Advertisements

Patrocinador do Corinthians, que também está na camisa do Flamengo, é preso pela PF

Fernando Costa e Roberto Andrade

Falcatruas de Fernando Costa foram reveladas, em 2017, pelo Blog do Paulinho

A Polícia Federal, em meio à Operação ‘Vagatomia’, prendeu os donos da Universidade Brasil, patrocinadores de Corinthians e Flamengo.

Eles praticavam, há anos, fraudes diversas, dentre as quais desvio de recursos do FIES e venda de vagas acadêmicas (R$ 120 mil cada).

Em alguns casos, alunos eram enviados a Faculdades no Paraguai e Bolívia e, no retorno, conseguiam o ‘revalidada’, que permite a atuação no Brasil.

Parte do dinheiro do crime foi encontrado na residência do reitor e proprietário da instituição, José Fernando Pinto da Costa.

Os outros presos (20 no total) são seus parentes e funcionários que ajudavam nos esquemas.

Outros valores podem estar sendo ‘lavados’ não apenas nos patrocínios mencionados, mas também em compra de bens luxuosos em nomes de ‘laranjas’.

A polícia encontrou carros de luxo, aviões, etc.

O presidente do Corinthians, Andres Sanches, e seu então primeiro ministro, Luis Paulo Rosenberg, foram os responsáveis por trazer a então inexpressiva ‘Universidade Brasil’ para a vida do clube, contando com a ajuda, soubemos, do atual presidente do Conselho Fiscal, Osmar Basílio (que nega participação), dono da Faculdade DRUMMOND, que também mantém relações comerciais com o alvinegro.

À época (2017), o Blog do Paulinho revelou todas as falcatruas ligadas ao malfeitor José Fernando Pinto da Costa, com farta exposição documental, mas, ainda assim, o clube, presidido por Roberto Andrade, decidiu manter o negócio.

Talvez porque, soubemos, a comissão da assinatura do contrato, que teria sido dividida por Rosenberg e Andres Sanches, girou em torno de generosos 20%.

O acordo previa, também, que, na condição de deputado federal, o presidente alvinegro promovesse uma PEC objetivando a cobrança de mensalidades em universidades públicas, favorecedora, por razões óbvias, de quem possui instituições privadas.

Sanches chegou a propô-la, mas o PT obrigou-o a retirá-la de pauta.

No embalo do Timão, logo na sequência, o Flamengo, que também sabia dos problemas do patrocinador, apesar disso, fechou o patrocínio.

É pouco provável que não tenha existido, também, comissionamento no negócio.

Agora, além do evidente desgaste de imagem, os clubes terão dificuldades para receber os valores acordados, porque a PF bloqueou os bens pessoais e jurídicos de todos os envolvidos nas falcatruas.

Não é o primeiro parceiro problemático que o Corinthians insere em seu uniforme, e, se o calote vier – como parece, irá acontecer – juntar-se-á a outros de acordos diversos, com empresas que sequer possuíam endereço para receber intimações judiciais.

Será que Timão e Mengão, depois deste episódio, permanecerão com a marca de uma Organização Criminosa na camisa ?

O dinheiro, tudo indica, já está perdido, restando agora manter a dignidade da marca, tanto de alvinegros quanto de rubronegros.


Abaixo as matérias do Blog do Paulinho (com provas documentais) contando detalhes dos procedimentos, tratados como criminosos pela PF, dos donos da Universidade Brasil:

Patrocinador do Corinthians foi investigado em CPI da Assembléia Legislativa de São Paulo

Patrocinador do Corinthians foi investigado em CPI da Assembléia Legislativa de São Paulo

Rosenberg utilizou-se de preposto para trazer patrocinador enrolado na justiça ao Corinthians

Rosenberg utilizou-se de preposto para trazer patrocinador enrolado na justiça ao Corinthians

Rosenberg e Andres Sanches dividiriam 20% em caso de acerto com Universidade Brasil

Rosenberg e Andres Sanches dividiriam 20% em caso de acerto com Universidade Brasil

Corinthians insiste em “parceria” com dono de faculdades complicadas

Corinthians insiste em “parceria” com dono de faculdades complicadas

PT obriga Andres Sanches a retirar PEC que previa cobrança de mensalidades em Universidades Públicas

PT obriga Andres Sanches a retirar PEC que previa cobrança de mensalidades em Universidades Públicas

MPF e Polícia Federal investigarão parceria entre Corinthians e UNIESP (Universidade Brasil)

MPF e Polícia Federal investigarão parceria entre Corinthians e UNIESP (Universidade Brasil)

A ‘seriedade’ do Flamengo

A ‘seriedade’ do Flamengo

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: