Advertisements
Anúncios

Juninho Pernambucano falou a verdade sobre o trabalho de boa parte dos “setoristas”

O ex-jogador Juninho Pernambucano, agora comentarista do SPORTV, está sendo achincalhado pelo corporativismo da imprensa esportiva, com direito a nota de repúdio da ACERJ, por ter falado a verdade sobre boa parte dos setoristas que cobrem clubes no futebol brasileiro:

“Aí o cara (dá a notícia) irresponsavelmente porque tem relação com o dirigente, setorista, vai e põe uma pilha dessa”

“ Os setoristas são muito piores hoje em dia. Eu sei que ganham mal, mas cada um tem o caráter que tem”

Evidentemente existem exceções à regra, tão bons que são facilmente reconhecidos pelos consumidores de notícias, mas muitos, infelizmente o maior percentual, se encaixa no padrão descrito por Juninho.

Alguns trabalham mal por medo de perder o emprego, porque as grandes empresas, aos serem confrontadas por dirigentes pedindo a cabeça do profissional, quase sempre atendem estas solicitações – daí justifica-se a “Nota Oficial” da Sportv, uma das adeptas do comportamento de cabresto na cobertura das agremiações.

Outros, de fato, são “espertalhões”, aproveitando-se da exposição do microfone para achacar dirigentes, jogadores, empresários e quem mais quiser complementar o salário baixo que recebem.

Houve um caso, entre tantos, que o Blog do Paulinho pode contar, de jornalista que nunca foi de bom nível, mas trabalhava na rádio mais famosa, e, por conta dela, acabava sendo reconhecido.

O sujeito, numa entrevista coletiva, abordou este jornalista e falou:

“Porra… você detona os caras… assim não vai sobreviver muito na imprensa”

Respondi:

“Você sabe que o que noticio é verdade, até porque fica o dia inteiro dentro do clube, porque fica calado ?

A pessoa desconversou.

Anos depois, o mesmo repórter largou a rádio e aceitou trabalhar, ganhando três ou quatro vezes mais, para os dirigentes que, sabia, eram corruptos, como chefe da Assessoria de Imprensa dum enorme clube de futebol.

Parou, então, de omitir-se para mentir por essa gente.

Juninho, diversas vezes criticado no Blog do Paulinho por posicionamentos destoantes de nosso pensamento, falou o que todos, inclusive a imprensa que “se revoltou”, sabem ser a mais pura expressão da verdade.

Os conglomerados de mídia deveriam rever seus procedimentos, deixando de oprimir (ao aceitar pressão dos clubes) profissionais da imprensa que querem trabalhar corretamente; assim como a ACERJ ou outros órgãos semelhantes, em vez de defender o que está errado, precisam diagnosticar as frutas podres e exigir destas agremiações proteção a seus sindicalizados.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: