Advertisements
Anúncios

Ao implorar ajuda da Conmebol, Palmeiras escreve novo capítulo “vergonha alheia” da Copa Rio 1951

Os dirigentes do Palmeiras, em desconformidade com a grandeza do clube, parecem não ter limites no objetivo de ridicularizar a instituição perante Confederações, Federações e torcedores adversários.

Durante a semana, o enésimo dossiê “Copa Rio de 1951” foi enviado à Conmebol, com direito a pedido de ajuda para interceder junto à FIFA pelo reconhecimento do torneio amistoso como se fosse Mundial de Clubes.

O resultado, óbvio, foi alcançado: a entidade sul-americana ignorou o pleito e torcedores rivais divertiram-se com a mendicância.

Triste retrato de um clube histórico, gigante, gerido por gente mais preocupada em ficar de bem com a parte menos inteligente da torcida, em vez de tentar, dentro de campo, venceu um Mundial de verdade.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: