Advertisements
Blog do Paulinho

Investigação da PF sobre produtoras de ‘fake-news’ bolsonaristas pode atingir presidenciável do Corinthians

Edgard Soares

A Polícia Federal investiga superfaturamento nos gastos das contratação de produtoras responsáveis pela propaganda do Governo Bolsonaro.

Boa parte embasada em ‘fake-news’.

2022.0030159 é o número do inquérito que está a cargo do Delegado José Augusto Campos Versiani.

Segundo a revista VEJA, foram identificados gastos milionários em produções de vídeos.

O deputado federal Elias Vaz, um dos denunciantes, declarou:

“As irregularidades vão desde cobrança de serviços que não foram prestados, passam por alto salário e número elevado de profissionais, equipamentos pagos e que não foram utilizados e o pagamento de valores muito acima dos de mercado”

Há alguns meses, o Blog do Paulinho revelou que o publicitário Edgard Soares, conselheiro que sonha em ser presidente do Corinthians, utilizou-se de diversas empresas, com CNPJs distintos, mas sediadas no mesmo endereço, para receber alguns milhões do Governo.

Estas empresas foram responsáveis, oficialmente, pelas principais peças publicitárias de Bolsonaro.

Algumas, segundo fontes, extraoficiais, produzidas sem assinatura apenas para rodarem pelas mídias sociais.

Para mais detalhes, com farto material comprobatório, sobre o assunto, basta clicar no link a seguir:

Empresas ligadas a Conselheiro do Corinthians receberam R$ 3,6 milhões do Governo Bolsonaro para produzir ‘fake-news’ – Blog do Paulinho

Semanas atrás, conversamos com ex-funcionário que ocupou cargo relevante na produtora de Edgard Soares.

Ele pediu anonimato – para não ser encontrado em buscas de internet que poderiam dificultar-lhe recolocação no mercado, embora soubesse que seria reconhecido pelo ex-patrão.

Suas declarações foram importantes:

“(…) eu era o responsável pelo setor de criação destes materiais… a gente recebia tudo mastigado… principalmente roteiro e o que deveria ser falado… sabíamos que parte da produção não era ‘oficial”

“(…) comentava-se, na produtora, que os valores cobrados eram maiores do que os faturados a outros clientes”

“O Hélio Negão (deputado ligado a Bolsonaro) sempre visitava a empresa… numa destas visitas ele estava com a Michele Bolsonaro”

“O filho do Edgard estava ciente do ocorrido, mas, mesmo as vezes contrariado, não tinha coragem de desobedecer o pai”

A Polícia Federal terá o desafio de comprová-las.

Pode ser coincidência, mas, ao mesmo tempo em que o Inquérito da PF investiga as produtoras, Edgard Soares transfere parte de seus imóveis no Vale do Paraíba, alguns comprados recentemente, para o nome de parente fora do contrato social das empresas.

O publicitário é dono, também, do site ‘Futebol Interior’, que é acusado de criar ‘fake-news’ contra vítimas de tentativas de extorsões que negaram-se a pagar mensalidade em troca de suposta ‘assessoria’.

Ontem, jornalista deste portal, com viés bolsonarista, foi flagrado em apologia ao nazismo:

Jornalista do ‘Futebol Interior’ faz apologia ao nazismo em perfil de whatsapp

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: