Advertisements

A covarde oposição Tricolor

Dividida entre os nomes de Sylvio de Barros, Roberto Natel e Marco Aurélio Cunha, a oposição do São Paulo, que precisará, em Assembleia, optar por um deles, ainda assim sem a certeza de que os derrotados aceitarão, de bom grado, o resultado, segue acovardada.

Cresce o número de pessoas que prometeram votos a Deus, o Diabo e ao Talvez  e que, por conta disso, trabalha pela adoção da votação secreta.

Querem, ao final, posar de fiéis apoiadores, claro, do vencedor.

É esse nível de gente que tentará superar o adversário Júlio Cesar Casares, candidato apoiado pelo desastroso Leco, presidente que colocou o São Paulo no fundo do poço financeiro e trancou a porta da sala de troféus às conquistas relevantes.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: