Advertisements

Conselho do Corinthians não pode cruzar os braços, novamente, diante da imoralidade

A Câmara aprovou, recentemente, um conjunto de alterações na Lei Pelé que, se referendadas por Senado e, posteriormente, pelo Presidente da República, servirá de salvação para os cartolas corruptos do futebol.

Destacamos, em caráter de urgência, a desobrigação de apresentar contas e levá-las à votação até, no mínimo, seis meses após o término declarado da pandemia (que pode durar anos) e, de maneira permanente, a impossibilidade de afastamento dos cartolas responsáveis por eventual balanço financeiro reprovado.

O intuíto era beneficar toda a cartolagem, mas o texto parece escrito para salvar, especificamente, o pescoço de Andres Sanches, presidente do Corinthians, da degola.

A presidência do Conselho Deliberativo alvinegro, assim como a do CORI, ambas aliadas da gestão, fizeram o possível para que, até o presente momento, as contas do clube não fossem levadas à julgamento.

Mas ainda há tempo para fazê-lo.

Apesar de aprovado na Câmara, o Projeto de Lei, conforme o próprio nome revela, é apenas um ‘projeto’ e não tem poder, ainda, de alterar o que está em vigência.

Urge, portanto, até porque observa-se em Brasília uma corrida para referendar a imoralidade, a marcação da reunião de análise das contas do Corinthians à tempo de, se for o caso – e tudo indica que seja – punir eventuais infratores.

O Conselho Deliberativo não pode cruzar os braços diante dessa necessidade.

Em se mantendo inerte, o órgão enviará diversos recados, entre os quais o de que o grupo do empresário Paulo Garcia, a quem o presidente do órgão costuma atender, necessita dessa ‘pizza’ para objetivos políticos alheios ao bem estar do Corinthians.

Advertisements

Facebook Comments

1 comentário em “Conselho do Corinthians não pode cruzar os braços, novamente, diante da imoralidade”

  1. PAULINHO VOCE ACHA QUE O CONSELHO VENAL VAI SE MEXER PRA FAZER ALGUMA COISA ?????? JAMAIS

    UMA COISA QUE TO PERCEBENDO NOS ULTIMOS DIAS É QUE UMA NOTICIA QUE A GENTE LE AQUI DIAS DEPOIS APARECE NA IMPRENSA UOL, GLOBO, ESPN,ETC. COLOCAM A NOTICIA COMO SE FOSSE DELES EXCLUSIVA NEM CITAM A FONTE. FALTA DE RESPEITO COM UM COLEGA DE TRABALHO

    Paulinho: José caro… vergonhoso pra eles… eu trabalho sozinho e chego sempre à frente… eles, com uma estrutura enorme, precisam plagiar…

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: