Advertisements

Vice do Corinthians delata verdades sobre estádio, lava-jato, corrupção na base e “chapão”

andre negão gaviões

No início da semana, o vice-presidente do Corinthians, André Negão, que tem fugido da mídia como o Diabo foge da cruz, acreditando estar protegido em meio a torcedores (um deles, membro dos “protestadores” Gaviões da Fiel), gravou programa de internet, denominado “Boteco da Fiel”.

Inábil, soltou verdades que, a princípio, deveriam permanecer ocultas.

Deixou claro, por exemplo, “em suposição”, disse, que o Corinthians tem por objetivo dar calote no pagamento do estádio.

Questionado se assumia ter recebido os R$ 500 mil da Odebrecht, tratados como propina pela Polícia Federal, Negão, aparentemente desconcertado, respondeu: “Eu não nego nada”.

Sobre a corrupção nas Categorias de Base, declarou:”os envolvidos que se expliquem”, mas, algumas vezes, aproveitou para insinuar a culpa do diretor adjunto de futebol, Eduardo “gaguinho” Ferreira.

Revelou, também, o que sempre negou, ou seja, que negocia jogadores no Corinthians, falando de um centroavante que levou para a base e de um contato com o ex-zagueiro Anderson (que procurou-o no escritório para tratar de atletas), que direcionou ao gerente Edu Gaspar.

Por fim, desmascarou-se, ao defender a manutenção do sistema de “Chapão” para a composição do Conselho do Corinthians, apesar de ter assinado, antes das eleições, termo de compromisso prometendo exatamente o contrário.

CONFIRA ABAIXO TRECHOS QUE SELECIONAMOS DO PROGRAMA, COM A DEVIDA TRANSCRIÇÃO

ESTÁDIO – CALOTE NO BNDES

André Negão: 

O estádio está pronto, tá isso, tá aquilo… se você (BNDES) ficar me apertando, eu André, eu sou presidente do clube.. se eu fosse presidente… se começar a me apertar eu vou dizer para você: “Eu não tenho dinheiro para pagar!”, uma suposição, né…

O que vocês querem fazer ? O que vocês querem fazer (em tom agressivo) ?

Olha, toma pra você e eu vou jogar lá no Pacaembu…

OPERAÇÃO LAVA-JATO

André Negão:

Eu fiquei lá (preso) por causa das armas que eu tinha… as armas são minhas, no meu nome, então, não vejo problema nenhum…

(questionado se nega ter recebido os R$ 500 mil de propina da ODEBRECHT) Eu não nego nada ! Eu não falo nada… eu estou deixando a coisa correr… eu não tenho nem que falar que sim, nem que não… eu não falo nada…

Eu só quero ver o que vai acontecer lá na frente… estou olhando pra ver…

Agora, o que eu quero deixar bem claro: o Corinthians não tem nada a ver com história de Lava-Jato… se a ODEBRECHT desviou dinheiro… no entanto, o negócio que ocorreu ai, da ODEBRECHT, é depois da construção do estádio…. o estádio já estava pronto.

Aí surgiu essa história, que se você for pegar, que eles desviaram ai… eu também não vou falar se eles desviaram ou deixaram de desviar, porque eu não tenho nada com isso. O Corinthians não tem nada com isso.

CORRUPÇÃO NA BASE

André Negão:

Certo… agora, é o que você acabou de falar… eu não quero entrar nesse “caralho” desse negócio (corrupção na base) porque quem tem que dar satisfação são as pessoas que estão sendo envolvidas… eu já tenho problema demais, que são os meus e eu tenho que resolver.

Então eu não posso dar entrevista aqui e falar em nome das pessoas que estão no meio de um problema que não é meu.

Essas coisas que estão acontecendo, as pessoas, elas mesmas, tem que dar justificativa… eu não posso dar justificativa. Dou justificativa pelos meus atos e pelas coisas que eu faço, agora, pelo que os outros fazem, não posso dar justificativa, nem tentar justificar o que é injustificável.

(Sobre Eduardo “Gaguinho” Ferreira”) tem um diretor de futebol lá que é amigo de vocês (Gaviões)… seu fosse eu estava morto… ou você acha que não ? Porra ! Eu estaria sendo mais perseguido do que não sei o que.

O que acontece, o cara (Fabio Barrozo, demitido da base) tem autonomia como diretor, o gerente tem autonomia para contratar… quando você vai contratar, um diretor…

(Sobre a carta assinada por Eduardo “Gaguinho” Ferreira, utilizada pelos dirigentes para desviar dinheiro do Corinthians) Ele (Edu) não podia fazer isso.

(questionado, André Negão confirma, com movimento de cabeça, que Eduardo Gaguinho não tinha poderes para assinar a carta, e que somente o presidente Roberto “da Nova” Andrade poderia fazê-lo).

Não pode… quem pode assinar uma carta de representação pelo clube é só o presidente do clube… ninguém tem autonomia… nem eu, que sou vice-presidente do clube, tenho autonomia para assinar uma carta em nome do Roberto. Eu não posso fazer isso…

ANDRÉ NEGÃO CONFIRMA NEGOCIAR JOGADORES NO CORINTHIANS

André Negão:

Antes, tinha um jogador, o cara me chamou num lugar e disse: “André, eu tenho um jogador aqui… é bom jogador e tal”…

Eu disse: “Ta bom”. Peguei o jogador, levei lá para o clube e o jogador foi aprovado… certo ? Um centroavante, o jogador foi aprovado… o jogador está lá… só que o Corinthians não gastou um centavo… eu peguei o jogador no local e levei para lá…. você pode, como diretor, você pode…

(questionado sobre jogadores que mantém contrato com o Corinthians, mas jogam noutros clubes) Tem um monte… não sei quantos… mas tem um monte… (o procedimento) continua… e vai continuar sempre !

Eu estava agora conversando, o Anderson (ex-zagueiro do Corinthians) veio no meu escritório – ele estava querendo o Tocantins – ai sentou lá: “Poxa André, preciso de um jogadores… vê ai o que vocês tem…” Eu respondi: “Você vai fazer o seguinte, vai lá falar com o Edu Gaspar (gerente de futebol profissional) e vê se tem um jogador lá que ele possa te indicar.

*EM TEMPO: Anderson, hoje, é treinador da Portuguesa

ANDRÉ NEGÃO DEFENDE “CHAPÃO” NAS ELEIÇÕES DO CORINTHIANS

A diretoria e o Conselho tem que ser um núcleo onde o Presidente possa confiar no que está acontecendo.

Por isso que o modelo de “Chapão” é importante para o clube.

Agora, vamos estudar de que forma você pode fazer as eleições sem o voto através do “Chapão”… Ah! Mas a outra chapa de lá vai entrar 40%… quem é que você vai escolher se terá que colocar 200 nomes ? Como é que você vai fazer para escolher os nomes de quem vai ser ? Fica a cargo de quem ? Você põe 200 nomes… como é que você vai fazer para escolher ?

(após sugestão de que os cabeças da chapa escolham) Mas que são os cabeças da chapa ? Como é que você pode… então, é a mesma coisa que você está falando do “Chapão”… no fundo fazemos no “chapão”.

Advertisements

Facebook Comments

3 Responses to “Vice do Corinthians delata verdades sobre estádio, lava-jato, corrupção na base e “chapão””

  1. Paulo Henrique Says:

    Pobre torcedor do Corinthians!!!

  2. Bruno de Melo Says:

    Eu não sei o que é mais tosco. O vice-presidente do Corinthians, o programa em si ou os cabras ali que fazem o programa. Futebol no Brasil é um lixo porque está na mão desse tipo de tosqueira de gente. Tá louco!

  3. Gustavo Tocantins foi um dos jogadores desviados por André Negão, no Corinthians | Blog do Paulinho Says:

    […] Vice do Corinthians delata verdades sobre estádio, lava-jato, corrupção na base e “chapão&… […]

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


%d blogueiros gostam disto: