Advertisements
Anúncios

Líder da “Lava-Jato” é processado por outro dirigente do Corinthians

Osmar Basilio e Andre Negão

Utilizando-se do Colégio João XXIII, do qual é proprietário, o presidente do CORI, do Corinthians, Osmar Basílio, ingressou com ação cível contra Roberto William Miguel, o Libanês, líder do grupo “Lava-Jato”, que tem objetivo de eleger conselheiros no Timão.

Pede R$ 17 mil.

Basílio utilizou-se também de suas empresas para processar o Blog do Paulinho.

No final de fevereiro, Libanês já havia sido processado, também, pelo vice-presidente do Corinthians, André Luiz de Oliveira, vulgo André Negão, delatado na “Operação Lava-Jato” como recebedor de “vantagens” da Odebrecht.

Ambos, Negão e Osmar Basílio, são parceiros no Parque São Jorge.

A chapa “Lava-Jato”, apesar de ter um de seus membros nas categorias de base do Corinthians, pede a expulsão de André Negão do clube e criticou, em recentes postagens, a passividade do CORI com relação ao assunto.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: