Advertisements

Empate sem sal no Pacaembu

Numa partida de pouca inspiração, Corinthians e Santos empataram em um a um, num Pacaembu novamente lotado pela Fiel Torcida.

E o resultado acabou sendo justo.

O Timão começou a primeira etapa de maneira alucinante, partindo para cima, com o trio Romarinho, Sheik e Guerrero infernizando a zaga do Peixe.

A melhor chance aconteceu aos 6 minutos, quando Edenilson, o melhor em campo, lançou Guerrero que bateu à esquerda da meta, na saída do goleiro.

Porém, após 20 minutos de partida, o ritmo caiu consideravelmente e, mesmo com o Corinthians ainda dominando, quase nada foi criado.

E o Santos, que nada havia feito até então, aproveitou-se de uma bobeada da zaga do Corinthians para abrir o marcador, aos 35 minutos, por intermédio de Felipe Anderson, que tabelou com André e bateu no contrapé de Cassio, com a bola entrando rente a trave esquerda.

O segundo tempo foi bem menos interessante do que o primeiro, mais truncado, e com menos brilho dos atacantes.

Com o Corinthians sempre tentando o empate, o Santos se mostrava eficiente na marcação, embora não incomodasse no contra-ataque.

Sheik perdeu uma grande oportunidade, aos 8 minutos, quando recebeu passe açucarado de Danilo e, sozinho, bateu por cima.

O ataque do Timão só conseguiu criar nova oportunidade aos 34 minutos, e foi o suficiente para empatar o jogo.

Jorge Henrique bateu falta na área e Wallace, subindo no meio da zaga do Santos, testou firme e marcou seu primeiro gol com a camisa do Corinthians após mais de cinquenta partidas.

Um resultado que importou pouco para as duas equipes, mas serviu de parâmetro ao Corinthians para avaliação do que precisa ainda ser feito até a estreia do Mundial do Japão.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Open chat
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: