Guerra entre Roberto “da Nova” Andrade e Andres Sanches está escancarada no Corinthians

gobbi e roberto

Poucos esperavam, mas diante do tratamento subalterno e frequentes humilhações, a criatura, Roberto “da Nova” Andrade, chutou Andres Sanches do futebol do Corinthians.

Resta saber até quando.

Se antes aceitou a imposição de Cristóvão Borges, agora recusou-se a contratar o treinador que atenderia os desejos do parlamentar (Eduardo Baptista), contrapondo-se, ainda, ao não consultá-lo no fechamento de contrato com Oswaldo de Oliveira.

Com a confirmação da afronta, Sanches ordenou que Eduardo “Gaguinho” Ferreira, diretor adjunto (de ninguém) no futebol alvinegro pedisse demissão, fato consumado durante o dia de ontem.

Mas há ainda longo caminho a percorrer se Roberto, de fato, quiser manter-se independente, longe da ação do ex-presidente.

Se a diretoria livrou-se de Gaguinho, existe ainda outro nome ligado ao deputado no departamento, o médico Joaquim Grava, além de Olivério Junior, que também é empresário de jogadores, na comunicação do futebol.

Porém, a decisão mais importante, para cortar de vez as asas de Sanches no Corinthians, seria a de afastá-lo da gestão do estádio, que, mesmo sem cargo, é estranhamente exercida pelo dirigente (que até escritório político mantém no local).

Roberto precisa entender que para guerrear com gente desse nível (que ele conhece bem), se é que terá coragem de seguir adiante com as afrontas (há quem duvide, seja por medo ou rabo preso), faz-se necessário mão forte e decisões corajosas, mesmo que, por vezes, perigosas.

Do outro lado, Sanches não hesitará, como já vem fazendo, em jogar o pescoço do presidente nas garras da bandidagem dos Gaviões, assim como boicotar (nas sombras) a gestão atual (como fez com Gobbi) ou às claras, se necessário for.

A vítima certa (talvez a única) será o Corinthians, envolto num desacordo em meio ao mar de lama que assola o Parque São Jorge há nove anos, em que não há heróis nem inocentes, mas muitos coniventes.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.