Advertisements

Desespero por título segue empurrando o São Paulo para promiscuidade e caos financeiro

A divulgação do recente balanço da gestão Leco não deixa dúvidas: o São Paulo foi administrado de maneira desesperada – por títulos – e em parceria com agentes de jogadores.

Criou-se uma bolha financeira em que o clube empurrava as enormes dívidas passadas com refinanciamentos, fazia outras e, dentro desse contexto, tomava dinheiro de intermediários em troca de promover jogadores de baixo nível, pagando, por eles, altíssimo comissionamento.

Uma bola de neve que arrebentou o caixa tricolor, mas não de seus dirigentes, parceiros dos generosos empresários envolvidos no sistema.

Porém, em vez de tentar resolver o problema, o novo presidente decidiu ampliá-los, seguindo a mesma receita dos anteriores.

Se embolsará, o tempo dirá, embora seja pouco provável que não, até porque é oriundo de diretorias que se beneficiaram.

Mas, ainda que não roube, Casares, mesmo em conseguindo vencer algum campeonato – amparado em doping financeiro, agirá como os rivais brasileiros que lutam contra a falência.

A realidade é óbvia: o São Paulo não tem dinheiro para possuir o elenco atual e, a cada mês que o mantiver, se afundará.

Tudo precisa mudar.

Sem alicerce robusto, ou seja, uma gestão equilibrada, a casa que, por vezes, parece impecável, cairá, corroída pelos vermes escondidos em paredes apodrecidas pela falta de cuidado com o patrimônio tricolor.

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “Desespero por título segue empurrando o São Paulo para promiscuidade e caos financeiro

  1. DIEGO DE SOUZA CAVALCANTE

    Vamos aos pontos, com todo respeito. Quando vc diz “o São Paulo não tem dinheiro para possuir o elenco atual e, a cada mês que o mantiver, se afundará”. Eu discordo, uma conta besta aqui, supondo que a folha custe 18mi por mês já incluso impostos. Supondo que vc desfaça de titulares ou jogadores importantes para reduzir essa folha pra 12mi. Isso geraria uma economia de 6mi x 13 meses (com 13º) = 78mi. Imagine para isso vc negociar de graça (pois não acha quem pague pelo passe e talvez nem o salário integral), Dani Alves, Luciano, Reinaldo, Arboleda, Eder. Deve dar uns 6mi de economia mensal. Vc acha que este time SEM esses caras que ganham mais, teria chance de disputar títulos, chances de ir passando de fase, de trazer renda com isso, patrocínios, e torcida quando essa puder voltar ao estádio? Vc iria economizar 78mi, mas não ia arrecadar valores mais ou menos nessa linha e deixaria de ter possibilidade de título. O problema não está em salário de quem joga, o problema está em contratar Diego Souza, Everton felipe, Jean goleiro, trelez, Tche tche, pablo, só ai deve dar uns 100milhoes. E ainda pagar salário alto para caras que não entregam mais, como Hernanes 1.1 mi por mês. A diretoria anterior foi sim irresponsável, ladra tb, pq alguém deve ter ganho muita comissão com esses jogadores medianos contratados a peso de craques. Mas essa, até o momento gastou apenas no Orejuela, e todos os reforços que vieram, duvido que todos torcedores de todos times aqui não queriam. Com as saídas de medianos e entradas desses bons reforços a folha quase não mudou. No mais a gestão parece equilibrada sim, vejamos se se mantém assim, pois estão correndo atrás de renda para o clube, tentando se livrar de lixos da gestão passada etc. não da pra ter um time só com molecada sub 20 ou só jogadores baratos e querer ganhar algo, isso seria botafogar. E também não se pode fazer como o Leco que comprou jogadores sem pagar os milhões de reais e agora estoura nessa gestão. Isso tb seria botafogar.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: