Neto, Edgard Soares e o Corinthians

Edgard Soares (1º à esq.) e Herói Vicente (advogado de Neto, 1º à dir.)

Edgard Soares (1º à esq.) e Herói Vicente (advogado de Neto, 1º à dir.)

“ALÉM de tropeçar no português, Neto fala muita besteira, dá opiniões estapafúrdias e só cria confusões. Não entendo como uma empresa como a TV Bandeirantes mantém no seu quadro de funcionários um profissional de tão baixo nível. Nem a tv de Campinas quis Neto. Mas a Bandeirantes o mantém independente de seu nível.”

(Site Futebol Interior – 04-12-2016)


Por intermédio de terceiro, o ex-jogador Neto, comentarista da BAND, e o editor do site Futebol Interior, Edgard Soares, aproximaram-se de tamanha maneira que o segundo passou a pautar o programa do primeiro.

Desnecessário relembrar a fama de ambos.

Em comum, antes disso, havia a amizade com Arthur Eugênio Mathias (também do Futebol Interior) quando este era dirigente do Guarani e foi preso na CPI do narcotráfico e roubo de cargas.

A dupla possui, também, históricos controversos como conselheiros do Corinthians.

Há quem peça, inclusive, a expulsão de Neto do conselho alvinegro, devido ao enorme número de faltas, apesar do próprio, na última sexta-feira, ter declarado que conselheiro ruim é aquele “omisso”.

Edgard é peça conhecida no Parque São Jorge, onde já acendeu vela para “Deus”, o “Diabo” e até para o “Andres” (que agora ataca) quando trocou votos de seu grupo pela promessa, nunca cumprida, de concessão do direito de construir o estádio.

Os dois, cada qual a seu estilo, são ex-partícipes da chapa “Renovação e Transparência”.

Para que se tenha a real dimensão do  oportunismo da referida aproximação, basta ler a opinião do Futebol Interior sobre Neto, publicada oito dias atrás (04 de dezembro):

“NETO insinuou que o avião que levar o Palmeiras numa de suas próximas viagens também sofra um acidente. Ele estava irritado porque ninguém do campeão brasileiro compareceu ao seu programa na Bandeirantes. Foi uma colocação indevida, numa demonstração de que Neto não está preparado para apresentar nada na televisão.”

“ALÉM de tropeçar no português, Neto fala muita besteira, dá opiniões estapafúrdias e só cria confusões. Não entendo como uma empresa como a TV Bandeirantes mantém no seu quadro de funcionários um profissional de tão baixo nível. Nem a tv de Campinas quis Neto. Mas a Bandeirantes o mantém independente de seu nível.”

Confira abaixo o vídeo citado pelo Futebol Interior em que Neto insinua que o avião do Palmeiras “pode cair”, um dia antes da tragédia da Chapecoense:

Arthur Eugênio Mathias, Edgard Soares e Herói Vicente

Arthur Eugênio Mathias, Edgard Soares e Herói Vicente

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.