Anúncios

O estranho caso do Internacional

Confesso estar surpreso com o desfecho das investigações que, oficialmente, colocam o Internacional como provável punido no caso da irregular inscrição do jogador Victor Ramos, podendo até, embora seja improvável, ser expulso de campeonatos nacionais ainda este ano.

Duas são as obviedades que fazem-me refletir sobre a questão:

  • o departamento de registros da CBF foi denunciado, dezenas de vezes, pelo delito de fraudar inscrições na entidade – por conta disso responde a inquéritos criminais (vários) e foi citado no relatório paralelo na CPI do futebol… seria a primeira vez, em todos esses casos, que conseguiria comprovar inocência;
  • por que o STJD, com procuradores (entre os quais o responsável pelo caso em questão) umbilicalmente ligados a Marco Polo Del Nero, até para resguardo próprio e da desejada transparência, não permitiram ao Internacional o acompanhamento adequado da perícia que, dizem, comprovaria o delito de falsificação de documentos, utilizado em desfavor do Colorado ?

Sem medo de errar (nem de retificar o equívoco, se ocorrer): é mais crível, diante do contexto, a perícia ligada ao STJD e CBF se tratar de fraude do que os emails, que implicam duramente a Casa Bandida em crimes já cometidos no passado.

O clube gaúcho, em estando, de fato, com a consciência tranquila, deve exigir nova perícia, independente, motivando ainda seus advogados, acusados implicitamente de desvios morais, que também o façam, para bem da verdade e punição daqueles que delinquiram.

Anúncios

2 Respostas to “O estranho caso do Internacional”

  1. Karlo von Mühlen (@karloavm) Says:

    Acontece que a perícia foi feita em sede de inquérito. Nesta fase não há contraditório, só a busca de subsídios. Havendo a denúncia começará a fase processual, de instrução e produção de provas, quando a tal perícia poderá ser refutada e outras perícias poderão ser juntadas.

  2. Dedé Émerson André (@EmersonAndre) Says:

    Mesmo que de fato de tu não gostes da CBF e dos mandatários do futebol brasileiro, tu devias-se atentar, da mesma forma que fez o procurador na denúncia de documentos falsos, que o inter utilizou sem analisa-los para seu beneficio juridico.
    A denúncia é de utilizar comunicação privada (emails) adulterada.

    Mesmo sendo avisados da adulteração, preferiram ir a via de fatos 10 meses depois da inscrição do atleta no BID, contra a CBF e STJD.

    Acredito que clube, que tem todo o amparo da FGF, que nunca vi escrever uma linha, devia pensar, se pela mesma agua de esgoto que a CBF se abastece, o inter, também bebe,

    Beleza, não gostamos do Del Nero, mas tu não conheces a aldeia para achar que o Inter é inocente.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: