Advertisements
Anúncios

Pressionada, Diretoria do Corinthians erra, novamente, ao defender bandidos das “organizadas”

gavioes-maracana

A Polícia Militar do Rio de Janeiro foi covardemente agredida, em rede nacional, por bandidos ordenados pelas facções criminosas “Gaviões da Fiel” e “Camisa 12”, antes e durante a partida disputada por Flamengo e Corinthians, no Maracanã.

As imagens são inquestionáveis.

Dentro do contexto quase de guerra que se instaurou no estádio, os policiais, ao final da partida, mantiveram sob custódia todos os torcedores (inclusive os que se comportaram bem) no intuito de identificar quem, de fato, cometeu delitos.

Estão de parabéns !

Não agiram com violência, mas sim com a força necessária para a ocasião.

As imagens chocam, é verdade, mas não se tratam, como alguns tentaram comparar, nem de perto com os acontecimentos da ditadura chilena, em que inocentes foram aprisionados em estádios para serem torturados e executados.

No Maracanã, entre os detidos, não havia inocentes, nem mesmo entre os que nada fizeram de errado.

Não há meio termo: quem anda com essa gente, se não bandido, não sente-se constrangido em com eles conviver.

E quem convive com bandidos sabe bem o risco a que está submetido

Por fim, pressionada por dirigentes ligados a essas facções, a diretoria do Corinthians, através da assessoria de comunicação, comandada por Olivério Junior, empresário de jogadores que trabalha, também, para Andres Sanches e Kia Joorabchian, emitiu nota de repúdio à “covarde agressão sofrida pelos torcedores”.

Chega a ser um posicionamento, além de covarde, absolutamente constrangedor para o clube, diante de tantas imagens e depoimentos que comprovam o contrário.

A diretoria do Corinthians, e também a do Flamengo (mandante do jogo, do qual os torcedores, mostram as imagens, também não se comportaram bem) se quisessem mesmo combater a violência, em vez de facilitar a vida dessa gente, com a distribuição de ingressos e a reserva de área exclusiva nos estádio (que facilita a união dos porcos), deveriam iniciar a venda de entradas somente pela internet, com lugares marcados e sem divisão de torcidas.

Afastariam a possibilidade dessa gente se unir nos estádio, priorizando o verdadeiro torcedor, aquele que gosta realmente de assistir futebol.

EM TEMPO: o STJD concedeu liminar, ontem, proibindo a entrada dos integrantes das torcidas organizadas do Corinthians nos jogos do clube. O órgão determinou, também, o fechamento do setor norte do estadio de Itaquera, ocasionando novos prejuízos ao Timão.

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: