Advertisements

Nova camisa do Corinthians e chuva de papeis picados mostram que marketing alvinegro não mudou

Num espaço de poucas horas, dois acontecimentos, ambos avalizados pelo departamento de marketing do Corinthians, demonstraram, claramente, que, apesar da saída “oficial”, é Luis Paulo Rosenberg quem ainda dá as cartas no setor.

Vale lembrar, os funcionários remanescentes, Caio Campos e Alex Watanabe, além de sócios do cartola, ocupam os cargos, respectivamente, de CEO do estádio de Itaquera e Gerente Geral do Marketing.

A chuva de papeis picados na Arena de Itaquera, que acarretará nova despesa ao clube (multa da FPF), além da camisa a ser lançada pela Nike, remetendo ao uniforme dos Gaviões da Fiel, são ambas manobras de aproximação e cooptação política com a “organizada”.

Quem tem boa memória se recordará que na primeira passagem de Andres e Rosenberg no comando do Timão, uma arrecadação inteira de uma partida do clube contra o Guarani foi destinada aos cofres da facção.

Sempre que o futebol patina, se faz necessário esse tipo de ajuste.

O procedimento acaba por ser lesivo ao Corinthians, pelo fato dos cooptados atuarem como espécie de “exército” encobridor de imoralidades, intimidando manifestações contrárias ao “regime”, assim como discriminatórios às demais “organizadas” alvinegras.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: