Pedrinho gera conflito de interesses entre Roberto Andrade e Andres Sanches

Após a última partida do Corinthians pelo Campeonato Brasileiro, em que lance cinematográfico do jovem Pedrinho deu origem ao gol da vitória, marcado por Jô, contra o Botafogo/RJ, as atenções do mercado sobre a jovem promessa, que já existiam, acentuaram-se.

Para azar do clube, a condução da carreira do atleta está nas mãos de Kia Joorabchian, por intermédio do preposto Giuliano Bertolucci, o que, para quem conhece os bastidores do esporte, insere no pacote de agentes o deputado federal Andres Sanches (PT).

Iniciou-se, então, o braço de ferro.

Roberto Andrade, presidente alvinegro, apesar da submissão ao ex-presidente, por conta de notória manobra que ajudou-o a se manter no cargo, à custa de ceder, ao parlamentar, espaço no Parque São Jorge aos departamentos mais lucrativos, é contra qualquer negociação nesta janela internacional.

Sanches, ao contrário, quer dinheiro rápido, e, à revelia da diretoria, não só autorizou sua trupe a procurar interessados, como já plantou na mídia interesse do Barcelona.

Levando-se em consideração o quesito “mão que bate mais forte”, o negócio não sairá apenas se inexistir interessados, de fato, na aquisição do garoto.

Mas há de se ficar atento na multa contratual: R$ 187 milhões.

Informações de mercado dão conta de que Joorabchian está oferecendo a promessa por valores entre R$ 30 e R$ 40 milhões, espécie de liquidação de produto da vitrine alheia, sem combinar com os que assinam como proprietários.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.