Advertisements

Diretor de Marketing do São Paulo é demitido após “não andar sobre as águas”

Luiz Fioreze

Na última semana, o São Paulo demitiu seu enésimo diretor de marketing nas últimas temporadas: Luiz Fioreze, que permaneceu no cargo por apenas um ano.

Vale lembrar, antes dele passaram pelo Morumbi nomes relevantes, como Rui Branquinho, e questionáveis, como Adalberto Baptista.

Todos, porém, com a inglória missão de “caminhar sobre as águas”, ou seja, conseguir valores de patrocínios maiores ou iguais aos de Corinthians, Flamengo e Palmeiras.

Para a cartolagem tricolor, não importa se o dinheiro é bom se o montante for menor que o de seu rivais.

Eis o ponto.

Comercialmente, o Tricolor é inferior a Corinthians e Flamengo, dados estes comprovados pela média de frequência em estádios (descontado os jogos em que o Tricolor vende a R$10), pelos produto vendidos e também audiência de televisão.

Ao Palmeiras, o clube se iguala, apesar de, ultimamente, por conta do estádio alviverde, estar perdendo em presença de público nas partidas de futebol.

O marketing, através de trabalho árduo, tem por função vender, da melhor maneira possível, o produto entregue pelo parceiro comercial.

No caso do São Paulo, um clube grande que há tempos não vence campeonatos relevantes, possuidor de um estádio, mesmo com as novas reformas, bem aquém dos utilizados pelos adversários, refém de uma diretoria que, com raras exceções, comprovou ser tão incompetente quanto as anteriores.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: