Advertisements
Blog do Paulinho

Presidente do Conselho do Fluminense em dilema

Mario Bittencourt

Em 2011, o Conselho Deliberativo do Fluminense, presidido por Braz Mazullo, reprovou as contas da Diretoria, que tinha como mandatário Roberto Horcades.

O motivo: excesso de gastos sem solicitação de suplementação orçamentária.

Uma década depois, a história se repete.

As contas de Mario Bittencourt, atual presidente (referentes ao exercício 2021) apresentam o mesmo problema.

O chefe do Conselho é, coincidentemente, o mesmo de 2011.

A decisão será semelhante?

Por enquanto, diferentemente do episódio passado, Mazullo segue em silêncio, em claro dilema.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: