Advertisements
Anúncios

Marketing do São Paulo precisa explicar negócio com a “Rock & Ribs”

vinicius-pinotti

Em março deste ano, o São Paulo fechou patrocínio com a empresa Rock & Ribs, que passou, então, a ter a marca exposta no calção do uniforme da equipe de futebol.

Até hoje não se sabe, ao certo, os valores transacionados.

Certeza apenas que, seis meses depois, sem ter recebido uma parcela sequer do que fora acordado, o clube encerrou a “parceria”.

A diretoria de marketing do São Paulo precisa se explicar.

Várias são as dúvidas:

  • Por que o clube, mesmo sofrendo calote desde o primeiro pagamento, manteve a exposição da referida marca no uniforme ?
  • Quais os critérios para dar tamanho crédito a uma empresa fundada dois meses antes, em 21/01/2016, segundo registros da JUCESP ?
  • Por que, três meses após o fechamento do negócio, Renato Capelari da Silva, que negociou diretamente com Vinicius Pinotti, responsável pelo São Paulo, retirou-se do Contrato Social da Rock & Ribs ?
  • Quais garantias, se houveram, a empresa, recém criada, ofereceu ao clube para sacramentação do negócio ?
  • Houve pagamento de comissão ? Por “dentro” ou por “fora” ? Quem recebeu ?

A transação, por razões óbvias, estranha, depõe contra a credibilidade do clube, que passa a imagem de estar desesperado, pronto a assinar contrato com o primeiro que aparecer.

rock-1 rock-2

Advertisements
Anúncios

Facebook Comments

2 comentários sobre “Marketing do São Paulo precisa explicar negócio com a “Rock & Ribs”

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

×
Olá, seja bem vindo ao Blog do Paulinho ! Deixe aqui suas dúvidas, sugestões e denúncias. Todas as mensagens serão lidas
%d blogueiros gostam disto: