Advertisements

A promiscuidade comprovada entre Corinthians e Gaviões da Fiel

No dia 24 de julho de 2019, o Corinthians autorizou, através de contrato assinado pelo presidente Andres Sanches, que os ‘Gaviões da Fiel’ utilizassem, oficialmente, o logotipo do clube, por prazo indeterminado.

Detalhe: sem cobrança de valores.

Porém, quando da confecção do contrato com o Arena Fundo, o Timão cedeu os direitos de exploração de sua marca, símbolo, etc, por 30 anos ou até a quitação do estádio de Itaquera (o que ocorrer primeiro).

Em tese, a autorização pode ser contestada.

Chama a atenção, também, que o tratamento aos Gaviões não foi estendido a todas as ‘organizadas’ alvinegras, nem ao site ‘Meu Timão’, que vem sendo processado pelo Corinthians exatamente por utilizar-se de seu símbolo e marca.

Aliás, um dos argumentos do clube na ação é a de que o portal estaria lucrando com a exposição, porém, é notório que um dos meios de sobrevivência da torcida é a venda de produtos com o logotipo alvinegro.

Talvez as recentes manifestações do Gaviões da Fiel, atacando os jogadores e a comissão técnica, mas poupando a diretoria, sejam indícios das razões de tamanha benevolência.

Até porque o contrato é claro: a autorização é por tempo ‘indeterminado’, ou seja, Andres Sanches pode revogá-la a qualquer tempo.

Não é a primeira vez que os Gaviões são beneficiados pelo mesmo dirigente.

Na primeira gestão Andres Sanches, uma renda inteira de uma partida do Corinthians contra o Guarani foi ‘doada’, supostamente, para o carnaval da torcida.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “A promiscuidade comprovada entre Corinthians e Gaviões da Fiel”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: