Advertisements

Dívidas da Arena do Palmeiras: bomba relógio sem data para explodir

A juíza Carolina de Figueiredo Dorlhiac Nogueira, da 38ª Vara Cível, determinou bloqueio de créditos que a WTorre tenha para receber do Palmeiras.

O objetivo é quitar calote de quase R$ 1,6 milhão com a empresa Power Brasil.

Não é a única dívida da construtora ligada à operação da Arena.

As principais são ainda originárias dos empréstimos tomados para levantar a construção, que, hoje, somados, são proporcionais à avaliação total do estádio palestrino.

Sem liquidez, a WTorre vai empurrando o problema com a barriga.

Resta saber, em caso de execução, o que disso sobrará para o Palmeiras resolver.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: