Advertisements
Anúncios

Justiça nega liminar e votação do impeachment de José Carlos Peres não terá urnas em São Paulo

Odir Cunha e José Carlos Peres

O conselheiro do Santos, José Bruno Carbone, ingressou, ontem (25) com ação contra o clube e o presidente do Conselho, Marcelo Teixeira, reivindicando a adoção de urnas eletrônicas, também  na cidade de São Paulo, para votação do impeachment do presidente José Carlos Peres, a ser realizada no próximo sábado (29).

Elas seriam instaladas na sub-sede do Peixe, localizada à Avenida Pacaembu nº 1897.

A Justiça, porém, negou o pedido.

Confira abaixo a íntegra da sentença:

Processo 1013300-75.2018.8.26.0068 – Tutela Antecipada Antecedente – Provas – J.B.C. – S.F.C. – – M.P.T. – Vistos,

Jose Bruno Carbone ingressou com ação de Tutela Antecipada Antecedente em face de Santos Futebol Clube e Marcelo Pirilo Teixeira”

“Em síntese, alega o autor que, como sócio torcedor com direito a voto, fora convocado pelo Santos Futebol Clube para uma Assembleia Geral Extraordinária a realizar-se em 29/09/2018 na sede do clube, na Vila Belmiro, para votação dos pareceres da Comissão de Inquérito e Sindicância acerca do processo de impeachment contra o atual presidente do Comitê de Gestão do clube, sr. José Carlos Peres”

“Alega que, tendo requerido em conjunto com outros sócios a disponibilização de urnas na cidade de São Paulo nas mesmas condições que foram dadas na eleição realizada em 09/12/2017 (fls. 50/71), não obteve resposta (fl. 08, item 14). Requer que seja dado provimento ao pleito cautelar para que o Santos Futebol Clube seja compelido a disponibilizar urnas de votação para a Assembleia Geral de 29/09/2018, no município de São Paulo, em sua sub-sede na Av. Pacaembu 1897, São Paulo/SP, ou outro local desde que dentro do município de São Paulo.

É o breve relatório.

DECIDO

“Os documentos que instruíram a inicial não são suficientes para conferir a plausibilidade ao argumento da parte autora. Os fatos são controvertidos e somente podem ser melhor analisados sob o contraditório”

“Diante do exposto, INDEFIRO a tutela antecipada. Emende a parte autora a sua inicial, nos termos do artigo 303, § 6º, do NCPC, em 5 (cinco) dias, sob pena de extinção do processo sem resolução do mérito”

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: