Coluna do Fiori

fiori - dicunto

FUTEBOL: POLÍTICA, ARBITRAGEM E VERDADE

Fiori é ex-árbitro da Federação Paulista de Futebol, investigador de Polícia e autor do Livro “A República do Apito” onde relata a verdade sobre os bastidores do futebol paulista e nacional.

http://www.navegareditora.com.brEmail:caminhodasideias@superig.com.br

apito limpo

“É preciso saber lutar como um leão, mas lutar por sonhos que valham a pena”

Roberto Shinyashiki – é um psiquiatra e empresário brasileiro

——————————————————————

Papo/entrevista com Arthur Alves Junior

prato-de-comida

Há algum tempo esta coluna vem revelando fatos e opiniões sobre as condutas de Arthur Alves Junior enquanto dirigente de arbitragem, quase todas indignas de elogios.

Durante a semana, na presença de amigo em comum, nos encontramos, para que ele pudesse esclarecer algumas questões.

A conversa foi gravada e fotografada, com a anuência de ambos.

Do que foi falado, destaco os pontos mais importantes:

A relação com o blogueiro Marcelo Marçal

Esclareci ao Arthur que desconfiei da conduta do blogueiro Marcelo Marçal quando, anos atrás, concedi-lhe uma entrevista, que foi gravada no estúdio do Blog do Paulinho, em que falei várias coisas, pedindo para ele publicar na íntegra, cortando apenas os palavrões.

“Ele falou o Diabo de você”, “Eu também”, reiterei ao Arthur, lembrando que ambos (blogueiro e dirigente) estavam distanciados na ocasião.

“A conversa sumiu e nunca foi para o ar, dando-me o direito de interpretar (porque na sequencia vocês reataram a amizade) que a não publicação se deu por conta desta reaproximação.”, continuei.

O Arthur explicou, então, que desligou o Marçal do Sindicato no início de 2011, logo após vencer as eleições, e que por isso ele deve ter ficado bravo, mas, em sequencia, recebeu o telefonema de Sérgio Corrêa da Silva, indicando-o para o cargo, dizendo que se tratava de um amigo passando necessidades, e que precisavam ajudá-lo. Daí então o Marçal foi reintegrado, dando assistência à entidade.

Questionei se o cargo era remunerado, e Arthur respondeu que sim, o que leva-me a suspeitar da independência do trabalho do blogueiro que tem como assunto principal os bastidores da arbitragem.

Confira abaixo áudio com trecho desta revelação:

Fonte de renda de Artur Alves Junior

Sempre questionei publicamente a origem dos recursos que garantem a sobrevivência de Arthur Alves Junior, principalmente depois que ele perdeu cargo remunerado na Federação Paulista de Futebol.

Na frente dele, perguntei: “você vive do quê ?”

A resposta foi a de que retira o sustento de serviço de assessoria que presta a um pequeno comércio de propriedade de seu pai, reiterando, ainda, tratar-se de um ‘idealista”.

Sindicato e Sindicância

Falei para o Arthur que desde sempre ele esteve no comando do Sindicato, fazendo parte da cúpula que manda no órgão desde a fundação.

“Oposição era eu, o Hélio Coelho, Osmar Murati e outros, mas vocês não admitiam oposição”.

Falamos também sobre a Sindicância que apura denúncias de corrupção contra a gestão de Arthur, que respondeu que ele e outras pessoas estão sendo investigadas, mas que todos os denunciantes foram processados na Justiça Comum, e que ele (Artur) irá até o fim.

Relatório paralelo da CPI do Futebol

romario-cpi

Na condição de cidadão e seguidor dos ensinamentos dos meus progenitores, expresso meus agradecimentos aos senadores Romário de Souza Farias e Randolfe Rodrigues, por terem tido a dignidade de honrar a incumbência de nos representar naquela casa de leis

Devassos

O relatório assinala e confirma que na administração das diversas entidades conectadas ao futebol profissional deste Brasil, brasileiro, prevalece os interesses pessoais da maioria dos dirigentes

Canalização

Sabedores que o conteúdo do relatório será desconsiderado por maioria dos corruptos e corruptores integrantes da CPI; os senadores Romário e Randolfe Rodrigues deliberaram encaminha-lo para que os decentes e independentes integrantes do MP e Policia Federal deem continuidade nas investigações

Indiciamento

No documental está fincado o pedido de indiciamento e respectivos comprovar dos delitos cometidos por Ricardo Teixeira, José Maria Marin e Marco Polo Del Nero.

Lembrando

Del Nero é caçado por agentes do FBI

Crimes

Lavagem de dinheiro, estelionato, crime contra a ordem tributária, crime contra o sistema financeiro nacional, organização criminosa e crime eleitoral, são algumas das ações criminosas praticadas por esta cambada

36ª Sexta Rodada de Série A do Brasileirão-2016

Domingo 21/11

Palmeiras 1 x 0 Botafogo

Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (ESP-GO)

Item Técnico

Dado momento do transcurso da refrega, deixou de sinalizar a falta penal cometida por um dos defensores da equipe carioca quando do empurrão no palmeirense Mina

Item Disciplinar

Apesar de ter advertido acertadamente com cartão amarelo 04 botafoguenses, em algumas outras ocasiões fingiu ser “cegueta” e pecou por não ter aplicado a lei do jogo; dentre estas: no momento que Dudu Cearense, defensor da equipe visitante praticou fortíssima falta no seu xará Dudu

Cruzeiro 2 x 2 Santos

Árbitro: Heber Roberto Lopes (FIFA-SC)

Árbitro Assistente 01: Kleber Lucio Gil (FIFA-SC)

Árbitro Assistente 02: Carlos Berkenbrock (MAST-SC)

Item Técnico

Deixou de marcar penalidade máxima cometida por Leo Citadini, defensor santista, no momento que usou o braço esquerdo para desviar a bola e manda-la para escanteio

Impedido

Corroborou com o erro do assistente 02: Carlos Berkenbrock, por não ter sinalizado a posição de impedimento do atleta Manoel, autor do segundo e tento de empate da equipe cruzeirense

Item Disciplinar

Admissível

——————————————————————-

2ª Feira 21/11

Corinthians 1 x 0 Internacional

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (ASP-FIFA-PR)

Item Técnico

Deixou passar batida a penalidade máxima cometida por Fagner defensor corintiano, como também: errou e feio, por ter marcado penalidade máxima que decretou a vitória da equipe corintiana, quando da disputa legal entre o gaúcho Ernando com corintiano Romero

Item Disciplinar

Acertou por ter advertido com cartão amarelo 04 atletas, sendo: 02 corintianos e 02 da equipe gaúcha

Conclusão

Indiretamente e inevitavelmente influenciou na derrota da equipe visitante

—————————————————————————

Primeira partida das duas finais da Copa do Brasil-2016

Quarta Feira 23/11

Atlético-MG 1 x 3 Grêmio

Árbitro: Pericles Bassols Pegado Cortez (FIFA-PE)

Item Técnico

Normal

Item Disciplinar

Gabriel Costa Franca, Ocimar de Almeida Junior, Lucas Candido Silva, defensores da equipe mineira, igualmente, seus oponentes: Pedro Rocha Neves, Maicon Thiago Pereira de Souza, Marcelo Grohe, e Edilson Mendes Guimaraes, advertidos com cartão amarelo

Expulsão

Na primeira etapa, Pedro Rocha marcou o primeiro tento da equipe gaúcha, para comemorar, tirou a camisa e recebeu o amarelo; por volta da metade da segunda etapa, após cometer falta, recebeu o segundo, seguido do vermelho

Tremeu

Durante o transcurso da refrega, por uma ou duas ocasiões o árbitro foi pressionado por litigantes, nestes instantes deveria ter agido com maior firmeza

Ultimando

No item técnico trabalho normal. No disciplinar poderia e deveria ter sido mais enérgico

Política

Donde vem o Dim, Dim.

lula-dinheiro

Acredito que os defensores dos diversos casos envolvendo Lula-ladrão, estão cobrando o olho da cara; por este motivo, em nome da moral os “doutos” poderiam e deveriam explicar item por item, sobre a origem do patrimônio dele e família. Né não?

Finalizando

O que mais me admira é o seu desapego pela verdade…

Farah Bucater – escritor estadunidense

———————————————————————–

Chega de Corruptos e Corruptores

Se liga São Paulo

Acorda Brasil

SP-26/11/2016

*A coluna é também publicada na pagina Facebook:  “No intervalo do Esporte”

*Não serão liberados comentários na Coluna do Fiori devido a ataques gratuitos e pessoais de gente que se sente incomodada com as verdades colocadas pelo colunista, e sequer possuem coragem de se identificar, embora saibamos bem a quais grupos representam.

Facebook Comments
Advertisements

One Reply to “Coluna do Fiori”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.