Advertisements

TRE-SP acolhe recurso e absolve André Negão de crime eleitoral

Em 24 de outubro, o diretor administrativo do Corinthians, André Negão, teve registro de candidatura a vereador de São Paulo indeferido porque estaria condenado a cinco anos de inelegibilidade por simular doação no pleito anterior.

No mesmo dia, o cartola recorreu.

Sub-judice, Negão figurou nas urnas, mas, até por conta do problema jurídico, recebeu votação bem menor do que em anos anteriores e não se elegeu.

Na última sexta-feira, porém, o TRE-SP acatou os fundamentos do Agravo impetrado pelo candidato e reformou a decisão, absolvendo-o da acusação.

André Negão comprovou que pagou a última parcela de sua multa eleitoral, que estava atrasada, dias antes das eleições, e que, em decisão posterior à apresentada pelo MPE, a quitação desta pendência seria suficiente para obstar as demais penalizações.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: