Advertisements
Anúncios

A tímida reforma do Morumbi

Há algum tempo tentando viabilizar reformas estruturais no Morumbi, o São Paulo deverá entregar a seu torcedor muito menos do que havia prometido nos último anos.

Cobertura da arquibancada (proposta por Juvenal Juvêncio) ou aproximação das cadeiras inferiores do gramado (Juvenal e Aidar) são irrealizáveis

Para mudar radicalmente, a única alternativa do Morumbi, engessado em construções arcaicas, seria extremamente custosa: derrubar o estádio e reconstruí-lo novamente.

Por falta de dinheiro, o clube e limitará a:

  • reformar vestiários e túneis de acesso ao gramado (fala-se em seguir o padrão FIFA de possibilitar a entrada das equipes pelo mesmo local);
  • troca de lâmpadas dos refletores por LED;
  • instalação de dois telões

Nada disso, excetuando-se, talvez, os telões, será responsável por melhorar a experiência do frequentador do estádio, que assiste aos torcedores adversários, confortavelmente, instalados em modernas Arenas.

Talvez, a única obra que, verdadeiramente, proporcionará alguma qualidade de vida aos tricolores passe longe da administração do clube: a inauguração, há anos atrasada, de estação de Metrô, evitando que muitos deles sejam achacados por flanelinhas na porta do estádio ou, entre os usuários de transporte público, o desconforto de ter que sair antes do término da partida, para não perder a condução.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: