Advertisements
Anúncios

Jorge Kajuru é o ‘peão’ do jogo de Dallagnol contra Gilmar Mendes

Mensagens reveladas pelo site ‘The Intercept’ mostram que o procurador Deltan Dallagnol comemorou, após as últimas eleições, a renovação de nomes no Senado.

Seguiram-se então, diversas conversas entre os membros do MPF sobre como utilizar os novos senadores no objetivo de derrubar o ministro Gilmar Mendes, do STF.

Desde a posse nos novos eleitos, dois nomes ocuparam os holofotes em embates ferrenhos contra membros do Supremo que, em tese, estariam complicando a vida da ‘Lava-Jato’, em decisões que podaram os notórios excessos da ‘Força-Tarefa’.

Raldolfe Rodrigues é quem articula, politicamente, as tentativas de instaurar uma CPI popularmente apelidada como ‘Lava-Toga’.

Jorge Kajuru presta-se à verborragia midiática, com seus desatinos habituais e ataques frontais, principalmente, a Gilmar Mendes.

Evidentemente não se trata de mera coincidência.

Kajuru tem defendido todos as barbaridades do Governo Bolsonaro e também atacado, de maneira covarde, o jornalista Glenn Edward Greenwald, desnudador oficial da República de Curitiba.

Em troca, conseguiu apoio publicitário para reabrir uma rádio em Goiânia.

Por tal ‘benefício’, até humilhação pública de Bolsonaro – registrada em vídeo – aceitou, logo após votar contra uma das proposições do Governo e, coagido, retroagir com o rabo no meio das pernas (confira no vídeo abaixo do texto).

Pouco ainda para quem sempre sobreviveu à custa de achaques e ameaças contra políticos, bandidos e cartolas do futebol.

O bicheiro Carlinhos Cachoeira que o diga.

Não à toa, o senador goiano tenta emplacar a enésima CPI do Futebol, pautada apenas para investigar Confederações e Federações, sem tocar, a princípio, no principal foco de corrupção: a relação entre dirigentes de clubes e empresários de jogadores.

Talvez porque destes, para impedir problemas, possam surgir as ‘soluções’ que Kajuru tanto gosta de receber.

Enquanto segue indefinida a criação da CPI, o ex-jornalista segue bajulando os chefes e seus subalternos, entre os quais o procurador Dallagnol, fazendo o serviço sujo da utilização da imunidade parlamentar para atacar desafetos do Governo e de sua promotoria miliciana.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

2 comentários em “Jorge Kajuru é o ‘peão’ do jogo de Dallagnol contra Gilmar Mendes”

  1. Kajuru é muito populista e pilantra……..aí abre mão do salario e fica sem partido e os abobados aplaudem como se isso fosse resolver algo no país…….

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: