Arthur Eugênio Mathias, dono do site “Futebol Interior”, em matéria da FOLHA de 1999

arthur Eugênio mathias

(matéria do jornal FOLHA DE S.PAULO cita Arthur Eugênio Mathias, sócio de Élcio Paiola e Edgard Soares no site “Futebol Interior”, investigado pela prática de extorsão)

CRIME ORGANIZADO

Arthur Eugênio Mathias, ex-advogado de Sozza, é detido a pedido da Justiça de Igarapava

‘Advogado de Campinas é preso pela 2ª vez em 15 dias, sob suspeita de roubo’

Da FOLHA

O advogado Arthur Eugênio Mathias, apontado pela CPI do Narcotráfico como integrante do crime organizado, foi preso ontem por ordem da Justiça de Igarapava (SP), acusado por roubo de cargas.
A Justiça de Igarapava decretou a prisão preventiva do advogado, após denúncia de que ele seria um dos chefes do crime organizado naquela cidade.
Esta é a segunda vez que o advogado tem a prisão decretada em menos de 15 dias.
Mathias foi preso pela primeira vez na madrugada de 17 de novembro a pedido da CPI do Narcotráfico, mas conseguiu habeas corpus cinco dias depois.
Ele foi advogado do empresário campineiro William Walder Sozza, que está foragido desde o dia 14 de outubro passado.
Sozza está com a prisão temporária decretada pela Justiça do Maranhão.

Acusação
Ambos são acusados de integrarem a quadrilha especializada em roubo de cargas, tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.
Há duas semanas, a Polícia Federal encontrou disquetes no escritório de Mathias que continham nomes de investigadores juntamente com valores em dinheiro que indicariam um possível pagamento de propinas, como a Folha divulgou na edição do último dia 19.
Mathias saiu escoltado ontem à noite da Corregedoria da Polícia Civil de Campinas.
Em seguida, o advogado foi levado à Delegacia Seccional de Campinas onde realizou exame de corpo de delito.
O advogado vai ficar preso no Batalhão da Polícia Militar, em Campinas.

Vistas
O advogado de Mathias, Caio Carneiro Campos, deve pedir vista no processo ainda hoje. Segundo ele, a Justiça de Igarapava enviou ontem apenas o pedido de prisão preventiva de Mathias.
Campos disse que Mathias era advogado no processo que levou ao decreto de sua prisão.
“Ainda não conheço os autos do processo”, disse Campos.
No curso do processo, a Justiça de Igarapava obteve informações de que o próprio advogado, que defendia a quadrilha no roubo de cargas, seria um dos chefes do esquema.
No último dia 23 de novembro, o desembargador do Tribunal de Justiça Djalma Rubens Lofrano concedeu liminar de habeas corpus para Mathias.
O pedido de habeas corpus foi impetrado por meio da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) de São Paulo, que alegou falta das provas que fundamentassem sua prisão.

Computadores
A CPI do Narcotráfico recebeu ontem em Brasília 13 computadores que foram apreendidos em diligências da Polícia Federal há duas semanas. Os computadores apreendidos pertencem a Sozza, Mathias e ao empresário e piloto Alexandre Negrão, acusado de “lavar” dinheiro no exterior.
Três delegados e quatro investigadores de Campinas estão convocados para depor hoje na CPI em Brasília. Eles tiveram os nomes citados como envolvidos no crime organizado

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.