Advertisements

O Vasco também caiu no conto do BMG, o banco do Mensalão

Ricardo Guimarães e Kia Joorabchian

Com administração tão ruim quanto a do Corinthians, o Vasco da Gama, também em desespero financeiro, caiu no conto do BMG, o banco do Mensalão.

Assinou contrato de patrocínio por cinco anos, recebendo adiantamento de R$ 8 milhões e promessa de 50% de lucro na venda de produtos da instituição (atrelados à marca do clube).

Será lançado o “Meu Vasco BMG”, nos moldes do que ocorreu com a agremiação de Parque São Jorge.

Com maior apelo comercial, a meta do Timão era vender mais de um milhão de contas, porém, até o momento, menos de mil foram abertas, com 70% destas sem nenhum centavo depositado.

Comercialmente, o BMG, através de seu dono, Ricardo Guimarães, mantém estreita relação com o iraniano Kia Joorabchian, que utilizam-se do Coimbra/MG e de algumas equipes portuguesas para transações de jogadores; nem todas cristalinas.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: