numa simples assinatura de “escritura” mudar a grafia da palavra BRASIL para BRAZIL.

    Foi o que FHC começou a fazer é o que Serra quer terminar…

    E foi fazer o acerto final longe dos holofotes (e das algemas), numa conferência onde se buscava uma solução, ou um caminho para salvar o planeta da devastação do “progresso” capitalista.

    É o jeito deles, passam um filme bonitinho, mas são ordinários. Cínicos à perfeição.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: