Pai de Neymar trabalha para cooptar agentes brasileiros

Neymar pai, que agora, oficialmente, após conseguir registro na CBF, pode fazer o que já executava na informalidade, ou seja, agenciar jogadores de futebol, tem se reunido, nas últimas semanas, com grandes, médios e até pequenos prepostos brasileiros do setor.

Oferece mundos e fundos, ostenta dinheiro (do filho), apresentando-se como influente nas equipes europeias.

O pai de Neymar analisa, também, clubes “barrigas de aluguel” a serem utilizados em suas operações comerciais.

Tão mal-afamado por conta de agentes complicados, o mercado da bola tende a piorar com a entrada no ramo de quem, antes da fama e do dinheiro do filho, fazia o que até Deus duvida, e, segundo dizem, o Diabo ficaria receoso, na cidade de Santos para sobreviver.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.