Advertisements

Mauro Cezar Pereira fala a verdade sobre Jair Bolsonaro

O [Jair] Bolsonaro vai em estádio de futebol e tem filho da puta que tira selfie com ele, porra. Um cara que defende torturador. Pô, isso é uma ignorância. É coisa de quem não conhece a história recente do nosso país. Mas aí se é um gay que se senta ao lado, o torcedor se incomoda. É um misto de preconceito e omissão dos clubes.”

(MAURO CEZAR PEREIRA, em entrevista ao site “Contra-Ataque”)

Advertisements

Facebook Comments

18 Responses to “Mauro Cezar Pereira fala a verdade sobre Jair Bolsonaro”

  1. Divanio (@DCLS45) Says:

    Acho interessante estas pessoas que defendem : Aécio, FHC, Lula e Dilma Rousseff! Chama o Bolsonaro de corruPTo, Mauro Cezar!!!Chama.

  2. José Oliveira Says:

    A quem esses “jornalista” se refere como torturador, os generais do Regime Democrático Militar?
    Um regime de 300 mortes em 20 anos? Isso o PT deve ter matado só para esconder o assassinato do Celso Daniel e financiar as invasões do MST.
    Só no Rio esse ano, foram assassinados 110 policiais militares, e torturadores do passado não deixariam que bandidos como esses fazerem o que fazem.
    Torturavam quem, bandidos? Comunistas? Uma pena que não atingiu 100%, pois vemos os que passaram pela peneira fizeram do país, destruindo economia e valores moraes.
    Na política, os tal torturadores não atingiram os que hoje são caçados pela justiça, uma pena, seria uma economia de bilhões nos cofres públicos do país.
    Eu só lamento que o Golbery não fosse eterno, precisamos de muitos desses para consertar esse país e tirá-lo das mãos desses anarquistas, criminosos que se dizem baluartes da verdade e da moralidade, mas como lemos aqui mesmo nesse site, esses mesmos jornalistas se vendem a qualquer reportagem.

    BOLSONARO NELES, PARA JAIR SE ACOSTUMANDO.

  3. Alex Sandro Says:

    Ouve tanta tortura que ainda vemos as marcas nos bandidos que estão no poder. Essas pessoas sofreram tanto que ainda tem muita saúde para roubar o Brasil. Esses jornalistas deveriam se preocupar com o que está acontecendo agora(corrupção, drogas, violência, atentado contra a criança e ao adolescente…), porque não se pronunciam? São coniventes? O Juca sabemos que é, agora os outros querem pegar carona e ficar de bem com uma parcela da esquerda que hj representa pouco mais de 20%? Por favor né, já deu destas palhaçadas pois estamos cansados de tanta porcaria que há nesse país, vide Caetano Veloso.

  4. sandroso2015 Says:

    Só é torturado quem é bandido, aquela fase a que ele se refere não existe e nem volta mais, bandido tem que ser torturado sim para entregar os demais, e a história recente do país é essa que estamos vendo agora, nem podemos sair de casa que podemos morrer e se até ficarmos em casa podemos passar por isso também onde ladrões ficam impunes….esse cara fala demais…quer fazer média.

  5. Dinossaurio (@DinossAurio) Says:

    #MitoLógico .. esquerdinha MCP.

  6. Leandro Lima Says:

    Posso tirar foto com quem eu quiser ou tenho que pedir autorização pro MCP? Se o próprio caga regras do MCP senta do meu lado com camisa do Flamengo, se dizendo torcedor do racing, realmente eu me sentiria bastante incomodado.

  7. BETO LAUDARI (@HUMLAUD) Says:

    o lula promete controlar os meios de comunicação e o Bolsonaro é o fascista. A esquerda so não é mais idiota por que o cerebro é do tamanho de uma uva passa

  8. Sócrates de Oliveira Says:

    caros visitantes, acima, podemos apreciar vários exemplares do quadrúpede conhecido como fascistóide. eles passam o dia destilando bile e negando a história. mas não se aproximem, pois apesar deles ladrarem bastante, podem até morder e passar hidrofobia.

  9. rondinele1977 Says:

    Basicamente, o Bolsonaro tem citado o Coronel Ustra que, para a esquerda, era apenas um maluco torturador e para outros é um herói contra o comunismo. Sem entrar em juízo de valor, não há qualquer condenação judicial contra o Coronel. O que há são processo com esse objetivo. Mas, enquanto não houver uma condenação, obviamente, não há que se falar em torturador. Por outro lado, não vejo esse mesmo Mauro Cezar criticar os seus coleguinhas comunistas (ex: Juca Kfouri) que defende com unhas e dentes o ex-comandante Fidel, esse sim, um ditador sanguinário que transformou Cuba em uma ilha presidio. Também não vejo este Sr. a criticar bandeiras de torcidas (ex: Flamengo) que estampam o rosto do Che Guevara, um lunático, preconceituoso (não gostava de gays, negros), assassino (matava por prazer) e um puta de um incompetente. Então, vai devagar aê Paulinho com as suas referência “políticas”…rsrsrs

  10. Divanio (@DCLS45) Says:

    Sócrates , vai tomar a tua cicuta. Tu não pensas, logo não existes!

  11. Wilson Videira (@wilvideira) Says:

    Mas tirar fotos com pessoal da esqueda que defende Che Guevara ( que pela régua deles foi santo) pode né………como disseram acima. O Mauro as vezes quer ser raiz demais e cagar regra pros outros….

  12. Renato (@galenoeu) Says:

    Faço minhas as palavras do Roger Scar abaixo:

    Toda vez que se faz alguma postagem colocando Doria, Bolsonaro ou Caiado como candidatos “da direita” surge meia dúzia de idiotas dizendo que os tucanos não são de direita, que o Caiado também não é de direita, que só o Bolsonaro é a “verdadeira direita”.

    Cresçam, moleques estúpidos. Bolsonaro é tão “de direita” quanto os demais. É um político fisiológico que ora fala uma coisa, ora fala outra. É alguém que já fez mais esquerdices do que os outros dois juntos. Além disso, foi ele próprio quem disse em 2014 que queria ser vice de Aécio Neves, o que foi recusado pelos tucanos.

    Essa mentalidade estúpida ignora um fato importante: não há nenhum candidato que seja puramente “de direita”. Nenhum deles é liberal ou conservador. São todos nacional-desenvolvimentistas, comunistas ou socialistas moderados. O fato é que nas eleições do ano que vem pouco importa quem vencer para presidente se não houver um Congresso sólido por trás disso. Bolsonaro não terá poderes ditatoriais, ele não poderá mudar absolutamente porcaria nenhuma se o Congresso quiser impedi-lo.

    É por isso que falta bom senso e entendimento da realidade. Mesmo que Bolsonaro ganhe, o que já é altamente improvável – se é que chegará a ser candidato, ainda assim ele não vai mudar nada sozinho. Sem uma base de apoio que envolva senadores e deputados do nosso lado, tanto faz se estiver ele, o Doria, o Caiado ou até mesmo o Ciro Gomes, um dos mais esquerdistas, pois nada vai acontecer de fato.

    A realidade política brasileira é essa, e a direita pode chorar na cama que é lugar quente ou amadurecer e começar a tratar das coisas como elas são, não como deveriam ser. Presidente sem apoio do Congresso não consegue nem limpar o próprio rabo, não é por acaso que Lula tenha criado o mensalão para comprar esse apoio, do contrário ele teria caído nas primeiras crises assim como ocorreu com Dilma no ano passado.

  13. Alessandro H.R. Says:

    vc vê o quanto o nível jornalístico é baixo e tendencioso, quando vê um jornalista chamar alguém de “filho da puta” só porque escolheu tirar uma selfie com alguém que ele discorda das idéias.

    mas e a liberdade de expressão que os jornalistas tanto defendem como é que fica ?

    o Mauro ainda fez a infeliz generalização, pois para ele todos que gostam do Bolsonaro se incomoda com um gay sentado ao lado, tsc, tsc, tsc… patético isso

    isso não é jornalismo, é militância descarada ! Pois vejo o pessoal de esquerda defender terrorista e assassino em redes sociais como o Marighella e o Che guevara, inclusive vão fazer um filme do primeiro com dinheiro público, e não vejo essa indignação por parte dos tais jornalistas.

    é a degradação da sociedade brasileira, as mesmas pessoas que defendem ou se omitem com a pedofilia como forma de arte, são as mesmas que ofendem o cidadão brasileiro por uma mera e simples selfie.

    Mauro é um hipócrita, pois ele está descumprindo umas das principais regras do jornalismo, a liberdade de expressão sem censura, ele não é obrigado a gostar do Bolsonaro, Lula, FHC, Aécio ou seja quem for, mas generalizar e chamar uma pessoa de “filho da puta” só pq gosta de alguém que ele não suporta, é coisa de gente intolerante, é pessoas como ele que está fazendo o Bolsonaro subir nas pesquisas.

  14. Edu Pavim Says:

    Se politicamente o Paulinho está criticando, significa que realmente o cabra é bom.

    O choro é livre. Não conseguirão emplacar um esquerdalha camuflado de direita como o Dória, goela abaixo da população. Esta está acordando e não mais engole qualquer porcaria vomitada por essa imprensa tendenciosa.

    Bolsonaro é pouco que resta da reserva moral deste país de merda contaminado por essa esquerda maldita.

    Torturadores ? 300 mortes em 20 anos. Menos que um dia de carnificina nos dias atuais. Meus pais e meus avós amaram aquele período. Tinha-se educação, segurança, valores, patriotismo. Hoje, o país está corroído e aos frangalhos.

    O choro é mais do que livre. Se não forem as malditas urnas eletrônicas, Bolsonaro leva essa eleição com os pés nas costas. Essas pesquisas furadas não retratam nem perto da realidade de intenções de votos. Viva a internet, a verdadeira chave de libertação desse sistema corrupto que aprisionou e condenou esse país ao caos por décadas.

  15. Vitor Emilio Says:

    Estão desesperados para mudar o pensamento da massa da população brasileira.Formadores de opinião falidos!!!!

  16. Walteir Freire Says:

    Não posso afirmar, pois não tenho certeza. Mas, algo me diz que este blog recebe dinheiro da esquerda (governo incluído) para rechaçar o Bolsonaro. Pois sabem que se ele for eleito, a mamata vai acabar.

    Paulinho: Nobre idiota, entre na busca do blog e digite “Lula”…

  17. Gianluca Sala Says:

    Sempre falam do Bolsonaro…mas ninguém o acuswa de corrupto!!!!

  18. Paulo Moraes Moraes Says:

    O que se vê na “história recente”.? Eu só vejo a corrupção institucionalizada, insegurança, falta de educação, saúde, e de vergonha na cara!
    A quem ele se refere? Ao governo militar que prendia os mesmos bandidos de hoje? Eu vivi naquela época e era estudante universitário, portanto uma classe muito bem vigiada pelos militares.
    No entanto podia sair na rua sem medo de ser assaltado, os professores eram respeitados, as escolas públicas ainda eram as melhores, obra publica começava e terminava e era bem feita;
    Hoje nunca começa e quando começa nunca acaba e quando acaba é mal feita. A verba orçada da obra já termina logo no começo porque a roubalheira é tão grande que as empresas “laranjas” logo “quebram” e a obra fica paralisada até uma nova licitação e a história se repete…..

Deixe uma resposta


%d blogueiros gostam disto: