Advertisements

SAFESP utiliza-se da polícia para intimidar blogueiro que denuncia irregularidades de seu presidente

Aurélio Sant’Anna Martins

Dono do ‘Blog do Marçal’, que comenta bastidores da arbitragem, o blogueiro Marcelo Marçal, nas últimas semanas, tem denunciado comportamentos suspeitos da nova diretoria do SAFESP (Sindicato dos Árbitros), presidido pelo bacharel de direito, o ex-árbitro Aurélio Sant’Anna Martins.

Porém, a informação que gerou profundo incômodo nos ‘sindicalistas’ foi a revelação da manobra para a contratação de empresa ligada a Daniel Destro para prestar serviços, sem concorrência, ao órgão.

Vamos contextualizar.

Destro, que, dizem, não pode passar perto de Catanduva por conta de problemas constrangedores, supostamente apurados pela Vara de Infância e Juventude local, desde a campanha eleitoral, vem sendo apontado como uma espécie de Carlos Bolsonaro dos atuais gestores, acusado de produzir e distribuir ‘fake-news’, além doutros comportamentos ainda piores.

Ou seja, contratá-lo agora seria apenas formalizar um vínculo que já existia.

Talvez para facilitar o repasse de recursos, que, tudo indica, desfalcam os caixas do Sindicato.

A exposição desse fatos levou o presidente do SAFESP a utilizar-se da polícia para intimidar os que denunciam seus desatinos.

Marçal foi acusado, pelo bacharel Sant’Anna, em inquérito policial instaurado no 23º DP de Perdizes, de hackear os computadores do Sindicato, baixar documentos sigilosos (que davam conta da contratação de Destro) e publicá-los em seu blog.

O blogueiro já prestou depoimento, negando as acusações e, por razões óbvias, recusando-se a revelar a fonte de suas postagens.

Para embasar a denúncia, o SAFESP anexou aos autos resultado de suposta ‘Perícia Técnica Particular’ que apontaria, por critérios detalhados no relatório, que Marçal teria, de fato, invadido o sistema do Sindicato de maneira remota.

Ou seja, atuado como hacker.

Porém, ao verificar o nome do perito contratado, qualquer delegado mais atento deveria mandar prender, em flagrante, o responsável pelas acusações: a assinatura da análise é de Daniel Destro, que é parte, ainda que indiretamente, na ação judicial.

Chega a ser constrangedor.

Obviamente, se o caso avançar no judiciário, qualquer advogado, mesmo que no padrão do presidente do SAFESP, impugnará a aludida ‘Perícia Técnica’.

A arbitragem, de fato, nunca esteve tão mal representada.

Sant’Anna venceu um pleito eleitoral sob acusação de compra de votos; prometeu devassar as contas da gestão anterior e não cumpriu; meses após licenciou-se para disputar cargo a vereador em Jacareí/SP; indicou ao TJD-SP representante escolhido pela FPF, entre outros coisas.

Agora, para enriquecer ainda mais o currículo, apelou para a intimidação, típica de quem tem medo de ser flagrado com a boca na botija.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “SAFESP utiliza-se da polícia para intimidar blogueiro que denuncia irregularidades de seu presidente”

  1. O tempo demonstra que minha luta em prol de dignidade dos integrantes da arbitragem do futebol paulista e brasileiro, se iguala a enxugar gelo. Acorde associado SAFESP!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: