Advertisements

Citadini sobre assumir a presidência do Corinthians: “Será feito aquilo que a Lei determinar…eu não sou de ficar à margem da Lei”

Transcrição

“(…) eu ganhei uma liminar pra ser candidato… é uma questão básica, poder ser candidato”

“(…) a segunda coisa, se eu ganhar e eu espero ganhar, é como exercer a presidência do Corinthians: se eu vou me licenciar do Tribunal… vou me afastar do Tribunal… vou me aposentar do Tribunal… qualquer destas alternativas”

“A alternativa que precisar ser tomada, vai ser tomada, em prestígio do Corinthians e do Tribunal (TJ-SP) que eu também não quero prejudicar nenhum…”

“A questão que interessa ao Corinthians e a mim, especificamente, é que eu sou candidato, estou trabalhando e espero superar todos esses problemas da campanha… e depois, no final, decidir o melhor caminho… ou aposentando, que eu posso me aposentar, ou entrando com licença ou afastamento, enfim, eu não sei exatamente qual será… mas será feito aquilo que a Lei determinar… eu não sou de ficar à margem da Lei”

Advertisements

Facebook Comments

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: