Anúncios

Ex-funcionário revela corrupção e desvio de dinheiro público no gabinete de Andres Sanches (PT)

João Luiz de Moraes, o Joãozinho do grupo “Samba 6”

O gabinete do deputado federal Andres Sanches (PT), em São Paulo, funciona, em verdade, como fachada, bancada com dinheiro público (estrutura, funcionários e demais gastos) para financiar, ilegalmente, campanha de políticos ligados ao parlamentar.

Entre os beneficiados estão: André Negão (chefe de gabinete que concorreu a vereador), vice presidente do Corinthians, e Luiz Moura (em plena campanha a deputado), ambos filiados ao PDT.

A informação, que já era conhecida do leitor do Blog do Paulinho, foi confirmada, ontem, pelo cantor João Luiz de Moraes, o Joãozinho do grupo “Samba 6”, que trabalhou no gabinete de Andres Sanches, mas, assim como outros, foi exonerado para dar espaço aos funcionários de Luiz Moura.

Disse o ex-funcionário:

“(…) o Andres não liga para o escritório político dele… ele não liga, deixa na mão tudo do André (Negão)…”

“O Andres (Sanches) falou comigo assim: “eu não vou no escritório (gabinete), eu não quero nem saber desse escritório”… ele deixou o escritório na mão do Dr. João e do André (Negão)… ele nem tomava conhecimento de nada que estava acontecendo… o Andres não queria saber de nada… então, os caras fizeram a “farra do boi”, né velho ?”

“Eu sei que ele (André Negão) mandou o Nilo embora, o Ezequiel embora, Eu, a Marli, o Marcondes… pra por o pessoal do Luiz Moura”

“É… eles faziam a farra lá… mandaram até a Vanessa embora…. tudo gente que trabalhou pro Andres… tiraram tudo e colocaram as pessoas do Luiz Moura… que é um puta dum mau caráter também, entendeu ? Você sabe a reputação do Luiz Moura, né ?”

“(…) nós eramos nomeados pelo Andres, no gabinete do Andres, nós não eramos nomeados no gabinete do André (Negão)… eu fui nomeado assessor do deputado federal…”

Joãozinho revela, também, que André Negão pediu-lhe o cargo pelo qual havia sido empossado, sob promessa de pagamento de salários “por fora”, para dar vaga a funcionário de Luiz Moura, ações que sugerem, no mínimo, dois crimes: o desvio de finalidade para utilização de dinheiro público (corrupção) e a utilização de verba sem origem para bancar funcionário, em tese, sem função estabelecida:

“E ai (o Luiz Moura) começou a infiltrar… infiltrar.. começou a tirar (exonerar) um, tirar outro… começou a tirar as pessoas que trabalhavam pro Andres… e o Andres não falava nada, porque ele não quer nem saber…”

“Ai ele (André Negão) virou pra mim e falou: “Joãozinho… eu preciso do seu cargo pra nomear uma pessoa e depois eu te devolvo… eu falei: “Não André… se é para te ajudar, tudo bem…pode levar o cargo… eu assino ai a exoneração e tudo bem… não tem problema nenhum…”

“Só que ai ele falou: “vou te pagar por fora…”, eu falei: “tudo bem… você sabe quanto eu ganho, né ? Quanto ao cargo, tudo bem… não estou preocupado com o cargo…”

“Só que na primeira semana… no primeiro mês, quando fechou o mês… que eu fui cobrar o meu salário dele… ele me deu R$ 800… pô ! Meu salário era R$ 3 mil, velho…”

Por conta da popularidade de Joãozinho no mundo do Samba, sem autorização, André Negão, após a exoneração, mandou fazer “santinhos” políticos com montagem de fotografia em que ambos apareciam abraçados, dando a entender apoio à campanha.

O caso foi parar na Justiça, no Juizado de Pequenas Causas do Foro do Tatuapé, processo nº 1001804-69.2017.8.26.0008, em que o sambista pede R$ 15 mil em indenização, com próxima e derradeira audiência marcada para o dia 24, às 14h, depois de frustada tentativa de conciliação:

“(…)eu já estava exonerado e ele pegou a minha foto… que aí falou: “todo mundo tem que tirar umas fotos aqui”… todo mundo foi e tirou foto… mas ninguém sabia para o que era….”

“Ele (André Negão) pegou as fotos, fez quatro mil santinhos, meu, com a minha foto…”

“Dia 24 agora tem a audiência… a audiência final.. ou ele vai entrar com recurso, ou vai chamar para fazer um acordo… das duas, uma”

Conhecedor profundo das movimentações ocorridas no gabinete de Andres Sanches (PT), Joãozinho alerta para problemas que estão por vir para o Corinthians, no âmbito da “Operação Lava-Jato”, que investiga pagamento de propina na construção do estádio em Itaquera, em que o deputado e seu chefe de gabinete, André Negão, são apontados como recebedores dos recursos indevidos, em troca de beneficiar a Odebrecht:

“E outra coisa que eu vou te falar… ainda vai sujar a “Lava-Jato” pro lado do Corinthians… escuta o que eu estou te falando… eu sei que tem… você acha que não te propina ali ? A hora que começar a puxar, ai vai sujar”

Andres Sanches, André Negão e Luiz Moura

Ouça abaixo (com a devida transcrição), pouco mais de sete minutos, de um total de vinte e cinco, de uma reveladora conversa do Blog do Paulinho com João Luiz de Moraes, o Joãozinho, ex-funcionário de gabinete do deputado federal Andres Sanches (PT):

Joãozinho

“Eu trabalhei pro Andres (Sanches) entendeu ? Então.. fiz toda a campanha e tal.”

“Eu fui lá (no comitê), ganhou a eleição, o Andres pagou tudo, direitinho… eu fui lá só para despedir, falar “tchau”, felicidades e tal… não fui pedir porra nenhuma.. entendeu ? Até porque eu sou do “Samba 6″, eu tenho um trabalho artístico, entendeu ?”

“O André (Negão) disse: “Não, Joãozinho… não vai sair não… eu sou candidato a vereador, e você vai ficar… me traz seus documentos… você pode ?”… eu falei: “posso”… ele falou: “me traz seus documentos para você tomar posse”… eu falei: “Legal”…tomei posse, tudo direitinho…”

“Até então estava indo tudo bem… aí quando entrou o Luiz Moura na ‘fita”, a coisa começou a ficar meio… tem que respeitar as pessoas…”

“Porque nós eramos nomeados pelo Andres, no gabinete do Andres, nós não eramos nomeados no gabinete do André (Negão)… eu fui nomeado assessor do deputado federal…”

“Até porque eu fiquei oito anos com o Agnaldo Timóteo na Câmara Municipal de São Paulo como assessor, trabalhando, atendendo o povo, fazendo um monte de coisa dentro do gabinete dele, entendeu ? Então só fui para lá (no gabinete de Andres Sanches) porque eu tinha bagagem… porque se eu fosse um “Zé Mané” qualquer eu não ia trabalhar com o Andres”.

Blog do Paulinho

“Quer dizer, no fim você estava lá para trabalhar com o Andres, mas na verdade trabalhava na campanha do André Negão…”

Joãozinho

“É… e ai, o que acontece… o Andres não liga para o escritório político dele… ele não liga, deixa na mão tudo do André (Negão)…”

“O André levou o Luiz Moura pra lá… o Luiz Moura falou: “Eu apoio o André pra vereador e depois ele me apoia pra deputado, entendeu ?”

“E ai começou a infiltrar… infiltrar.. começou a tirar (exonerar) um, tirar outro… começou a tirar as pessoas que trabalhavam pro Andres… e o Andres não falava nada, porque ele não quer nem saber…”

“Ai ele (André Negão) virou pra mim e falou: “Joãozinho… eu preciso do seu cargo pra nomear uma pessoa e depois eu te devolvo… eu falei: “Não André… se é para te ajudar, tudo bem…pode levar o cargo… eu assino ai a exoneração e tudo bem… não tem problema nenhum…”

“Só que ai ele falou: “vou te pagar por fora…”, eu falei: “tudo bem… você sabe quanto eu ganho, né ? Quanto ao cargo, tudo bem… não estou preocupado com o cargo…”

“Só que na primeira semana… no primeiro mês, quando fechou o mês… que eu fui cobrar o meu salário dele… ele me deu R$ 800… pô ! Meu salário era R$ 3 mil, velho…”

“Então eu falei: “o André”… Ele disse: “Não… não tenho mais… estamos e época de campanha…”, eu falei “Tudo bem…”

“Só que eu já estava exonerado e ele pegou a minha foto… que aí falou: “todo mundo tem que tirar umas fotos aqui”… todo mundo foi e tirou foto… mas ninguém sabia para o que era….”

“Ele (André Negão) pegou as fotos, fez quatro mil santinhos, meu, com a minha foto…”

“Já tinha me exonerado… ainda me usou para o santinho dele… eu falei: “pô! Ta errado, né ? Nessa altura do campeonato a Marta (Suplicy) já estava me chamando para trabalhar… então eu falei: “Bom, a Marta é senadora… eu vou continuar trabalhando a Marta… tenho alguns compromissos com o André (Negão), que era lá na Igreja da Candelária (Vila Maria), lá na quermesse… então terminei o meu compromisso… e, de repente, quatro mil santinhos com a minha cara e a cara dele no lado… montaram, né…”

“E ai eu falei: “Bom… não vou brigar. não vou fazer nada… então não vai me devolver o cargo, nem nada… peguei meu advogado da gravadora, a Warner, peguei meu advogado, conversei com ele, que falou assim: “você assinou alguma autorização ?”, eu falei: “não”, ele então falou: “vamos entrar com uma ação”.

“Então, já teve a primeira audiência no “Pequenas Causas”… e ele compareceu com o Dr. João (advogado de Andres Sanches) e falou: “eu vou arrumar testemunhas, porque não é nada disso”… então não tem conciliação ? Não, não tem”

“Meu advogado falou: “João… se ele fizer um acordo… pega logo, só pra dar um susto nele e pronto… daí nós vamos embora… nós não precisamos disso…”

“Daí ele (André Negão) botou a maior banca: “não… eu vou arrumar testemunha”… meu advogado virou pro advogado dele e falou: “Eu nem vou procurar testemunha do meu cliente, sabe por que ? A testemunha do meu cliente é esse santinho aqui… eu quero ver a autorização dele para publicar a fotografia do meu cliente”

“Dia 24 agora tem a audiência… a audiência final.. ou ele vai entrar com recurso, ou vai chamar para fazer um acordo… das duas, uma”

“Eu sei que ele (André Negão) mandou o Nilo embora, o Ezequiel embora, Eu, a Marli, o Marcondes… pra por o pessoal do Luiz Moura”

“Então, não é justo… eu sou um assessor teu… eu tenho que terminar o mandato que eu elegi você… porra, entendeu ? Não virar a mesa… então esse pessoal todo passou necessidade”

“O Andres (Sanches) falou comigo assim: “eu não vou no escritório (gabinete), eu não quero nem saber desse escritório”… ele deixou o escritório na mão do Dr. João e do André (Negão)… ele nem tomava conhecimento de nada que estava acontecendo… o Andres não queria saber de nada… então, os caras fizeram a “farra do boi”, né velho ?”

Blog do Paulinho

“Claro… com dinheiro do Governo…”

Joãozinho

“É… eles faziam a farra lá… mandaram até a Vanessa embora…. tudo gente que trabalhou pro Andres… tiraram tudo e colocaram as pessoas do Luiz Moura… que é um puta dum mau caráter também, entendeu ? Você sabe a reputação do Luiz Moura, né ?”

“Para as pessoas que eu conheço eu falava bem do André (Negão), entendeu? Embora tinha nego que falava: “É… porque ele é bicheiro, porque não sei o que…” eu dizia: “bicho, estou trabalhando na campanha do cara”

“Agora, o certo mesmo, ele (André Negão) como um cara, se ele tivesse caráter, ele tinha que fazer o seguinte: “olha… vamos terminar o mandato do Andres… quem está no mandato do Andres, vamos terminar…” Ele foi até bem votado… vinte mil e poucos votos… então ele tinha que terminar o mandato, aí chegar para o Luiz Moura e falar: “A partir do ano que vem, que é 2018, eu vou tirar todos vocês… quando terminar o Natal, Ano Novo, Carnaval… eu vou tirar todos vocês pra colocar o pessoal do Luiz Moura”.. Não ! Ele perdeu a eleição e foi exonerando o pessoal”

“E outra coisa que eu vou te falar… ainda vai sujar a “Lava-Jato” pro lado do Corinthians… escuta o que eu estou te falando… eu sei que tem… você acha que não te propina ali ? A hora que começar a puxar, ai vai sujar”

Anúncios

4 Respostas to “Ex-funcionário revela corrupção e desvio de dinheiro público no gabinete de Andres Sanches (PT)”

  1. Alessandro H.R. Says:

    Isso é só desse Andrés Sanches, agora imagina se passar um pente fino dos abusos de gastos em todos os gabinetes de vereadores, prefeitos, deputados estaduais, federais e senadores Brasilzão afora ?

    O Quanto de podre que acharia ? Tudo um bando de FDP !

    Isso que o Andrés Sanches faz é corriqueiro no Brasil, mas infelizmente só sabemos da ponta do iceberg, pois a mídia só foca nos escândalos de nível nacional, um ou outro caso isolado no interior ficamos sabendo, mas nas pequenas e médias cidades isso ae é “normal”

    o MP, o sistema judiciário, polícias tudo dominado por esse sistema maléfico, todos eles sabem disso, mas fazem vista grossa, a própria população finge que não sabe, somos culpados por tudo isso

    Brasileiro fica idolatrando político, pedindo benesses para votar num safado desses, isso não tem fim, pode fazer quantas operações lava jato quiser que nunca vão parar, a conclusão é que o mal venceu aqui na terra, cidadão de bem que se cuide, só vai piorar as coisas.

  2. Jose Carlos (@ze_ca77) Says:

    caguetou porque tomou balão do andrezinho da vila maria. se continuasse recebendo o por fora tinha ficado caladinho. esse sujeitinho tambem pelo jeito nao vale o que fala.
    de qualquer jeito o mafioso deputado espanhol da vila dos remedio tem que ser denunciado. o cidadao paga a conta dele pra manter uma estrutura politica dessa dai. quantas vezes o mane da carne foi a esse gabinete trabalhar ???? ou ele foi exonerado tambem ??? nao deve saber nem onde fica o gabinete do mafioso. investigue tambem outros gabinetes como o do deputado gaviao goular. dizem que ate a mulher do mane da carne ta registrada la.

  3. Ex-funcionário de Andres Sanches dá versão sobre episódio em que vice do Corinthians levou sete tiros | Blog do Paulinho Says:

    […] https://blogdopaulinho.com.br/2017/08/17/ex-funcionario-revela-corrupcao-e-desvio-de-dinheiro-public… […]

  4. Saiba quem são os funcionários de Luiz Moura que recebem salários pelo gabinete de Andres Sanches (PT) | Blog do Paulinho Says:

    […] https://blogdopaulinho.com.br/2017/08/17/ex-funcionario-revela-corrupcao-e-desvio-de-dinheiro-public… […]

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: