Advertisements
Anúncios

“Renovação e Transparência” recebeu R$ 1 bilhão em transações de jogadores do Corinthians. Cadê o dinheiro ?

O Blog do Paulinho pesquisou todos os negócios realizados no departamento de futebol do Corinthians pela gestão “Renovação e Transparência”, chefiada pelo deputado federal Andres Sanches (PT), desde 2007, ano em que assumiram o poder.

Somente em compra e venda de atletas, foram 113 transações.

Se contados os empréstimos, permutas e comodatos (com nomes absolutamente irreconhecíveis pela torcida do Timão), a conta aproxima-se dos 400.

O Corinthians arrecadou R$ 1,03 bilhão em todos estes anos de vendas de jogadores, suficientes para pagar, à vista, dois estádios de Itaquera sem sobrepreço.

Precisamente, R$ 1.030.893.820,00 (dólares, libras e euros já convertidos para a cotação atual).

O clube gastou bem menos para repor jogadores: R$ 476.753.930,00, sendo que, somente na temporada 2012/2013, quase metade disso saiu dos caixas alvinegros (R$ 175,8 milhões), R$ 67,9 milhões apenas por Alexandre Pato.

Levando-se em consideração que o Corinthians, até há pouco, possuía as maiores arrecadações em vendas de ingressos, patrocínio master, direitos de tv, etc, suficientes para bancar toda a operação do futebol (salários, deslocamentos, premiações), e que a sobra entre o que entrou nas vendas (R$ 1,03 bilhão) e o que foi gasto na reposição de atletas (R$ 476,7 milhões), é de R$ 554,1 milhões (um estádio), fica a dúvida: cadê o dinheiro ?

Não há o que se falar na utilização dos recursos na Arena de Itaquera, porque o Corinthians não vem arcando com suas responsabilidades, razão pela qual o Fundo gestor do estádio lançou em seu balanço, protocolado na CVM, débitos sequências do Timão.

Muito menos nas obras do CT da Ayrton Senna (desculpa habitual).

Segundo balanço do Corinthians de 2011, o valor da obra não ultrapassou R$ 55 milhões, sendo que, no Parque São Jorge, todos sabem que o material de construção foi fruto de desvio irregular de negócios da DERSA, admitidos, internamente, por dirigentes, que tratavam a imoralidade como “corrupção do bem”.

Raul Corrêa da Silva, então diretor financeiro alvinegro, confirmou a conta em entrevista ao Estadão:

https://esportes.estadao.com.br/noticias/futebol,ct-faz-divida-do-corinthians-dobrar,812377

Confira, na sequência, todos os negócios realizados pelo Corinthians desde 2007 (a contratação do jogador Willian, na transição da gestão Dualib – já com os vices no comando, com o dinheiro entrando na administração Andres Sanches, é computada).

Vale a pena, em exercício de imaginação, lembrar que o clube sempre foi muito generoso nos comissionamentos a agentes de atletas, pagando, por vezes, entre 20 e 30% pela intermediação, sendo que destes, segundo informações de mercado, o atual presidente, Andres Sanches, não se contentaria com menos de 10%.

Um dos intermediários, Dimitris Tzalas – o grego, revelou ao Blog do Paulinho que, por conta destes hábitos, o parlamentar é tratado no meio pela alcunha “Taxinha”.

Em comprovados os repasses, numa conta rápida, Sanches pode ter abocanhado: R$ 100 milhões (das vendas) e R$ 47,6 milhões (nas compras).

Em tempo: os valores correspondem à transação bruta, registrada, oficialmente, nas Confederações, que podem divergir, eventualmente, dos apresentados, extra-oficialmente, pela mídia, não incluindo, também os “fatiamentos” de direitos, responsabilidade dos clubes após receberem a quantia integral em seus cofres.


JOGADORES VENDIDOS

2007/2008

Willian para o Shakhtar Donetsk: (R$ 63,46 milhões)

Everton Santos para o PSG: (R$ 9 milhões)

Zelão para o Saturn: (R$ 8,15 milhões)

Eduardo Ratinho para o Toulouse (empréstimo): (R$ 452,9 mil)

Heverton para o Vitória/BA (empréstimo): (R$ 45,2 mil)

Wilson para o Gênoa: (R$ 22 milhões)

Total: R$ 103.108.100,00

2008/2009

Marcelo Mattos para o Panathinaikos: (R$ 17,21 milhões)

Carlão para o Sochaux: (R$ 3,62 milhões)

Coelho para o Bologna (empréstimo): (R$ 905 mil)

Everton Ribeiro para o São Caetano (empréstimo): (R$ 90,59 mil)

Heverton para a Portuguesa (empréstimo): (R$ 20,13 mil)

Total: R$ 21.845.720,00

2009/2010

Cristian para o Fenerbahce: (R$ 31,71 milhões)

André Santos para o Fenerbahce: (R$ 22,65 milhões)

Douglas para o Al-Wasl: (R$ 18,57 milhões)

Total: R$ 72.930.000,00

2010/2011

Jucilei para o Anzhi: (R$ 45,29 milhões)

Elias para o Atlético de Madrid: (R$ 31,71 milhões)

Everton Ribeiro para o Coritiba: (R$ 3 milhões)

Total: R$ 80 milhões

2011/2012

Dentinho para o Shakhtar Donetsk: (R$ 33,97 milhões)

Bruno Cesar para o Benfica: (R$ 24,91 milhões)

Edno para o Tigres: (R$ 9 milhões)

Total: R$ 67.880.000,00

2012/2013

Alex para o Al Gharafa: (R$ 27,18 milhões)

Marquinhos para a Roma: (25,82 milhões)

Leandro Castan para a Roma: (R$ 22,65 milhões)

Martinez para o Boca Juniors: (R$ 11,12 milhões)

Jorge Henrique para o Internacional: (R$ 1,63 milhão)

Total: R$ 88,4 milhões

2013/2014

Paulinho para o Tottenham: (R$ 89,33 milhões)

Total: R$ 89.330.000,00

2014/2015

Romarinho para o El-Jaish: (R$ 33,97 milhões)

Lodeiro para o Boca Juniors: (R$ 22,29 milhões)

Guilherme para a Udinese: (R$ 20,38 milhões)

Edenilson para a Udinese: (R$ 15,85 milhões)

Cleber para o Hamburger: (R$ 13,59 milhões)

Ramon para o Besiktas: (R$ 4,98 milhões)

Total: R$ 111.060.000,00

2015/2016

Gil pra o Luneng: (R$ 38,5 milhões)

Renato Augusto para o Guoan: (R$ 36,23 milhões)

Malcom para o Bordeaux: (R$ 22,65 milhões)

Jadson para o Quanjian: (R$ 22,65 milhões)

Ralf para o Guoan: (R$ 9 milhões)

Petros para o Betis: (R$ 7,7 milhões)

Vagner Love para o Monaco: (R$ 6,79 milhões)

Matheus Cassini para o Palermo: (R$ 5,44 milhões)

Total: R$ 148.960.000,00

2016/2017

Felipe para o Porto: (R$ 28,08 milhões)

Bruno Henrique para o Palermo: (R$ 14,95 milhões)

Alexandre Pato para o Villarreal: (R$ 13,59 milhões)

Elias para o Sporting: (R$ 11,32 milhões)

Matheus Pereira para o Empoli: (R$ 9 milhões)

Uendel para o Internacional: (R$ 4,75 milhões)

André “Cachaça” para o Sporting: (R$ 4,52 milhões)

Total: R$ 86.210.000,00

2017/2018

Guilherme Arana para o Sevilla: (R$ 49,82 milhões)

Jô para o Nagoya Grampus: (R$ 49,82 milhões)

Léo Jabá para o Akhmat Grozny: (R$ 9 milhões)

Mendoza para o Amiens: (R$ 4,52 milhões)

Total: R$ 113.160.000,00

2018/2019 (ainda em aberto)

Maycon para o Shahktar Donetsk: (R$ 29,89 milhões)

Balbuena para o West Ham: (18,12 milhões)

Total (até 18/07/2018): R$ 48.010.000,00


Alexandre Pato, Andres Sanches e Kia Joorabchian em jantar de negócios, em São Paulo

JOGADORES COMPRADOS

2007/2008

Acosta, empréstimo do Cerrito: (R$ 4,52 milhões)

Elias, da Ponte Preta: (R$ 2,15 milhões)

André Santos, do Figueirense: (R$ 1,81 milhão)

Heverton, da Ponte Preta: (R$ 452,9 mil)

Total: R$ 8.932.900,00

2008/2009

Douglas, do São Caetano: (R$ 11,32 milhões)

Souza, do Panathinaikos: (R$ 9,96 milhões)

Escudero, do Argentinos Juniors: (R$ 4,39 milhões)

Jucillei, do J. Malucelli: (R$ 3,73 milhões)

Jean, do Saturn: (R$ 951,16 mil)

Total: R$ 30.351.160,00

2009/2010

Defederico, do Huracan: (R$ 14,49 milhões)

Morais, do Vasco da Gama: (R$ 7,7 milhões)

Edno, da Portuguesa: (R$ 6,14 milhões)

Bruno Cesar, do Santo André: (R$ 4,52 milhões)

Bill, do Bragantino: (R$ 1,35 milhão)

Marcelo Mattos, empréstimo do Panathinaikos: (R$ 1,35 milhão)

Mariano Torres, do Boca Juniors (time B): (R$ 905,8 mil)

Total: R$ 36.455.800,00

2010/2011

Alex, do Spartak Moscow: (R$ 27,18 milhões)

Renan, do Avaí: (R$ 10,87 milhões)

Liedson, do Sporting: (R$ 8,15 milhões)

Wallace, do Vitória: (R$ 7,7 milhões)

Ramirez, do Universitário: (R$ 3 milhões)

Weldinho, do Paulista: (R$ 1,8 milhão)

Bobadilla, do Independiente de Medellin: (R$ 1,06 milhão)

Edenilson, do Caxias: (996 mil)

Total: R$ 60.756.000,00

2011/2012

Douglas, do Grêmio: (R$ 6 milhões)

Romarinho, do Bragantino: (R$ 2,74 milhões)

Total: R$ 8.740.000,00

2012/2013

Alexandre Pato, do Milan: (R$ 67,94 milhões)

Renato Augusto, do Bayern Leverkusen: (R$ 30,35 milhões)

Paulinho, do Coimbra (BMG): (R$ 20,38 milhões)

Guerrero, do Hamburger: (R$ 15,85 milhões)

Gil, do Valenciennes: (R$ 15,85 milhões)

Guilherme, da Portuguesa: (R$ 12,93 milhões)

Martinez, do Velez Sarsfield: (R$ 10,87 milhões)

Guilherme Andrade, da Ponte Preta: (R$ 1,7 milhão)

Total: R$ 175.870.000,00

2013/2014

Romero, do Cerro Porteño: (R$ 9,96 milhões)

Rodriguinho, do Coimbra (BMG): (R$ 6 milhões)

Lodeiro, do Botafogo: (R$ 5,23 milhões)

Petros, da Penapolense: (R$ 4,47 milhões)

Cleber, da Ponte Preta: (R$ 2,49 milhões)

Bruno Henrique, do Londrina: (R$ 2,08 milhões)

Total: R$ 30.230.000,00

2014/2015

Elias, do Sporting: (R$ 18,120 milhões)

Marciel, sem clube: (R$ 1,54 milhão)

Total: R$ 19.660.000,00

2015/2016

Giovanni Augusto, do Atlético/MG: (R$ 15,6 milhões)

Felipe, do Coimbra/MG (BMG): (R$ 14,75 milhões)

Marquinhos Gabriel, do Al Nasr: (R$ 11,98 milhões)

Balbuena, do Libertad: (R$ 6,44 milhões)

Guilherme, do Antalyaspor: (R$ 5,89 milhões)

Lucca, do Criciúma: (R$ 5,03 milhões)

Marlone, da Penapolense: (R$ 4,14 milhões)

Alan Mineiro, da Ferroviária: (R$ 1,071 milhão)

Total: r$ 64.901.000,00

2016/2017

Gabriel, do Monte Azul: (R$ 9 milhões)

Clayson, da Ponte Preta: (R$ 4,3 milhões)

Gustagol, do Criciúma: (R$ 3,75 milhões)

Luidy, do CRB: (R$ 1,49 milhão)

Kazim, do Coritiba: (1,33 milhão)

Jean, do Paraná: (R$ 1,13 milhão)

Vilson, do SEV/Hortolândia: (R$ 634 mil)

Total: R$ 21.634.000,00

2017/2018

Mateus Vital, do Vasco da Gama: (R$ 9,31 milhões)

Juninho Capixaba, do Bahia: (R$ 6,79 milhões)

Marllon, do Cianorte: (R$ 1,132 milhão)

Paulo Roberto, do Audax: (R$ 588,8 mil)

Warian Ameixa, do Coimbra (BMG): (R$ 498,2 mil)

Total: R$ 18.319.000,00

2018/2019 (ainda em aberto)

Jonathas, do Hanoover: (R$ 905 mil)

Total Parcial (até 18/07/2018): R$ 905 mil

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
Powered by
%d blogueiros gostam disto: