Advertisements

Os números dos negócios envolvendo Corinthians e Fluminense

Paulo Angioni e Osmar Loss

Na última semana, o Corinthians formalizou dois negócios com o Fluminense: emprestou o atacante Junior Dutra, sem custos, ao clube carioca, mas contratou, em definitivo, o volante Douglas.

As transações efetivaram-se por conta da grande entrada do dirigente Paulo Angioni (ex-MSI e Parmalat) nos dois clubes.

No Flu, o cartola é o gestor de futebol profissional; no Timão, mantém seu sócio, Eduardo Barroca, como treinador Sub-20, além de proximidade com o treinador, Osmar Loss, o preferido de Andres Sanches.

Os números das transações não foram, à princípio, divulgados (no caso de Douglas), e, quando o foram (Junior Dutra), faltaram alguns detalhes importantes.

O acerto com Douglas se deu pelo valor total de R$ 7,3 milhões por 100% dos direitos; destes R$ 4,6 milhões entraram nos cofres do Fluminense, com o restante fatiado entre investidores.

Porém, apesar de ter adquirido a totalidade do atleta, o Corinthians não sabe ainda com que percentual permanecerá, já que o dinheiro para a aquisição foi, novamente, emprestado por agentes de jogadores.

Por falar em empréstimo, dirigentes alvinegros cederam Junior Dutra para o Flu sem cobrar pelo negócio, e, pior, pagando metade dos salários do jogador: R$ 100 mil de R$ 200 mil mensais.

O Corinthians deve ainda cerca de R$ 400 mil ao atleta, fruto de acerto de luvas quando de sua chegada ao Parque São Jorge.

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: