Gabigol tenta liberar dinheiro de transferência, mas Justiça mantém bloqueio

Em recente decisão, a Justiça de São Paulo ordenou ao Santos que depositasse, em juízo, valor correspondente a 10% dos direitos econômicos de Gabigol, recebidos por conta de transação à Inter de Milão, além da obrigatoriedade de expor todos os documentos do negócio.

A liminar é fruto de ação impetrada pelo agente Cândido Padin Neto, que alega possuir este percentual sobre o jogador.

Gabigol ingressou, então, com recurso especial, tentando trocar o dinheiro bloqueado por imóveis em penhora, que, supostamente, garantiram o pagamento ao credor em caso de definitiva derrota no processo.

O pedido, porém, não foi acolhido e os trâmites seguirão o curso normal até a finalização.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Esta entrada foi publicada em Sem-categoria. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.