Anúncios

Caso Felipe Melo humilha o Palmeiras e expõe apequenamento do clube diante de gestão desastrosa

Poucas vezes se viu um clube da grandeza do Palmeiras sofrer tantos episódios de humilhação quanto na gestão Maurício Galliotte, que, para infelicidade do torcedor, findará apenas em dezembro de 2018.

A reintegração do jogador Felipe Melo, por questões de incompetência administrativa e jurídica, com direito ao jogador “bater na bunda” de todos ao, em entrevista coletiva (outro ato imperdoável de burrice, permitir o bate-papo com jornalistas, sabendo da ferocidade do atleta em se pronunciar), desmentir o treinador Cuca dizendo que não lhe pediu desculpas e insinuar que o time piorou sem sua presença, é mais um entre tantos vexames sofridos pelo Verdão nos últimos meses.

A contar:

  • ajoelhamento perante a Wtorre, sabe-se lá sob quais motivações, que fizeram o clube “esquecer-se” de cobrar a obrigatoriedade da construtora em obedecer decisão da corte de arbitragem, entre as quais a reconstrução de setores entregues em desconformidade com o projeto, além da falta de questionamentos diante do evidente pasto entregue como se fora gramado aos jogadores palestrinos, mesmo em período fora da ocorrência de shows;
  • submissão à chantagem de patrocinadores com evidente ingerência administrativa no clube, contratando jogadores, fazendo campanha à presidência e ingressando no Conselho Deliberativo após limpar o traseiro com o Estatuto alviverde;
  • colocação de uma “estrela vermelha” no peito, simbolizando Campeonato Mundial que o clube ainda não conquistou, fazendo do Palmeiras, que não precisaria desta forçada de barra para permanecer enorme e glorioso, chacota de adversários;
  • terceirização de departamento de futebol aos prazeres de dirigente, Alexandre Mattos, notório parceiro comercial de empresários de jogadores.

Mais fraco presidente da história do Palmeiras, em todos os sentidos, Galiotte, com sua incapacidade, ao reconduzir Felipe Melo ao grupo de jogadores, trocou amenizar a incompetência na confecção de contrato pelo futuro esportivo do clube, que terá, daqui por diante, um treinador insatisfeito e desprestigiado, além de elenco dividido.

Anúncios

2 Respostas to “Caso Felipe Melo humilha o Palmeiras e expõe apequenamento do clube diante de gestão desastrosa”

  1. fernandodoretti Says:

    ah como Paulo Nobre faz falta nesses casos… se estivesse lá, aposto que nem traria o jogador pelo fato de ser um absurdo os valores recebidos por ele

  2. Geraldo Pedro Pavan Says:

    o paulinho,gamba tonto

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: