Anúncios

Marcelinho Carioca troca elogio a Andres Sanches, em jornal, por apoio do Corinthians na política

Ontem, o ex-jogador Marcelinho Carioca pagou dívida com o deputado federal Andres Sanches (PT) ao, conforme combinado, dedicar-lhe uma coluna inteira de elogios no jornal Diário de São Paulo.

No mesmo texto, teceu duras críticas aos adversários políticos do dirigente no Corinthians, a quem tratou como “aventureiros” e “oportunistas”.

Chegou a nominá-los: Roque Citadini, Romeu Tuma Junior, Osmar Stabile e Paulo Garcia.

No que diz respeito ao último, o Blog do Paulinho testemunhou, assim como milhares de pessoas presentes ao local, no período das eleições alvinegras que deram vitória ao delegado Mario Gobbi, quando Marcelinho subiu ao palco, tomou o microfone às mãos e, depois de arrasar Andres Sanches e seu candidato verbalmente (o termo mais ameno foi “ladrão”), começou a gritar o nome do dono da Kalunga, repetidamente.

Menos de 24 horas depois, estava o “pé de anjo” no palanque dos que havia defenestrado na noite anterior.

O acordo

Pouco mais de um mês atrás, Marcelinho Carioca sentou-se com Andres Sanches e André Negão (a dupla que comanda o Corinthians, mas que também está citada, em delação, como recebedora de propina da Odebrecht), acertando detalhes, dizem, financeiros inclusive, para que fizesse a campanha destes à presidência do clube, utilizando-se de coluna que lhe fora aberta no jornal Diário de São Paulo.

Aliás, o ex-ídolo do clube, segundo informações, estaria faturando bastante a cada lauda entregue ao periódico, transformado, em claro desrespeito ao leitor, numa espécie de bolsa de “elogios” e “críticas”, quase no mesmo sistema do mal-afamado site “Futebol Interior”.

Marcelinho, após o acordo, já foi protagonista de evento no Corinthians, denominado “Uh! Marcelinho” e, nos próximos dias, levará uma das equipes de base do clube para disputar jogo com amadores no submundo de Perus, dos mais violentos bairros da grande São Paulo, em evento eleitoral do partido ao qual se filiou, o “PODEMOS”, repetindo gesto, aliás. do vice alvinegro André Negão, que obrigou a garotada alvinegra a jogar na várzea do Itaim Paulista, em favorecimento a político ligado ao crime organizado.

Ontem, o diretor das categorias de base, Nei Nujud, confirmou a informação, em conversa com associados, entre os quais Rolando Wohlers, o Ciborg:

“O pedido do Marcelinho foi aprovado… não posso fazer nada… eles mandam, fazem o que querem…”

Vale lembrar que o superior de Nujud no departamento é o notório contraventor Jacinto Antônio Ribeiro, o Jaça, braço direito de Andres Sanches

A repercussão

Após os escritos na coluna de Marcelinho Carioca viralizarem pelos grupos de whatsapp de associados e conselheiros alvinegros, a indignação foi geral.

Entre os “elogios” ao texto, palavras como “vagabundo”, “pilantra”, “vendido”, “nota de três reais”, entre outras, foram proferidas.

Porém, a resposta mais enfática e detalhada foi escrita pelo advogado Haroldo Dantas, que concorre ao Conselho pela chapa “Novos Tempos”, um dos presentes ao evento em que Marcelinho escrachou Andres Sanches, sujeito a quem agora. por benesses, elogia:

“Fostes um excelente jogador… Mas és um homem deplorável”

Abaixo a íntegra da manifestação, assinada pelo Dr. Haroldo Dantas:

Marcelinho está de brincadeira quando diz: “Corre pelos corredores da famosa Fazendinha o “todos contra um”. Já que a movimentação é para unir forças e tentar quebrar a corrente mais forte, a de Andrés Sanchez, que revolucionou o Coringão, chegando à tão sonhada Libertadores, ao bicampeonato mundial e à construção do estádio. Vale a pena dizer que a marca Corinthians ficou totalmente valorizada depois da gestão do tão temido Andrés Sanchez.”

Dizer isso é, inocentemente, alardear narrativas desconexas de forma com a verdade ou pura má-fé mesmo.

Corrente mais forte??? Andrés???

O homem que destruiu as finanças do clube??? O homem que assumiu o Corinthians com R$ 47 milhões de dívidas e as elevou para mais de R$ 500 milhões??? O homem que conseguiu derrubar uma proposta de estádio altamente favorável ao Corinthians e aprovar uma outra proposta pelo valor máximo de R$ 335 milhões e entregou a obra com um orçamento de mais de R$ 1,5 bilhão??? O homem com quase uma dezena de processos no STF??? Implicado na Lava-Jato??? Que revolucionou o Coringão??? Que valorizou a marca Corinthians??? O que é que é isso???

Atenção Marcelinho… O Corinthians sempre foi grande!!! O Corinthians sempre teve a sua marca valorizada!!! O Corinthians SEMPRE arrastou multidões!!! O Corinthians sempre saiu maior de todos os problemas que enfrentou e sairá desse problema chamado Andrés e sua turma!!!

O Corinthians é o que é apesar dos “andrés”, dos “manés” e de outros…

Marcelinho… Ainda me lembro de um evento da campanha da oposição ao que tu chamas de “tão temido”… Evento onde pedistes para falar… E falastes cobras e lagartos sobre o “mais temido”, botastes o “mais temido”, como dizia a minha avó: “abaixo do cú do cachorro três dedos.”

Dissestes que apoiavas Paulo Garcia porque os desmandos do “mais temido” teriam que acabar… Tinha mais de 3 mil pessoas lá… E já no outro dia aparecestes na mídia jurando amores ao “mais temido”, dizendo que ele era “o cara”…

Eu não sei o que aconteceu naquela noite para mudares radicalmente de posição… Mas para mim ficou a lição… Fostes um excelente jogador… Mas és um homem deplorável.

Anúncios

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: