Advertisements
Anúncios

Departamentos social e cultural do Corinthians em conflito

Cacilda e Andres Sanches

Por JOANA SILVEIRA

Enquanto o futebol do Corinthians se classifica, a sede social passa pela sua pior administração internamente.

Departamentos Cultural e Social medindo forças o tempo todo. De um lado o diretor Carlos Elias, que se diz advogado e braço direito do André Negão, do outro Cacilda, amiga do presidente e assessora do departamento Social.

O que provocou toda uma disputa entre os departamentos foi que o Social, mais capacitado para o trabalho, conseguiu trazer Diogo Nogueira e Tirulipa para eventos no Salão Nobre, enquanto isso o Cultural, que tem como gerente uma funcionária de nome Ana Shirlei, não consegue promover grandes eventos envolvendo o nome do clube.

Ana Shirlei

Ana Shirlei já tirou diversos funcionários do departamento pelo seu jeito autoritário de administrar o ambiente de trabalho e o pior de tudo: fofoqueira. A famosa “leva e traz”.

Os assessores não suportam mais o ambiente do departamento e até mesmo os ex-jogadores que participam de alguns eventos.

Recentemente ela manipulou a cabeça do diretor para derrubar a ex-gerente Gabriela Barbosa que veio por indicação do próprio Carlos Elias.

No último evento dentro do clube, jantar do “Churumellas”, Gabriela foi convidada de honra do associado e assessor do departamento, Joel.

O diretor Carlos Elias, sua esposa e a funcionária Ana Shirlei ficaram indignados com a presença da mesma no evento. Falaram que era um absurdo e que iriam conversar com o presidente para que isso não voltasse acontecer vetando a entrada da Gabriela dentro do Parque São Jorge.

Ana Shirlei está sempre acompanhada pelas alamedas do clube com a esposa de Carlos Elias, Anna Paula Elias Lago, que divulga para alguns funcionários, associados e até mesmo aos voluntários do Projeto Social que ela é, praticamente, a primeira dama do Corinthians.

O departamento de Responsabilidade Social, que também está com a direção de Carlos Elias, segue praticamente sem ação social. Veja você quando o departamento era liderado pelo diretor Donato quantas ações eram feitas e divulgadas.

Assim está o Corinthians internamente.

Um diretor que não pode ser tirado da atual diretoria por ser braço direito do André Negão em seus processos, com total apoio e carta branca para fazer tudo isso sob o comando da vice presidente Edna Murad e sua filha Karen Hadlik que se tornou advogada (carteira da OAB) graças a “ajuda” do advogado Carlos Elias.

Outro departamento comandado pelo Wellington, que trabalha incansavelmente e ocasiona retorno ao clube o ano todo.

Veja a foto abaixo, da Karen, filha da vice-presidente, tirando sua OAB graças ao apadrinhamento de Carlos Elias.

Acesse o Instagram da Karen Hadlik e veja suas milhões de fotos pelo clube se exibindo e sempre acompanhada do Carlos Elias, esposa, todos se utilizando do projeto social:

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

1 comentário em “Departamentos social e cultural do Corinthians em conflito”

  1. PRIMEIRAMENTE PARABENS PELO TEU ANIVERSARIO E QUE VOCE CONTINUE LUTANDO CONTRA TUDO E CONTRA TODOS SEMPRE. ESSA GENTE TEM ATIVIDADE, TRABALHA, CARTEIRA ASSINADA, PICA CARTÃO, TEM O QUE FAZER NA VIDA OU PASSAM O DIA INTEIRO NO CORINTHIANS ???? E QUE FEIO ESSA MOÇA, FICAR FAZENDO FOFOCA DE FOFOQUEIRO, ESSE TIPO DE INFORMAÇÃO NÃO INTERESSA A TORCIDA, QUE LA NO CLUBE TEM UM MONTE DE GENTE QUE NÃO VALE NADA E DESOCUPADA E VIVE SABE LA DEUS COMO A GENTE JA TA CANSADO DE SABER

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: