A redenção de Diego Hypólito e a façanha de Nory

image

Em desempenho magnífico, o ginasta Diego Hypólito conquistou, enfim, sua merecida medalha, na final do solo da ginástica olímpica.

Foi de Prata, mas há quem diga que poderia ter sido de Ouro, contestando a decisão oficial.

Hipolito superou desempenhos olímpicos anteriores, em que, apesar de favorito, sofreu quedas que retiram-lhe as chances de medalha.

Perseverou e venceu.

Emocionante !

Fantastico também o rendimento de Arthur Nory, que saiu da previsão de zebra para o pódio, com a medalha de Bronze.

A ginástica brasileira poderá fechar os Jogos com chave de Ouro, amanhã, com a disputa de Arthur Zanetti nas argolas, em que concorre como favorito.

Facebook Comments
Advertisements

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.