Portuguesa consegue suspender Leilão Civil. Falta agora o Trabalhista

lusa

A Portuguesa, afundada em dívidas, tinha dois leilões do estádio do Canindé marcados, ambos com data final no mês de novembro.

Um deles não mais irá acontecer.

O Leilão oriundo da esfera Cívil, que tinha como objetivo pagar a pendência com o dono da Rede Duque de combustíveis, conselheiro que emprestou dinheiro ao clube, foi cancelado, após trabalho do Dr. Leandro Teixeira Duarte, e de um grupo de abnegados torcedores que tentava, há tempos, convencer os credores a mudar de postura.

Falta agora suspender o trabalhista, tarefa mais difícil diante da inflexibilidade de atletas (que estão há anos sem receber o que lhes era devido) e da advogada Gislaine Nunes, que demonstra não querer saber de acordo que não a quitação total das pendências.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.