Advertisements
Anúncios

O Morumbi respira

São Paulo venceu a disputa política para ser a sede da abertura do Mundial 2014.

Mas foi por muito pouco.

O Morumbi, ainda com ressalvas, permanece como o estádio escolhido para representar o Estado.

Mas como foi informado dias atrás, terá que se adequar às normas da FIFA.

O custo das reformas exigidas é altíssimo.

Se não conseguir captar parceiros para a obra, o estádio do Tricolor dará lugar a uma segunda opção.

Muito provavelmente a ser construída na Capital.

As outras sedes já são de conhecimento público.

Todas elas garantidas por seções de “beija-mão” dos políticos locais com Ricardo Teixeira.

É preciso realmente que estreitem estes laços.

A CPI, após o torneio, será inevitável.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

88 comentários em “O Morumbi respira”

  1. É só ficar de olho. Se a lista do Ancelmo é a que será anunciada, serão 5 (de 12) os estádios ou arenas particulares.

    Arena da Baixada – Atlético Paranaense
    Beira-Rio – Internacional
    Morumbi – Floresta F.C.

    Mais a Arena das Dunas (Natal) e a Cidade da Copa (Recife) a serem construídas mediante PPP’s.

    Se houver um centavo de dinheiro público nessas aí é só entrar com Ação Popular (qualquer cidadão pode entrar com ação desse tipo, e é totalmente gratuita) que a obra será imediatamente suspensa até o julgamento da ação.

    Com relação aos demais estádios, que são ou serão públicos, é cuidar para que não haja transferência de recursos do Governo Federal (os estádios são todos estaduais), nem superfaturamento.

    Essa é uma responsabilidade de todos nós, independentemente do time por que torcemos, e conto com a necessária fiscalização rigorosa da imprensa.

  2. Do jeito que o SPFW está falido, é melhor que o governo faça outra arena mesmo.

    Sem condições é estar naquele panetone treme-treme. Se colocar 100.000 “nego” lá dentro é capaz que desabe tudo.

  3. Esse é o nosso Brasil ilusório, e ainda o pior que isso e ver as coisas e cada vez saber e só algumas pessoas como você para tentar algo nesse mundão em que não pode se tocar. Ah se a vida fosse como nos quadrinhos! Um grande salve para você paulinho,espero q consiga o que deseja nesse meio dos intocáveis,abraço.

  4. É triste ver como o interesse politico move tudo. Já vi diringte conrintiano fazendo loby pela construçaõ de um estádio…tudo para cair no colo do corinthians, assim como fizeram com o engenhão..

    só assim para conseguir ter um estádio mesmo….

  5. Muita coisa vem sendo dita nos últimos dias sobre a confirmação ou não do estádio do Morumbi como palco da cidade de São Paulo para a Copa de 2014.

    Conversei com algumas pessoas diretamente ligadas ao processo de escolha das cidades e estádios para a Copa no Brasil.

    Conversei também com pessoas influentes no âmbito municipal e estadual da cidade de São Paulo,que trabalham diretamente na organização para a Copa de 2014.

    Alem é claro de pessoas ligadas ao São Paulo Futebol Clube.

    Com as informações obtidas,pude juntar o quebra -cabeças que permite mostrar ao leitor a história exata do que aconteceu nos últimos 50 dias com a candidatura do estádio do Morumbi para a copa do mundo no Brasil.

    Vamos então aos fatos:

    O VETO DA FIFA

    Há 50 dias atrás,uma pessoa do governo,que esta trabalhando no comitê organizador da Copa na cidade de São Paulo e com contato direto com os inspetores da FIFA,comunicou a diretoria do São Paulo que o projeto de reforma do estádio apresentado a entidade não seria aprovado.

    O projeto apresentado pelo São Paulo, passou aos inspetores da FIFA,a impressão de que seria feita apenas uma maquiagem no Estádio do Morumbi,e não uma reforma profunda de modernização,como foi feito por exemplo no estadio Olímpico de Berlim para a Copa de 2006.

    Em um primeiro momento a noticia da reprovação do projeto do Morumbi,deixou a diretoria do São Paulo em polvorosa.

    Mas o presidente Juvenal Juvêncio tem como ponto de honra,garantir a participação do Morumbi como o estádio da cidade de São Paulo na Copa de 2014.

    O principal mandatário tricolor,assim que soube do veto ao projeto apresentado pelo clube,entrou em contato com Ricardo Teixeira.

    O presidente da CBF se prontificou a consultar os inspetores da FIFA,para saber em quais pontos o projeto do São Paulo teria que ser modificado,não só para o Morumbi ser aprovado como também para ter chances de brigar pela abertura da Competição.

    Dias depois o presidente do São Paulo recebeu a informação desejada.

    A FIFA queria modificações e melhoras em vários pontos do projeto original.

    Tais como:

    O local de recepção dos convidados da entidade e dos profissionais de Imprensa.

    A localização do setor de imprensa no estádio.

    Melhorias no setor VIP.

    Melhorias no setor de Zona Mista e de circulação das equipes e profissionais da FIFA.

    A construção de um estacionamento com 1800 vagas para convidados da FIFA e profissionais de imprensa.

    A cobertura parcial do estádio,não consta do caderno de encargos da entidade,mas foi recomendado.

    Não há a necessidade da aproximação do anel inferior ao campo de jogo.

    Com estes dados em mãos e com absoluto sigilo para não vazar a informação a imprensa,o São Paulo trabalhou no ultimo mês para deixar o projeto exatamente de acordo com o que quer e exige os inspetores da FIFA.

    Novas empresas foram contatadas,principalmente aquelas que detém a tecnologia para a cobertura de estádios.

    O projeto de cobertura do estadio mostrado inicialmente pelo São Paulo,simplesmente não poderia ser realizado,pois as pilastras de sustentação da cobertura,feita nas calçadas ao redor do estádio,seriam irregulares,contra a lei.

    A REFORMULAÇÃO DO PROJETO

    O São Paulo correu contra o tempo,mas conseguiu chegar na semana do anuncio oficial da FIFA para as cidades sedes, com seu projeto remodelado e totalmente de acordo com o padrão de exigência da entidade máxima do futebol.

    Não foi a toa que o presidente do clube,Juvenal Juvêncio convocou uma coletiva de imprensa nesta semana,para falar não só da festa do anuncio oficial da FIFA para as cidades sede preparada para este domingo no Morumbi,como também para bancar a abertura da Copa de 2014 no estádio.

    Esta é a verdadeira história da epopeia São Paulina para garantir o seu estádio na Copa do mundo de 2014.

    Espero ter ajudado o amigo leitor a esclarecer todas as duvidas relativas a candidatura do Morumbi para ser o palco da maior cidade do País na Copa do Mundo do Brasil em 2014.

    http://marcellolima.wordpress.com/2009/05/29/a-verdadeira-historia-do-morumbi-2014/

  6. Seu semi-analfabeto, nenhum estádio do Mundo comporta mais 100.000 torcedores. O máximo que chegam é de 80.000, e o Morumbu está liberado para 72.000.
    Portanto, a inveja é uma merda!!! S. PAulo não tem estádio, porque alguns são mini (20, 25.000 no máximo) e outros simplesmente NÃO TEM, mas fazem de tudo para ganharem de presente!!!
    Agora, chupa, manezão!!! E faça um favor, nunca mais chegue perto do Morumbi, não precisamos de idiotas invejosos como você lá!!!

  7. Luis Carlos,
    Transferência de recursos significa também fazer um estádio novo e DOAR a timecos incompetentes que nunca conseguiram construir o seu. Entendeu ou quer que eu desenhe???

  8. Que isso! A menina está nervosinha?!

    Se tivesse o mínimo de discernimento saberia que isso foi uma ironia à situação em que o Morumbi está, tendo que sofrer uma grande reformulação pra tapar os pontos cegos que nasceram pela selvageria das torcidas no decorrer de anos.

  9. Aliás, como um semianalfabeto que sou queria lhe informar que existem sim, estádios com capacidade maior que 100.000 pessoas. Ex: Estádio Azteca, México, capacidade: 114.000 – Estádio Salt Lake, Índia, capacidade: 120.000 – Estádio Rungrado May Day, Coréia do Norte, capacidade: 150.000.

    Para um time que não lota seu estádio e precisa “mendigar assentos”, você está mal informado, Boneca.

  10. Uma vez mas o Sao Paulo ferrando os idiotas !!!!!!! Pra q o governo vai gastar dinheiro pra contruir um estadio e deixar na mao de um bando de marginais !!!!!!!

  11. Caro colega, se vc dar uma pesquisada vera que existem estadios p/ mais de 100 mil espectadores, sim.
    So um exemplo, eh o Estadio Azteca na cidade do Mexico (114 mil), na Coreia do Norte tem um para 150 mil (o maior do mundo) e na India 120 mil. Alem do Maracana que cabe 103 mil, mas por questao de seguranca esta proibido a capacidade maxima.

  12. Se o São Pasulo está falido imagine então o futebol brasileiro. Não acredite em tudo que vc lê na imprensa anti-sãopaulina.

  13. Paulinho, engano seu as reformas não tem um custo altíssimo. As exigências da FIFA foram só perfumaria (não pediu a aproximação das arquibancadas inferiores ao campo, ai sim num custo alto), e os patrocinadores irão garantir as mesmas. Agora para fora do estádio, tirante o estacionamento é outro problema, como será em qualquer estádio do Brasil. Só falta um ignorante vir aqui e dizer que a estação Morumbi do Metrô tinha que ser feita pelo São Paulo Futebol Clube e isto é uso de dinheiro público.

  14. Sou corinthiano, mas lamento muito que essa discussão tenha descambado tanto para o lado da rivalidade São Paulo x Corinthians.

    Se o Morumbi tivesse um bom projeto, bancado pela iniciativa privada, aplaudiria e ficaria feliz que a cidade de São Paulo recebesse a abertura do Mundial em um estadio condizente com as tradições do futebol brasileiro.

    No entanto, é dificil acreditar que o Morumbi tenha uma solução. Os problemas no estádio são profundos e serão solucionados apenas com investimentos pesadíssimos e reformas que praticamente demolirão o estádio e começarão do zero.

    Além disso, o entorno do morumbi é muito complicado. O acesso é difícil e o transito terrível. Além disso, apenas uma estação de metrô não tem como comportar tanta gente.

    Por outro lado, a torcida do Corinthians não pode criticar uma eventual ajuda do governo ao São Paulo e aceitar numa boa que o governo construa um estadio novo e nos dê de presente. Ai sim estariamos caindo no mesmo erro pelo qual condenamos o São Paulo a anos.

    O que espero, de verdade, é que a cidade de São Paulo receba a Copa do Mundo com um estadio de nível de Copa do Mundo. Seja o Morumbi, o Kassabão, o Fielzão, o Serrão etc etc. O mais importante é que o governo não seja responsável por pagar a obra, qualquer que seja….

    Devemos ficar de olho, sãopaulinos, santistas, corinthianos e palmeirenses. Dinheiro público é para melhorar a qualidade de vida das pessoas não para construir estádio para times de futebol.

    abraços

  15. Morumbi ser a sede da Copa em SP é justíssimo. Afinal, foi feito um acordo e este país precisa ser um país em que a palavra dita valha alguma coisa… Mudar as regras com o jogo em andamento é imoral..

    A abertura será em São Paulo pela importância da cidade. Esta briga com Minas é muito mais politicagem do Aécio Neves . Minas não tem chances diante de SP ( o que vai aumentar ainda mais o complexo de inferioridade que os mineiros tem dos vizinhos paulistas). Faz-me lembrar aquela declaração do executivo da Empresa norte-americana que patrocinou o Timão na fase de ouro ao tentar dissipar suas dúvidas sobre qual cidade era mais importante: BH ou SP. Ele disse: Belo Horizonte tem voo direto para Nova York?, perguntou aos cartolas do Cruzeiro. Eles responderam: Não… O executivo disse: Então SP é mais importante, pois todas as cidades importantes do mundo tem voo direto para NY….

    No entanto, fico a me perguntar o que os estrangeiros – jornalistas, políticos e torcedores – que vierem assistir a Copa no Brasil vão dizer:

    – Por que com tanto estádio bonito, novo e moderno no Brasil foi escolhido este para a abertura?

    – É esta a cidade mais rica do Brasil, com um estádio desses? Por que não utilizaram aquele outro que fica … (cala-te boca!)

    É a velha falta de planejamento e desorganização dos políticos brasileiros… E não tenho dúvidas: O tricolor não vai ter dinheiro para reformar o estádio e dinheiro público será injetado para diminuir a vergonha…

    PS. GERALDO LINA. ISTO É SÓ UMA OPINIÃO. NÃO PRECISA FICAR NERVOSINHO (A), TÁ?

  16. Há estádios, sim que comportam mais de cem mil torcedores, embora não ofereçam conforto. Parece-me que há um na Ìndia que até ultrapassa esta marca. O problema é que o Brasil optou nos últimos dez anos por elitizar o futebol e diminuiu a capacidade dos estádios aumentando o preço dos ingressos

  17. O Morumbi nunca o correu risco em não ser sede do mundial embora os adversários estivessem torcendo contra.

    Um engenheiro da FIFA e equipe passou 15 dias dentro do Morumbi no mês Março juntamente com o Otake discutindo e rabiscando projetos .

    Quem esteve visitando o estádio durante aquele mês , teve oportunidade de ver essa comitiva subindo e descendo escadas , abrindo e fechando portas , entrando e saindo dos camarotes , medindo proporções , fotografando encaixes , sistema eletrico , etc.

    O governo do estado indicou e apoiou o Morumbi como sede da copa comprometendo-se naquilo que lhe diz respeito, transporte , estrutura publica , acessos , etc.

    A obra será executada pela mesma empresa que reconstruiu o World Trade Center em New York com tecnologia inovadora na America do Sul , os patrocinadores serão os mesmos da FIFA .

    Tem muita fantasia rolando pela mídia , tudo que fôr diferente disso não passa de especulação.

  18. paulinho, até você foi contaminado pela frangapress esta semana ao falar que o morumbi não seria o estádio da copa, sem nenhuma prova convincente, só boato. e blog de fofoca é o Te dou um dado, não o seu – o segundo que venho ler todos os dias.*

    claro que tem o plano G, mas o juvenal nao ia assinar (na segunda, antes de todos os posts e matérias frangas) que ia dar entrada de graça, show do rei da praia grande e camiseta do bradescão se o estádio não fosse o morumbi, né?

    se o andrés gavião é ladrão, o juvenal é advogado e já foi deputado, ou seja, tem 500 anos a mais de malandragem e esquema que o trombadinha rival.

    gosto demais do teu blog, mas não caia na onda de rancor desenfreado que ta rolando contra o spfc na imprensa, inclusive e lamentavelmente com o sr que nunca vai ao estádio, o nem sempre grande juca kfouri.

    *é o segundo, não por falta de prestígio, mas pq o primeiro é sobre o meu time 🙂

  19. Paulinho. Quanto tempo a FIFA deu ao São Paulo F.C para arrecadar 350 milhões? Haverá uma auditoria fiscal da entidade para que dinheiro público não entre no valor? O que pensa o POVO de São Paulo sobre o fato de um clube que não tem dinheiro nem para fechar o balanço no azul ter que, em 3,4 anos, colocar em um projeto 350 milhões?

    As obras do Morumbi já começarão nesta segunda? Você é a favor de colocar dinheiro público em estádio particular?

  20. Nada de dinheiro público em obras privadas. Aliás, a obra apresentada por São Paulo é uma privada. São Paulo não merece isso. Aécio Neves agradece. Alguma dúvida de onde será a abertura, uai?

  21. Em entrevista hoje no diário Lance o sr. Juvenal Juvêncio acaba com todas as bobagens, que foram ditas sobre o Morumbi e Copa de 2014, tudo alimentado pelo Marco Polo Del Nero e seus aliados corintianos (que sonhavam com um estádio novo recebido de mão beijada), que não suporta mais ver o São Paulo crescer. O valor da reforma dos itens exigidos pela Fifa é de 130 milhões de reais, 1/3 do que se gastaria em um estádio novo, como a curriola queria. Não podemos nos esquecer que obras do governo, como seria o caso, começam com um valor x e com os famosos aditivos, triplicam de valor. A cobertura, que não é uma exigência, poderá ser feita pela empresa que cobriu o Ninho dos Passaros, em Pequim.

  22. O sonhador, os estádios do PAN no Rio são todos estaduais e a maior transferência de dinheiro veio do governo federal. Voce acredita, mesmo, que o governo Federal, não vá transferir dinheiro, para os estados construirem novos ou reformarem os estádio existentes? Sabe quem acredita junto com vc, o Papai Noel e o Coelhinho da Pascoa.

  23. O projeto apresentado não é digno de estagiário de arquitetura. Ridiculo. Basearam-se nos modelos dos estádios da Copa 2010. Seria melhor apresentar o estádio do Canindé. Ganhou-se tempo para continuar com a farsa. O que pode acontecer se o Panetone não for escolhitdo? Para o time da Vila Sônia será o caos. Para o estado de São Paulo e para o governador do estado será uma maneira de se safar de um projeto ridiculo. Falta grana para reformar o irreformável. Estão passando o pinico a torto e a direito. E nada de arranjar grana. Já não conseguiam 180 milhões, o que dirá de 300. E se erraram em 120 milhões é porque são incompetentes. Incompetentes e dão mostras que vão meter a mão no dinheiro público. No meu, no seu e no nosso dinheiro. Não podemos deixar que isso aconteça. Já estão promovendo almoço entre dirigentes para tentar melhorar a imagem do JJ. Não deu certo. Espero que os ânimos continuem exaltados. Não é o estado de São Paulo que está lutando contra Minas Gerais e Brasilia. É o SPFW que está tentando empurrar goela abaixo dos paulistas a sua necessidade de levantar dinheiro público para o seu elefante branco. Se não houver um estádio decente em São Paulo que Minas ou Brasilia, com seus estádios públicos, leve o jogo de abertura. Será uma vergonha para os paulistas. Melhor uma vergonha do que doar dinheiro público para obra privada. Aliás, uma privada de obra. O povo paulista não pode e não deve ficar refém de um bando de incompetentes. Pelo menos o Serra é contra o projeto do Panetone.

  24. Bonitas as palavras do JJ: “O São Paulo sente falta (adivinha de quem?). O Morumbi é um grande estádio, precisa de calor. Dinheiro tem importância também.” Que pena Juvenal, o Corinthians não joga lá nem a pau. Nem a pau Juvenal. Bateu arrependimento agora. Chama a Madonna, chama. Tá passando pinico. Eu esperava que demorasse um tempinho, mas foi muito cedo. O que é que não faz a falta de grana, hein?

  25. Do Juvenal Juvêncio hoje no diário Lance. INVEJA – ‘É processo de intrigas e ciúme’. “O aliado do Morumbi é a verdade. Os inimigos, ainda não encontrei. O Morumbi é o maior alvo de boatos porque é particular. O Maracanã é Governo, mas o Morumbi é do São Paulo. E a questão de clubes entra fortemente. Da mesma forma que o senhor Marco Polo (Del Nero, presidente da Federação Paulista de Futebol) tentou nos impedir de ser campeões no ano passado, ele visava o não crescimento do São Paulo. Outros dirão: ‘Agora, a abertura da Cooopa?’. Um clube que cresce dentro do campo, e em sua representatividade. Isso não agrada os que pensam pequeno. Algumas observações partem do processo de intrigas, ciúmes, interesses contraditórios. E sabemos que vamos conviver com isso até 2012 porque o Morumbi é o estádio que está mais à frente”.

  26. Fábio, significaria isso também, mas isso não vai acontecer nunca.

    Qualquer bem de domínio público não pode ser vendido; sequer penhorado; e muito, mas muito menos ainda doado. Não sei de onde tiraram essas coisas.

    Se por acaso, devido à incompetência da direção florestina, o Governo ou a Prefeitura de São Paulo resolverem construir um novo estádio ou arena, o máximo que poderá acontecer é o Estádio do Pacaembu, que necessita de reformas, ser arrendado. E, para isso, a prefeitura terá que abrir processo de licitação. E nesse processo de licitação qualquer um que tenha recursos pode concorrer. Não é só o Corinthians.

    E arrendar não é doar. É transferir provisoriamente a posse como ocorre num aluguel. NÃO HÀ TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE.

  27. Só deixar mais uma coisa clara.

    Onde eu moro dá pra ir a pé ao panetone. A abertura da Copa de 2014 sendo lá me garante que as obras do metrô não serão empurradas com a barriga, o que significa que em breve terei uma estação de metrô próxima a minha casa.

    A escolha do panetone como sede da abertura pode influenciar também uma possível corrida imobiliária na região, o que pode valorizar ainda mais meu imóvel.

    Então, embora eu não dê a menor pelota para uma Copa do Mundo, EU GANHAREI MUITO MAIS COM ISSO DO QUE A MAIORIA DOS FLORESTINOS.

    Mas não é por isso que eu vou apoiar que haja recursos públicos envolvidos diretamente nisso.

    Ninguém sabe ao certo se haverá necessidade de aporte público na reforma do panetone, mas há um receio nesse sentido. E um receio justificável.

    A FIFA exige que os governos dos estados e as prefeituras sejam avalistas dos projetos, ou seja, se a iniciativa privada não conseguir dar sequência ao projeto, o governo e a prefeitura são OBRIGADOS a fazê-lo.

    E é bom que se saiba que esse receio não é somente com o panetone. ISSO VALE PARA TODOS OS ESTÁDIOS OU ARENAS, JÁ CONSTRÍDOS OU A SEREM CONSTRUÍDOS, que sejam de propriedade de particulares.

  28. kkkk
    parece q vc perdeu uma aposta hein…

    nao vou nem comentar … nao vale a pena…

  29. MEU COMENTÁRIO NO POST DE ONTEM EXPLICA TUDO!!

    O PROBLEMA É QUE A VERDADE E A HONESTIDADE INCOMODAM E MUITO OS BRASILEIROS!!

  30. Então, vai ter reforma no Morumba?

    Paulinho, de onde vão tirar 350 milhões
    para fazer a reforma?

  31. Rodrigo, a coisa é diferente. O Pan é de responsabilidade do COB, que é vinculado ao Ministério dos Esportes. A Copa do Mundo é de responsabilidade da CBF, que é um órgão paraestatal.

    Você está pensando apenas no Morumbi. Você acha justo o governo federal pegar dinheiro oriundo de impostos arrecadados de todos os brasileiros e empregá-lo no Mineirão, que pertence ao governo de Minas, SEM TER PARTICIPAÇÃO NA RENDA, por exemplo?

    Empregar recursos federais com vistas a desenvolver determinada região como o sertão nordestino, por exemplo, é diferente de empregá-lo na construção de um estádio.

    Estádio não constitui necessidade básica de ninguém. Vive-se muito bem sem eles.

  32. o estadio nao treme, qndo ele balança são sistemas de amortecedores para justamente o estadio nao cair…o palestra italia tambem tem isso.

    eh so conhecer um pouco de arquitetura para saber q isso eh normal.

  33. Os analfabetos funcionais que vivem por aqui transformaram-se em arquitetos, engenheiros, especialistas em estádios. Acordaram conhecendo todos os estádios do mundo.

    Já que falam tanto, vamos lá, faço o desafio: quais os problemas do Morumbi?

  34. Volto a insistir na tese: como ficam os teóricos da conspiração?

    Conselho: Coitadini & Cia., voltem os olhos para os seus times agora, deixem o Morumbi e o SPFC para lá. Eles já se atrapalham um bocado pelo lado de lá, sem precisar da ajuda de ninguém.

    Vou ser sincero, não sou a favor do Morumbi, porque ele não tem mesmo condições, HOJE, de sediar uma Copa. Mas a verdade, é que nenhum estádio no Brasil tem.

    Por que o Morumbi é alvo principal? Por que é do São Paulo, só isso. E encontra muito aliados para brigarem contra. Aqui, entra a esperteza dos que querem faturar e obras públicas, e usufruir com sua concessão gratuita depois, e a idiotice daqueles que compram a idéia.

    Alguém por acaso já foi naquele chiqueiro do Mineirão? Alguém já foi ao Beira Rio? Não vou nem falar dos estádios do Nordeste, porque simplesmente, eles não existem, ou não são estádios. O Maracanã foi reformado para o Pan e já precisa ser reformado novamente, com infiltrações e uma série de outros problemas.

    O detalhe, é que eu acho um absurdo que algumas pessoas ainda defendam a construção de uma nova Arena com DINHEIRO PÚBLICO, numa cidade que não tem Metrô, não tem um sistema de transporte coletivo eficiente, não tem saneamento básico suficiente para toda a população, não consegue terminar um Rodoanel que está projetado há 50 anos, tem problemas graves de infra-estrutura na saúde, sem contar uma outra infinidade de problemas, como por exemplo a poluição e violência, que seriam muito mais simples de serem resolvidos e que demandariam um orçamento bem menor do que o da construção de um estádio.

    E isso não é só em São Paulo, vale para o Brasil todo.

    Ou Brasil organiza a Copa com os estádios que possui, adaptados dentro do possível com o dinheiro privado (lembro que em 1994 a Copa nos Estados Unidos foi assim, pois só um estádio foi construído para a Copa e mesmo assim foi derrubado depois), ou então temos que desistir.

    Temos que acabar com essa máxima de que esses eventos podem melhorar as condições do país. O que pode melhorar as condições do país é VOTO, mas com gente pensando que a construção de Arenas e organização de copas e olimpíadas é o mais importante, dificilmente algo vai mudar.

  35. Hahahahaha, quanta inveja!!!!

    Errou mediucre, não existe luta entre SP e MG, a luta é travada entre o Soberano e o atrazo, entre o Soberano e os dels neros, entre o Soberano e os citadinis, entre o Soberano e os andres. E todos perderam e terão que engolir o Morumbi sendo sede da copa de 2014, tendo o jogo da abertura da copa. E pro seu ódio ser completo vcs ainda receberão ingressos “di-gratis” para acompanhar de perto mais uma vitório do Soberano sobre o atrazo.

  36. Falido?

    É bom que acreditem na imprensa corintiana.

    Nem que estivesse com 100 Milhões de Reais negativos em sua conta bancária. O SPFC tem patrimônio, querido. Sabe o que é isso? CT’S, Estádio, ESTRUTURA. Tudo isso é patrimônio do clube e vale dinheiro.

    Falido é palavra que se aplica a outro clube da capital paulista que recorre a empréstimos bancários com regularidade e polui sua camisa para ganhar uns trocados.

  37. Apesar de não ser os 350 milhões que vc apregoa o São Paulo, por sua tradição, por seu nome no exterior, por ser o clube brasileiro que mais tem jogadores perfeitamente engajados nos clubes europeus (sem saudades para voltar), por ser 3 vezes campeão mundial inter clubes, por ter entre seus dirigentes pessoas sérias e reconhecidas mundialmente, por ter um belíssimo estádio particular, por ter um centro de treinamento de primeiro mundo, por ter um centro de treinamento de formação de atletas, que clube algum tem, por ter,,,, por ter…, por ter torcedores que não usam blog’s para falar besteiras, o SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE consegue investidores, não só para 350 milhões de reais, mas para muito mais. Vá dormir no fogo seu trouxa.

  38. Animal irracional (Frustrado por não receber um estádio de graça do governo), sugiro que deixe de acreditar em boatos criados pela turminha dos Sem Estádio, e se atenha aos fatos.

    A reforma no Morumbi vai custar 130 Milhões de Reais.

    O dinheiro virá através de patrocinadores, que já estão surgindo. Só este ano, empresas como a Volks e aquela outra de laboratórios que esqueci o nome, já investiram perto de 30 Milhões de Reais para a reforma do estádio.

    A captação de recursos continuará desta forma, e não se preocupe, sem dinheiro público.

    Para garantir a existência de recursos, o SPFC colocou atletas como garantia. Se faltar dinheiro, o clube vende jogador.

    É mais um duro golpe na turminha que festejou uma Série B em 2008. Enquanto seu time luta para viver, o SPFC atinge outro nível.

    Os benefícios que a Copa no Morumbi vão trazer ao SPFC são inimagináveis.

    Para o despespero dos rivais.rsrs…

  39. Paulinho, qual a chance de, no caso de o Morumbi não ser a sede, o novo estádio construído com dinheiro público passe a ser controlado pelo Corinthians, único time grande da capital sem estádio, como foi no caso do Engenhão para o Botafogo?

  40. MARCIANO, VOCE TEM O DIREITO MEU CAMARADA, DE FALAR O QUE QUISER, PRINCIPALMENTE SE MANTER A INTELIGENCIA E O NIVEL NAS DISCUSSOES. SE FIZER ASSIM, NAO TEM PORQUE EU DESTRATA-LO.
    PELO QUE EU SEI, TAO LOGO OS ESTADIOS SEJAM ESCOLHIDOS, O SAO PAULO FC ANUNCIARAH OS PARCEIROS.

    NOSSA POSICAO EH O NAO USO DE DINHEIRO PUBLICO A NENHUMA REFORMA E PRINCIPALMENTE A DOACAO DE UM ESTADIO CONSTRUIDO COM DINHEIRO PUBLICO A CLUBES INCOMPETENTES E DIRIGENTES LADROES.

    SE ESSA EH A ESPERANCA DA GRANJA PRA TER UM TETO, ESTA EH A MINHA RESPOSTA:

    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH
    HUAHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHAUH

    ***(*) ******(*)

  41. O QUE FAZ A FALTA DE GRANA ?
    EH SOH OLHAR A CAMISA DA GRANJA.
    UMA VERDADEIRA COLCHA DE RETALHOS.

    HAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUHAUAHUAHA

    TUDO BEM, ESTAMOS EM JUNHO PRATICAMENTE.
    EH BEM CONVENIENTE.

    ***(*) ******(*)

  42. A GRANJA NUNCA TERAH UM ESTADIO. NUNCA.
    E NAO ADIANTA QUERER QUE NAO VINGUE O PROJETO TRICOLOR.
    PORQUE ESSE JAH DEU CERTO.
    ***(*) ******(*)

  43. ESSA ERA A ESPERANCA DA GRANJA…
    HAUHAUHAUHAUHAUAHUHUAHUAHAUHAUHAUHAUHAUHA

    ***(*) ******(*)

  44. “O morumbi respira”
    Essa foi boa!!!!
    Só mesmo na cabeça
    de algumas frangas
    a fifa havia vetado o
    morumbi. E pelos comen-
    tários, até parece que as
    outras 11 arenas já estão
    prontinhas para a copa!
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Frangas ridículas!!!!!!!!!!

  45. E terá início à campanha:
    “Diga NÃO ao caveirão
    paulista”! Já basta o caveirão
    carioca!

  46. Creisson Disse:
    “o SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE consegue investidores, não só para 350 milhões de reais, mas para muito mais. Vá dormir no fogo seu trouxa.”

    RESPOSTA ao “SEU” Creisson:

    SEU Creisson, o São Paulio, não tiem dinheirio pra reformario o MorumBIo. No finalio das contias, o governio é qi vai injetálio dinheirio
    públiquio no dinossaurio. Entendeulhio???? Pentelhio!!!!!
    __________________________________________________________

    Felipe Disse: “Animal irracional (Frustrado por não receber um estádio de graça do governo…”

    RESPOSTA ao MOLEQUE Felipe:

    Frustado??????????????? !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Frustados são moleques como vc, que ainda não
    sabe o que vai ser quando crescer.

    Não RECEBER estádio de GRAÇA do governo??? O São Paulo, pode???
    Já não basta ter DINHEIRO PÚBLICO desviado, e maquinários da Prefeitura de São Paulo pra construir o Morumbi, e agora, o governo injetar mais dinheiro, nisto aí.

    Vai dormir mais cedo, amanhã tem escolinha. JUVENIL!!!

  47. Como tem gente crente.

    Entram no World Stadiums e no Wikipedia e se acham o máximo. É o que podemos chamar de um bando de web nerds, que acreditam piamente na primeira informação que viram pela frente.

    Cuidado, a internet tem dessas armadilhas.

    Entendam um pouquinho: o Rungrado May Day é um estádio na Coréia do Norte, onde segundo a comunidade internacional esportiva, não cabem nem 100.000 pessoas.

    Além do que, não é um estádio que segue padrões de assento estabelecidos pela FIFA, ou mesmo segue algum padrão do Comitê Olímpico Internacional.

    Na verdade, o estádio fica num país comunista fechado ao resto mundo, cujo acesso e atendimento aos padrões internacionais de edificações é considerado comprometido. Nesse sentido. eles divulgam a capacidade que bem entendem e ninguém irá conseguir confirmar essa informação, até porque eles ainda acham que isso faz parte da guerra do comunismo contra o capitalismo.
    Alguém se lembra daquele antigo estádio em um dos países da extinta União Soviética que cabia mais de 200.000 pessoas?

    Quanto ao estádio Azteca do México, ele realmente cabe, hoje, mais de 100.000 pessoas. Entretanto, o estádio ainda não atende aos padrões FIFA, pois ainda possui locais para o público assistir aos jogos em pé, o que não é permitido pela FIFA.

    Nos padrões atuais de edificação para estádios, a capacidade máxima recomendada, aquela que define e qualidade de visão e padrões de conforto e segurança, é de no máximo 90.000 lugares sentados (alguns especialistas dizem 80.000). O atual e moderno estádio Wembley, em Londres, seguiu esse padrão.

  48. Paulinho, se o são paulo jf tem capacidade financeira para adequar o Morumbi as normas da FIFA tudo bem! Nada impede que o clube faça a abertura da Copa lá no panetone. Agora se for para o Estado gastar 400 milhões com dinheiro público como fizeram no passado quando construiram o Morumbi e doaram ao são paulo jf através do governador Laudo Roubel então que se gaste esse dinheiro e faça um estádio novo a todos os torcedores de sampa né. Abraços!!!

  49. Para esse cara dizer tudo isso que se passa eu acho que ele tem provas , se não ele não estária defendendo o diabo. kkkkkkkkk

  50. Alem de tudo isso que vc disse tem Gente bancando o professor de PORTUGUES AQUI SENHOR PASCUALI !

  51. Antes que alguém me critique por apenas pensar como são-paulino, entendo que se as obras de adequação custarem realmente 300 milhões (do que seja), o São Paulo, pela atual cabeça pensante dos administradores que possui, dificilmente conseguirá adequar o estádio.

    Se usar dinheiro público para tal, que seja para levantar uma parede sequer dentro do estádio, vou ser um dos que irão encabeçar a sugerida ação popular abaixo.

  52. O cabeça de bragre do Luciano do Valle disse que vão construir um estádio em Jundiaí para copa.
    Eu não sabia que Jundiaí estava no páreo?!

  53. Esta é a situação do Panetone:

    O Pulso
    Titãs
    Composição: Arnaldo Antunes

    O pulso ainda pulsa
    O pulso ainda pulsa…

    Peste bubônica
    Câncer, pneumonia
    Raiva, rubéola
    Tuberculose e anemia
    Rancor, cisticircose
    Caxumba, difteria
    Encefalite, faringite
    Gripe e leucemia…

    E o pulso ainda pulsa
    E o pulso ainda pulsa

    Hepatite, escarlatina
    Estupidez, paralisia
    Toxoplasmose, sarampo
    Esquizofrenia
    Úlcera, trombose
    Coqueluche, hipocondria
    Sífilis, ciúmes
    Asma, cleptomania…

    E o corpo ainda é pouco
    E o corpo ainda é pouco
    Assim…

    Reumatismo, raquitismo
    Cistite, disritmia
    Hérnia, pediculose
    Tétano, hipocrisia
    Brucelose, febre tifóide
    Arteriosclerose, miopia
    Catapora, culpa, cárie
    Câimba, lepra, afasia…

    O pulso ainda pulsa
    E o corpo ainda é pouco
    Ainda pulsa
    Ainda é pouco

    Pulso (4x)

    Assim…

  54. Ô maluco o COB é tão para estatal (?) como a CBF, ou seja nenhum dos dois orgãos é vinculado ao governo federal. Mas que para estatal é isso. Agora gostaria que o genio me explicasse o que é florestino.

  55. Ontem em Santos o Andrés arreegou e disse que precisa jogar no Morumbi senão o clube quebra. Leão, gatinho, pare de falar besteira. O SPFC não depende do Corinthians para dar lucro, muito pelo contrário, pois o aluguel não cobre as depredações dos malucos da Gaviões. Se vc não sabe sem a torcida de vandalos o valor do seguro caiu em quase 60%.

  56. DISCORDO DE VOCE EM ALGUMAS COISAS, MAS NO GERAL A GENTE PENSA IGUAL.

    A GENTE VAI CONSEGUIR, NAO SE ESQUECA DE UMA CERTA MOEDA, QUE CAIU EM PEH.

    NAO SE BRINCA COM O SAO PAULO FC E NEM SE DUVIDA.
    FEH EH CERTEZA.

    ***(*) ******(*)

  57. A confirmação foi para a cidade de São Paulo, visto que era impossível deixar a principal capital do país de fora.

    O Morumbi não foi confirmado, visto que iria provocar o acirramento de animos de outras cidades excluídas na escolha, as quais reclamariam da manutenção da cidade (sem um estádio). O protocolo de intenções enviado pelos responsáveis em relação ao Morumbi foi aceito somente numa perspectiva política.

    O Serra já articula a construção de um novo estádio.
    Existe uma articulação forte para a construção de um novo estádio na Capital.

    No relatório da FIFA, os pontos positivos foram relacionados a viabilidade da principal cidade do país, infra-estrutura de transportes, aeroporto, hotelaria, acomodações para atletas.
    O Morumbi foi considerado na análise SWOT como ponto fraco.

    Será difícil conseguir patrocinadores nessa situação.

  58. Geraldo,

    Não subestime os galináceos.
    Em matétria de fazer trambiques eles são imbativeis e vão continuar fazendo de tudo para sabotar o Morumbi. Na cebça penosa deles, essa é a unica chance de terem um estadio.

  59. Que não seja de nossos bolsos.Imposto é para saúde e educação. Não lifting na gaiola das loucas

  60. O brasileiro é muito hipócrita, o problema não é onde mas se deve ser feita ou não Copa…..destinar bilhões para serem desviados por esse monte de asno engravatado que hoje defende a escolha, e pra quê, depois da Copa o que vamos ter?? Alguns hotéis a mais e campos de futebol para os riquinhos tirarem seu lazer….e hospitais, escolas ou pelo menos gente honesta se candidatando a cargo público, será que teremos ou teremos belos estádios e belos mortos de fome analfabetos ??

    País lindo, mas recheado de gente muito burra !!!

  61. Será que ele tem computador, ou será que ele sabe ler? Se não souber, pede para alguém ler em voz alta…

  62. Paulinho, com todo o respeito:

    Você denuncia irregularidades na conta do canal a cabo, do fornecimento de carne, de cloro para as piscinas, etc., do Corinthians…

    E aceita, sem maiores questionamentos, a falta de transparência e evidente maracutaia relativas à candidatura do Morumbi para 2014?

    Mais um favorecimento monumental que o São Paulo deve receber de entes públicos, a se juntar aos tantos que já recebeu em sua história?

    E fica tudo por isso mesmo?

    Enquanto que o Corinthians tem a sua vida esmiuçada? (e não estou dizendo que coisas erradas não ocorram no Parque São Jorge; estou apenas apontando a discrepância na dimensão dos fatos, e o tratamento que é dado a eles)

    Não me parece justo tratar um clube com uma história tão bonita como o Corinthians, nascido para representar o povo nos elitistas gramados de futebol paulistanos, a ferro e fogo;

    E aceitar passivamente a prevalência da conhecida “Lei de Gérson” nas coisas do São Paulo.

    Diante dessa aparente discriminação, fica parecendo que certas coisas não mudam nunca no Brasil: para o povão (e para o Corinthians, mesmo que, de um clube paupérrimo, tenha se transformado em uma potência, ao longo de sua história), o rigor da lei, os tribunais, as sanções; para a elite (e para o São Paulo, que sempre se gabou de ser o representante dela), as facilitações, as benesses, os acordos nas altas rodas.

    Em um país verdadeiramente democrático, a transparência e a respeito às normas morais e legais não devem ser exigidas de alguns, mas de todos.

    Para terminar com um pouco de humor, ainda que amargo, uma citação de Stanislaw Ponte Preta (Sérgio Porto):

    “OU RESTAURE-SE A MORALIDADE, OU LOCUPLETEMO-NOS TODOS!”

  63. Se o Morumbi no poassado chegou a abrigar pelo menos 170 mil torcedores e hoje por questões de segurança, comodidade com colocação de assentos ficou com capacidade para 72 mil, pergunto:
    Esses estádios citados possuem assentos individuais?
    Porque se for o caso o tamanho dos estádios tem que ser pelo menos 2X maior que o Morumbi.
    Acho esta discussão uma tremenda bobagem, coisa de invejosos que tentam encher o saco dos São Paulinos sabedores que são que só o clube do Morumbi tem capacidade em termos de estádio, administração ecredibilidade.
    Vejam que a diretoria Tricolor não admite em hipótese nenhuma parcerias que queiram administrar o seu próprio.
    A casa é minha, mando eu.
    enquanto outros já entregaram até a alma para os parceiros, e o que foi fatiado entre seus diretores e vices que pintam e bordam dentro do clube.
    Acho engraçada essa conversa que a Fifa quer descartar o Morumbi para 2014, se na África do Sul onde será realizada a Copa ano que vem com estádios que ainda estão na terra bruta, com atraso de pelo menos 2 anos do cronograma.
    Calma galinhada e porcada não se estressem pois irão sofrer esta dor de cotovelo por mais 5 anos.
    No cotovelo, passa Gelol que passa.

  64. Paulinho,
    Ao invés de quererem apenas “bater” no Morumbi, não seria melhor contestar algumas das sedes.Fico pensando o que irá ocorrer com o estádios que serão construídos em Manaus, brasilia e Cuiaba após a copa. Principalmente Manaus. Cidades que não possuem nenhum clube de futebol de expressão. Que loucura goias ficar de fora. Essa copa vai feder e muito….

  65. Queria deixar uma pergunta a todos os tricolores, sem ofensas;

    Vale a pena comemorar a escolha do Morumbi mesmo sabendo que foi uma decisão política, desonesta e que nada tem a ver com o esporte assim como Belém por Manaus e Goiânia por Cuiabá?

    Vale a pena inferiorizar o nível de um evento que sequer deveria ser prioridade em nosso país, apenas por conta de “gozação entre torcidas”?

    Se valer, respeito, mas reitero que com essa mentalidade, temo ainda mais pela Copa no Brasil.

  66. PELAS INFORMAÇÕES DE ONTEM, TODOS PRECISAM SE ADEQUAR AS EXIGENCIAS DA FIFA, NÃO É SÓ O MORUMBI.
    SÃO 12 AO TODO E TODOS TERÃO QUE SE ADEQUAR, PORQUE FALAM SÓ DO MORUMBI ???

  67. Aos invejosos que não possuem sequer um centro de treinamento, mas vivem afirmando que o SÃO PAULO FUTEBOL CLUBE está quebrado e depende deles para sobreviver.
    Aqui vai umas informações dos CTS de propriedade do GLORIOSO DO MORUMBI.

    CT GUARAPIRANGA
    Estimulo para a garotada

    O centro de treinamento Homero Bellintani, em Guarapiranga, foi inaugurado no dia 13 de dezembro de 1997.
    Destinado as divisões de base do Tricolor, o Centro de Treinamento Homero Bellintani nasceu da fusão do São Paulo com o clube Estrela da Saúde.
    Instalado num espaço de 100.000 metros quadrados, o complexo esportivo possui três campos, piscina semi-olimpica, alojamentos para os atletas, cozinha e refeitório.
    A diretoria do São Paulo mostra, mais uma vez, toda a sua preocupação com as categorias de base do clube.

    Fonte: Caderno Especial – Gazeta Esportiva – 23/04/2000

    CFA – Centro de Formação de Atletas Presidente Laudo Natel

    Em uma área de 10 alqueires – 220 mil metros quadrados – foi construída uma completa infra-estrutura para oferecer conforto e segurança a quase uma centena de atletas que começam sua caminhada para se transformarem em profissionais. Distante apenas trinta minutos do Estádio Cícero Pompeu de Toledo, e com fácil acesso pela Rodovia Raposo Tavares, o novo Centro de Formação de Atletas Presidente Laudo Natel é rodeado por chácaras e sítios, garantindo paz e tranqüilidade a todos os atletas. São sete campos de futebol – cinco com medidas oficiais e dois society -, com perfeita drenagem e irrigação computadorizada, alimentada pela água de dois lagos do próprio Centro de Formação de Atletas Presidente Laudo Natel.

    Fora de campo, a estrutura também é de Primeiro Mundo: quatro alojamentos, com capacidade total para 95 jovens, divididos em quartos para duas pessoas e banheiro privativo, refeitório central com cozinha industrial de última geração, sede administrativa, sala de monitoramento, portaria principal, piscina, oficina de manutenção, quiosques, quatro vestiários e consultório médico e odontológico.

    Merece também destaque a segunda unidade do Reffis, que, a exemplo da unidade no CCT da Barra Funda, é um dos mais modernos centros de Reabilitação Esportiva Fisioterápica e Fisiológica para tratamento de lesões do país.

    REFFIS
    Juntamente ao Centro de Treinamento, localiza-se o REFFIS, o núcleo de Reabilitação Esportiva, Fisioterápica e Fisiológica para tratar os funcionários e atletas do clube ou de outras agremiações.[52]

    Considerado a mais moderna instalação do tipo pertencente a um clube na América do Sul, o REFFIS é referência no Brasil, América do Sul e até na Europa. Criado em 2004 foi criado com o intuito de avaliar, preparar, tratar e prevenir lesões de atletas vindos de diversos lugares do mundo.[52][53] A estrutura é elogiada pelos médicos do Real Madrid e Internazionale e pelos os dirigentes do Barcelona que já chegaram a pedir que o clube cuidasse de seus jogadores brasileiros.[54]

    Os aparelhos do núcleo, conseguidos através de parceria, possuem tecnologia de última geração e um gasto inicial em torno de dois milhões de reais em sua construção e desenvolvimento.[52]

    Conta com profissionais renomados na gestão do centro como os fisioterapeutas Luis Alberto Rosan e Ricardo Sasaki, e pelo fisiologista Turíbio Leite de Barros, conta ainda com Carlinhos Neves e Sérgio Rocha, preparadores físicos e, claro, com as presenças constantes dos médicos José Sanches e Marco Aurélio Cunha.

    CENTRO DE TREINAMENTO EM BARUERI.
    O Complexo Esportivo Sportville, conhecido como CT de Barueri nasceu de uma parceria com o clube Sportville com o intuito de oferecer mais condições aos atletas da categoria de base, porém atualmente comporta os atletas do São Paulo B.

    O complexo, que já abrigou até a seleção brasileira de futebol e localiza-se na cidade de Barueri na região metropolitana de São Paulo, dispõe de um campo de futebol oficial, duas piscinas (sendo uma específica para trabalhos de fisioterapia), vinte quartos para quatro pessoas cada, quadras de tênis, ginásio de esportes, salão de jogos e recreação, sala de musculação, centro de fisioterapia, departamento médico e refeitório.

    SE O MORUMBI NÃO TEM CONDIÇÕES DE SEDFIAR UMA COPA, QUEM TERÁ?

  68. engraçado Paulinho…
    vi ontem na televisão que nenhum projeto foi aprovado pela FIFA….todos…eu disse TODOS vao ter que readequar seus projetos….
    mais vc…com sua imensa vontade de ganhar um estadio para seu mediocre time, só queima o Morumbi….
    haha…perdeu mais uma….
    abs

  69. Respondendo ao desafio feito a nós pelo Cesar Cas, seguem alguns dos problemas existentes hoje no morumbi:

    1 – Visibilidade
    Foram identificados cercar de 9.000 pontos cegos, por conta de:
    – Grande distância em relação ao campo: a Fifa exige que a distância (campo de visão) do público seja de no máximo 90 metros.
    – Pouca inclinação nas cadeiras/arquibancadas, dificultando a visibilidade: a estrutura do Morumbi possui uma inclinação em torno de apenas 10 graus, totalmente fora das especificações internacionais para a construção de arenas.
    – Áreas de obstrução aos espectadores: auto explicativa

    2 – Estacionamento
    O Morumbi apresenta cerca de 1.400 vagas, considerando os terrenos vizinhos que são utilizados de forma clandestina e irregular em dias de jogos. A Fifa exige, para essa capacidade, 11.000 vagas.
    O único local disponível para construção seria um subterrâneo na pça Roberto Gomes Pedrosa, mesmo assim para um máximo de 4.000 vagas. Ocorre que a praça se trata de um local público. Quem faria o investimento, o poder público? E as 7.000 vagas restantes?

    3 – Acesso
    Esse é um problema cuja resolução está prevista com a aplicação de verba pública através da conclusão do metrô (embora a estação esteja a 1 km de distância do estádio) e da desapropriação de diversos imóveis para a construção de uma via perimetral. O que se questiona principalmente nessa caso, além da eficácia das ações e da relação custo-benefício é priorizar um investimento altíssimo, que atenderia os interesses de uma parcela reduzida da população em detrimento de outros investimentos muito mais urgentes à cidade, como por exemplo a conclusão do Rodoanel.

  70. Então é só dar o famoso MIGUÉ pro governo colocar grana no panetone de novo? Tipo ficar falando que não tem grana e na ultima hora o governo venha a intervir? E se caso o governo venha intervir futuramente no estádio particular agraciado com esse presente não tem que pagar o que o governo pois de grana?

  71. Se fosse indicada a Arena Barueri estaria pronta em totais condições para receber jogos. Um estádio moderno que atende todos os requisitos de infraestrutura. O ponto negativo é o transporte publico que deixa a desejar.

  72. hahahuahuuhaa

    vai ser construido com dinheiro publico, eu pouco me importo !!!

    chora

  73. É o tal negócio…se não tem “tu”, vai “TU”mesmo!!!!
    Que opção mais se teria em São Paulo????

  74. Dunha, você esqueceu também a favela que tem ali do lado do estádio. Iria custar muito caro para reurbanizar aquela área toda.

  75. Lúis Helminton Disse:

    Queria deixar uma pergunta a todos os tricolores, sem ofensas;

    Vale a pena comemorar a escolha do Morumbi mesmo sabendo que foi uma decisão política, desonesta e que nada tem a ver com o esporte assim como Belém por Manaus e Goiânia por Cuiabá?

    TÁ BOM VOCÊ ESTÁ CORRETO.
    MAS ME DIGA UMA COISA: DE ONDE VOCÊ TIROU TODAS ESTAS INFORMAÇÕES? QUEM OU QUAL AUTORIDADE AFIRMOU TUDO ISSO? OU VOCÊ ESTÁ SÓ CONJECTURANDO E ATACANDO A MORAL DOS OUTROS.
    DIGA A FONTE PARA TER CREDIBILIDADE, E NÃO PASSE POR MOLEQUE QUE TENTA DENEGRIR OS OUTROS.
    ESTOU AGUARDANDO.

  76. Tudo como imaginei, o tal do Lúis Helminton só sabe atirar pedras. Não passa de um moleque.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: