Advertisements

O presidente não trabalha, mas está exausto

Da FOLHA

Por ALVARO COSTA E SILVA

Além dos crimes de responsabilidade, a outra única atividade de Bolsonaro é soluçar

Se o homem já não era de trabalhar (nem nos tempos da caserna nem na época do baixo clero na Câmara), imagine agora que está desmitificado. O exame minucioso da maior parte da população —que vê Bolsonaro como um político incompetente, falso, burro e autoritário e o governo que ele representa como corrupto— não teve influência nenhuma para mudar velhos hábitos.

À exceção dos crimes de responsabilidade que comete seguidamente, Bolsonaro continua sem fazer nada. Um sujeito que só pensa nele e despreza o país. Na última semana, depois de papear com membros da sua seita por 50 minutos no cercadinho do Alvorada e voltar a bater na tecla golpista de fraude nas eleições, até ele deve ter achado que era conversa fiada demais e se justificou dizendo que sua agenda estava “meio folgada”.

O repórter Getulio Xavier apurou os dados e descobriu que Bolsonaro falou a verdade uma vez na vida. No mês passado, ele só dedicou 83 horas a tarefas oficiais. Por oito dias não teve nem sequer um compromisso na agenda. Entre 3 e 6 de junho, zero hora trabalhada. A jornada média de trabalho mensal do brasileiro é mais que o dobro da do presidente. Os dispendiosos passeios de moto devem ter sido combinados entre um lanche e outro.

Paradoxalmente, Bolsonaro está com cansaço físico e mental. Nos últimos dias não tem dormido. Grudado no celular, passa as madrugadas em vigília mandando mensagens. Em público, deu para sofrer crises de soluços. Em geral elas são inofensivas, mas podem indicar alguma alteração neurológica.

Numa de suas histórias dos mares do sul, Somerset Maugham relatou o drama de um rico colono inglês que morre de soluço dentro de um navio da companhia Pacific & Orient no meio do oceano. O caso do presidente não parece tão grave, mas convém tomar gotas de vinagre com açúcar, pôr uma pitada de sal embaixo da língua ou molhar com saliva um pedaço de lã e botar na testa.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: