Anúncios

Hoje paparicado, Pedrinho foi chantageado para jogar no Corinthians

O Corinthians entrará em campo, logo mais à noite, no estádio de Itaquera, precisando vencer o Bragantino pela diferença de dois gols, para conseguir classificação direta às semifinais do Campeonato Paulista.

Não fosse pelo garoto Pedrinho (19), que assinalou o segundo gol alvinegro na derrota por três a dois no primeiro embate entre as equipes, e a situação estaria bem complicada.

Alçado, há algum tempo, à condição de xodó da torcida, a vida do jogador foi conturbada no Parque São Jorge.

Além de advogar para o Corinthians sob comando do Dr. Sergio Alvarenga e “passar o pano” para negociações nebulosas do deputado federal Andres Sanches (PT), o Dr. Luis Felipe Santoro (agora no grupo de Felipe Ezabella), nas horas vagas, trabalhou, também, como “caça-talentos”.

Em 2014, Andres Sanches recebeu telefonema de gente que desviava jogadores da base do São Paulo informando-o que havia um atleta de nome “Pedrinho” que havia sido dispensado, mas era bom jogador.

Com endereço e demais contatos do garoto em mãos, o então ex-presidente do Corinthians enviou Santoro para conversar com a família, acertando trazê-lo ao Timão em troca de 30% dos direitos econômicos.

O advogado, que não sabe chutar uma bola, levou a fama (e mais algumas vantagens) de “descobridor” da joia.

É nesse sistema, de reprovar jogadores que deveriam ter sido aprovados e enviá-los a terceiros para transações obscuras que muita coisa acontece nas categorias de base de clubes brasileiros.

Pedrinho, porém, quando chegou ao São Paulo, oriundo do Vitória/BA, tinha empresário, Will Dantas, que cuidava de sua carreira desde que tinha 11 anos de idade.

À princípio, esta relação foi mantida, mas, em janeiro de 2017, na bica de disputar a Copa São Paulo de Juniores, Pedrinho recebeu ultimato, quase uma “chantagem”, dizendo que se não assinasse com o agente Fernando Garcia, nunca jogaria na equipe principal do Corinthians.

Will Dantas, percebendo que seria “chutado” do negócio, declarou ao UOL:

“Eles (Elenko Sports) estavam assediando o jogador dentro do Corinthians. Eles estavam assediando, estão achando que são donos do mundo, disseram ao menino que ele só jogaria no profissional se assinasse com eles, disseram que ele estava ganhando muito pouco, estão tentando fazer a cabeça dele. O menino me respeita, sabe da minha correria desde os 11 anos dele”

“Eles ofereceram passagem de avião e hotel para o pai dele ver as finais da Copa São Paulo, ofereceram apartamento, ofereceram um monte de coisa. Tanto a família do menino quanto ele, são pessoas humildes, mas é gente que vai no fio do bigode. O pai dele é homem pra caramba. Ele diz a quem liga, ‘procura o Will’, mas não me procuraram”

Após o vazamento do assédio, Pedrinho foi “orientado” a assinar com outro agente, Giuliano Bertolucci, que o MPF sempre tratou como preposto do iraniano Kia Joorabchian, este, assim como Fernando Garcia, ligado, comercialmente, ao deputado federal Andres Sanches (PT).

Dantas, provavelmente recompensado, não mais falou sobre o assunto.

Fica a dúvida, quase uma certeza: Pedrinho teria entrado em campo contra o Bragantino, na última semana, beneficiando o Corinthians num golaço que ressaltou ainda mais sua qualidade, se não tivesse aceitado trocar de empresário ?

Quantos mais, talvez com a mesma habilidade, não estiveram em situação semelhante e, por desacordo, sumiram do Corinthians ?

Anúncios

Uma resposta to “Hoje paparicado, Pedrinho foi chantageado para jogar no Corinthians”

  1. Andre Says:

    E depois é o SPFC que rouba jogadores né…

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: