Advertisements
Anúncios

Vinicius deu “Pinotti” no São Paulo. Apesar da tentação, Raí não pode cair nessa arapuca

Vinicius Pinotti

Após bancar não apenas a campanha de Leco à presidência do São Paulo, como também contratação de jogador e até mensalinhos a conselheiros, o dono da Natura, Vinicius Pinotti, devolveu ao mandatário Tricolor a diretoria de futebol, cargo que havia arrendado a custo milionário.

O amor chegou ao fim, como costuma ocorrer em quase todos os romances, por conta de gesto de traição.

Pinotti descobriu que Leco, relembrando velhos hábitos dos tempos de diretoria de futebol, estava “se acertando” com o agente de jogadores Marcelo Djian, que agora infelicita o Cruzeiro ao lado dos malfeitores Itair Machado e Ângelo Pimentel, depois de mais de uma década servindo de preposto para negócios de Andres Sanches no Corinthians.

É improvável que o agente, apenas com o presidente são-paulino, deixaria o hábito de dividir comissões para trás.

Para o lugar de Pinotti, Leco estaria articulando o nome de Raí, manobra inteligente que colocaria uma pessoa acima de qualquer suspeita para dar aval, sem saber (como estava acontecendo com o vendedor de perfumes), às sacanagens notórias da gestão Tricolor.

Apesar da tentação de servir ao clube pelo qual seu coração bate mais forte, o ídolo Tricolor não pode se deixar capturar numa arapuca em que somente sua imagem pode sair prejudicada, já que os outros pouco se constrangem em serem flagrados na imoralidade.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

1 comentário sobre “Vinicius deu “Pinotti” no São Paulo. Apesar da tentação, Raí não pode cair nessa arapuca

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: