Advertisements
Blog do Paulinho

Desde agosto, corrupto dos Gaviões conversava com bicheiro que comanda a base do Corinthians

Wagninho, Osmar Stabile, Jaça e Ronaldo Giovanelli

Desde o dia 12 de agosto, pelo menos, Jarrão, vice-presidente dos Gaviões da Fiel, conversava com o afamado bicheiro Jaça, que comanda, mesmo sem cargo, as categorias de base do Corinthians.

Era, tudo indica, o início das tratativas que culminaram no revelado caso da propina.

Jaça, através de intermediário, passou a transferir dinheiro à conta de Jarrão em troca blindagem junto à ‘organizada’.

Fala-se em R$ 10 mil mensais.

Há comprovantes que demonstram repasses desde dezembro de 2021, mas, segundo fontes, os pagamentos teriam iniciado ainda antes.

Em áudio, datado de 13 de agosto, Jarrão detalha reunião ocorrido 24 horas antes, deixando claro que a base do Corinthians está sob comando do bicheiro, com a conivência explícita da diretoria do clube.

“Ontem eu tive uma reunião com a base”

“Eu desafiei o Jaça lá, o que tentou te matar…eu desafiei ele…”

“Falei: ‘se tenta matar bunda-mole… vem tentar matar eu…'”

“Sai dele… comprei um carro blindado, faz duas semanas… que tá foda…”

Esse bate-papo, de altíssimo nível, demonstra bem o grau de periculosidade a que são expostos os garotos alvinegros.

Nenhum boletim de ocorrência foi registrado, desde então.

Muito menos de extorsão, que é a versão utilizada por Jaça para justificar o pagamento de propina a Jarrão.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: