Advertisements
Anúncios

Comissões pagas pelo Corinthians a agentes de jogadores bancariam clube social e esportes amadores

A última reunião do Conselho Deliberativo do Corinthians trouxe à tona relevantes gastos com o departamento de futebol.

No total: R$ 277.973.000,00 (grande parte, claro, despesas salariais).

Destes, dois itens que, somados, correspondem a 23% de toda a conta, ou seja, R$ 63,2 milhões, chamaram a atenção:

“Custo para aquisição e venda de atletas”, que, em verdade, trata-se de pagamento de comissão a intermediários de jogadores: R$ 46.710.000,00; somados ao obscuro “serviços de terceiros” – sem especificar a quem ou o que: mais 16.812.000,00.

Para entender o tamanho do absurdo, e do estrago, estes valores poderiam, também segundo o balanço alvinegro, bancar, integralmente, um ano de custos do clube social, somados ao mesmo período das despesas com esportes amadores, exatamente R$ 50.714.000,00.

Sobrariam, ainda, R$ 12.508.000,00, suficientes para não ter que pedir os R$ 10 milhões, supostamente “emprestados”, pelos agentes Carlos Leite e Giuliano Bertolucci, no ano anterior.

Os conselheiros do Corinthians sequer puderam esclarecer, devidamente, estas despesas, porque o ex-presidente Roberto Andrade deu-lhes uma “banana” e não compareceu à reunião que tinha por finalidade julgar todas as contas de seu período de gestão.

Ainda assim, no cabresto, a maior parte dos presentes aprovou os números, com raras e combativas exceções, dando aval à imoralidade, abrindo as portas para desatinos futuros.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: