Advertisements

CPI da Pandemia contaminada na origem: Kajuru combinou investigação com Bolsonaro

É preciso muita atenção com os detalhes que cercam os bastidores da CPI da Pandemia, principalmente as motivações de seus proponentes, os senadores Alessandro Vieira e Jorge Kajuru, ambos do Cidadania.

Se não tratadas com seriedade, em vez de servirem de base para punição dos infratores, as ‘investigações’ podem garantir-lhes indevido atestado de inocência.

Exemplos não faltam por aí.

A CBF protagonizou diversas CPIs e sempre escapou por conta de armações políticas indecentes.

O senador Kajuru é quinta coluna do Bolsonarismo, amigo íntimo de Flávio Bolsonaro, filho do Presidente.

Tudo indica estar, ardilosamente, trabalhando sob orientação do Governo.

É estranho o fato do Genocida, que não mede palavras para atacar seus desafetos, estar calado diante de um Kajuru que, na versão criada para desavisados, teria cravado uma faca em suas costas.

Os fatos, porém, trafegam para sentido oposto.

Em recente entrevista ao site ‘O Antagonista’, Kajuru respondeu:

“(…) não acho que ele (Bolsonaro) será afetado ou que a investigação resultará em impeachment. Nada disso”

“O que o presidente está preocupado é com o pessoal dele. O que será descoberto pela CPI vai deixar o presidente assustado. Aconteceram erros primários e atos irresponsáveis durante esse ano todo da pandemia”.

Qualquer pessoa minimamente bem informada, e bem intencionada, principalmente se estivesse, como Kajuru quer dar a entender, investigando o comportamento do Governo na pandemia, não se preocuparia em defender o Presidente.

Pelo contrário.

Se calaria ou trataria Bolsonaro como principal responsável pelas mais de 350 mil mortes por COVID-19 no país.

Salvar o Presidente, entregando à fogueira gente menos relevante do Governo, parece ser o objetivo real da manobra.

Mas não o único.

Ontem (10), em ação, tudo indica, combinada com Bolsonaro, Kajuru vazou trechos de conversas entre ambos, ocorrida após o STF determinar o início dos trabalhos da CPI.

O clima cordial, sem um palavrão sequer pronunciado, é quase um atestado, diante do que conhecemos de Bolsonaro, de conversa ‘fake’.

Se o Presidente, em reuniões oficiais, dá de ombros para o decoro do cargo, do que não seria capaz numa conversa informal com suposto ex-aliado que o teria atraiçoado?

Elementar.

Não à toa, a parte escolhida para divulgação foi justamente um ‘pedido’ do Presidente para ampliar o escopo da CPI para Governadores e Prefeitos.

A intenção era cooptar a opinião pública para a pressão.

Quanto mais tumultuada forem as investigações, menos objetivos serão os relatórios.

Bolsonaro chega a dizer para Kajuru: “(Sobre a CPI) nós estamos afinados 100%…”, para desalento dos bolsominions que caíram no ‘conto’ da traição.

Insinuaram ainda, indecentemente, a utilização de um pedido de impeachment contra o Ministro Alexandre de Moraes, protocolado pelo Senador, como moeda de troca para derrubar a recente decisão do Supremo.

Contaminada na origem, a CPI da Pandemia somente funcionará – se funcionar – se os demais políticos envolvidos, desde já, trabalharem para evitar que essa gente possa ter qualquer controle sobre decisões importantes.

Principalmente sabujos dos investigados, como o Senador Jorge Kajuru.

Do contrário, seremos vítimas de uma farsa patrocinada pelo Governo Genocida, com a conivência de imorais, antecipando-se a procedimentos sérios que, inevitavelmente, colocariam seus mentores em situações, criminais e políticas, bem complicadas.


Abaixo, para quem tiver estômago, o trecho divulgado da conversa entre Jorge Kajuru e Jair Bolsonaro

Facebook Comments
Advertisements

Um comentário sobre “CPI da Pandemia contaminada na origem: Kajuru combinou investigação com Bolsonaro

  1. Jose Ricardo

    Depois que Bolsonaro arrotou na cara do pavão ativista e defensor de terrorista do STF, os “supremos ministros” sentiram que o bafo do impeachment é real e vão recuar, adiando a CPI pra depois da pandemia. CPI´s são puros teatros e mesmo que fosse séria, não há sentido numa CPI da covid que deixe de fora das investigações governadores e prefeitos.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: